Curriculum Vitae

Maria Assunção Flores Fernandes

Data da última atualização »Last update : 22/07/2009


Maria Assunção Flores Fernandes. Publicou 21 artigos em revistas especializadas, possui 12 capítulos de livros e 37 livros publicados. Possui 12 itens de produção técnica. Participou em 2 eventos em Portugal. Actua na área de Ciências da Educação Nas suas actividades profissionais interagiu com 36 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos.


Endereço de acesso a este CV:

http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=6901180668390209


Dados pessoais (Personal data)
Nome completo
Full name
Maria Assunção Flores Fernandes
Nome em citações bibliográficas
Quoting name
FLORES, M. A.
Domínio científico de atuação
Scientific domain
Ciências Sociais-Ciências da Educação.
Sexo
Gender
Feminino»Female




Graus Académicos (Academic Degrees)
1999-2002 Doutoramento
Phd
Educação.
University of Nottingham, Reino Unido.
Com o tipo » With the type: Registo » Registry.

1995-1997 Mestrado
Master degree
Educação, especialização em Desenvolvimento Curricular (2 anos » years) .
Universidade do Minho, Portugal.

1991-1996 Licenciatura
Licentiate degree
Licenciatura em Ensino de Português-Françês (5 anos » years) .
Universidade do Minho, Portugal.





Vínculos profissionais (Professional Positions)
Universidade do Minho
Jul/2002-Actual Professor Auxiliar
Set/1997-Jun/2002 Outra Situação
Jan/1989-Jan/1994 Ensino Básico e Secundário





Atividades de Investigação e Desenvolvimento (Research and Development activities)
Universidade do Minho
Jan/2008-Actual
Linhas de investigação»Research fields:


A CONSTRUÇÃO TEÓRICA E PRÁTICA DO CURRÍCULO EM CONTEXTOS FORMAIS, NÃO FORMAIS E INFORMAIS. (coordenadora)






Outras atividades técnico científicas (Other technical-scientific activities)


Universidade do Minho
Jan/2004-2005
Atividade realizada»Activity:

Colaboração com a Pró-Reitoria da Universidade do Minho,Gabinete de Avaliação e Qualidade do Ensino(GAQE),contexto "pedagogical training of HigherEducationFaculty" e na construção e validação de instrumentos para avaliar "training courses".






Linhas de Investigação (Research fields)
1. A CONSTRUÇÃO TEÓRICA E PRÁTICA DO CURRÍCULO EM CONTEXTOS FORMAIS, NÃO FORMAIS E INFORMAIS. (coordenadora)
Objectivos»Goals: A principal finalidade da linha será, neste contexto, promover e sustentar a investigação sobre o currículo, nomeadamente sobre as políticas curriculares, os projectos e a avaliação, em todos os contextos de decisão curricular e em todos os níveis de ensino formal (básico, secundário e superior) e não formal (Centros de Reconhecimento e Validação de Competências, instituições de formação, Centros de Formação de Professores...), através de uma equipa pluridisciplinar que, para tal, recorrerá a diferentes enquadramentos teórico-conceptuais e metodológicos..
Domínio Científico: Ciências Sociais / Área Científica: Ciências da Educação.




Línguas (Languages)
Compreende
Understandig
Inglês (Bem).
Fala
Speaking
Inglês (Bem).

Reading
Inglês (Bem).
Escreve
Writing
Inglês (Bem).




Membro de Associações Profissionais/Científicas (Professional/Scientific Association membership)
Actual Revista Internacional Teachers and Teaching: Theory and Practice., Editor Associado.
Actual International Association on Teachers and Teaching, Membro do Comité Executivo.
Actual International Council of Education for Teaching, Vice-Chair (representing Europe) and Elected Member of the Board of Directors.
Actual American Educational Research Association, Membro.
Actual Fórum Internacional dos Investigadores Portugueses, Membro.
2006- 2008 Centro de Investigação em Educação, Membro do Comité Executivo.
2003- 2006 Revista de Estudos Curriculares, Member of the editorial boards.
2004- 2005 Revista Portuguesa de Educação, Member of the editorial boards.
Set/2000 - Set/2002 European PostGrad Network, within the European Educational Research Association, Convenor.




Produção científica, técnica e artística/cultural (Scientific, technical and artistical/cultural production)
Livros publicados/organizados ou edições
Published/organized books or Editions
1. Flores, Maria A. ed. 2007. Perspectivas e estratégias de formação de docentes do Ensino Superior. Um estudo na Universidade do Minho. ed. 1. Braga: CIEd.
2. Flores, Maria A; VIANA, I. C. eds. 2007. Profissionalismo docente em transição. As identidades dos professores em tempos de mudança. ed. 1. Braga: CIEd.
3. FLORES, M. A; FERNANDES, S.; LIMA, R. M. eds. 2007. A Tutoria no contexto do Project-Led Education (PLE): Potencialidades e Desafios. ed. 1. Universidade de Lisboa: Secção Portuguesa da AFIRSE (Associ. Francophone Internationale de Recherche Scientifique en Edu).
4. FLORES, M. A; FERNANDES, S.; LIMA, R. M. eds. 2007. Avaliação de uma experiência de ensino-aprendizagem baseada em projectos interdisciplinares. ed. 0, ISBN: 85-89549-38-0. Monguaguá, Brasil: COPEC.
5. FLORES, M. A. ed. 2007. Project-Led Education in Engineering: Monitoring and Assessing the Learning Process. ed. 0, ISBN: 978-963-661-772-1. Miskolc: University of Miskolc.
6. FLORES, M. A; FREITAS, M. J. eds. 2007. Implicações dos desafios curriculares para a formação e desenvolvimento profissional dos professores. Um estudo sobre os professores de FLE no Norte de Portugal. ed. 0, ISBN: 1138-1663. Espanha: ?.
7. FLORES, M. A; LIMA, R. M; FERNANDES, S.; CARDOSO, E.; PEREIRA, G.. eds. 2007. Aprendizagem baseada em Projectos Interdisciplinares num Curso de Engenharia: uma Leitura dos Resultados Académicos. ed. 0, ISBN: 1138-1663. ?: ?.
8. FLORES, M. A; TEIXEIRA, C.. eds. 2007. O(s) olhar(es) dos alunos do ensino secundário sobre a escola: alguns resultados de um estudo em curso. ed. 0, ISBN: 1138-1663. ?: Libro de Actas do Congresso Internacional Galego-Portugués de PsicoPedagoxía .
9. FLORES, M. A; FORTE, A.. eds. 2007. Desenvolvimento Profissional de Professores e Oportunidades de Aprendizagem no Local de Trabalho: Alguns Resultados de um Estudo em Curso. ed. 0, ISBN: 1138-1663. ?: Libro de Actas do Congresso Internacional Galego-Portugués de PsicoPedagoxía..
10. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V. eds. 2007. Competências desenvolvidas no contexto do Ensino Superior: A perspectiva dos diplomados. ed. 0, ISBN: 978-84-690-77238. ?: Actas das V Jornadas de Investigación en docência universitária..
11. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V. eds. 2007. Oportunidades e desafios no ensino superior: resultados de alguns estudos realizados em Portugal. ed. 0, ISBN: 978-84-690-77238. ?: Actas das V Jornadas de Investigación en docência universitária..
12. FLORES, M. A; FERREIRA, O.; FLORES, P.. eds. 2006. Students’ Views on Their Initial Training:Findings from an Empirical Study at Engineering Education ed. 0. University of Fortaleza: Actas da 51st World Assembly of The International Council on Education for Teaching.
13. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V; RAJALA, R.; TORNBERG, A.. eds. 2006. Factors Influencing In-service Education and Professional Development of Teachers: Findings from an Empirical Study. ed. 0. University of Fortaleza: Actas da 51st World Assembly of The International Council on Education for Teaching..
14. FLORES, M. A; DAY, C.; VIANA, I. C. eds. 2006. Teachers’ Sense of Professionalism and Professional identity: Findings from an exploratory study. ed. 0, ISBN: 0949 233 17X. Australia: Challenges for the Profession: Perspectives and directions for teachers, teaching and teacher educat.
15. FLORES, M. A; TORNBERG, A.; SIMAO, A. M. V; RAJALA, R.; VESNA, P.; JERKOVIC, I.. eds. 2005. Learning at work: Potentials and Limits for Professional Development. ed. 0, ISBN: 0949 233 17X. Sydney: Challenges for the Profession: Perspectives and directions for teachers, teaching and teacher educat.
16. FLORES, M. A. ed. 2005. Formação Inicial de Professores: Discurso, práticas e possibilidades. ed. 0. Braga: Actas do Colóquio sobre Formação de Professores.CIEd.
17. FLORES, M. A. ed. 2005. Formação Inicial de Professores: Dilemas e Desafios. ed. 0. Coimbra: Actas das II Jornadas Pedagógicas da Escola Secundária D. Duarte, Centro de Formação de Professores.
18. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V. eds. 2005. Aprendizagem e desenvolvimento profissional na escola: alguns resultados de um estudo realizado em rês países europeus. ed. 0, ISBN: 972-8746-36-9. Braga: Actas do VIII Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia, CIEd..
19. FLORES, M. A; DAY, C.; VIANA, I. C. eds. 2005. Profissionalismo docente em tempos de mudança: um estudo luso-britânico. ed. 0, ISBN: 972-8746-36-9. Braga: Actas do VIII Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia,CIEd..
20. FLORES, M. A; CARVALHO, D.; LIMA, R. M; van HATTUM-JANSSEN, N. eds. 2005. Ensino/Aprendizagem por projecto: balanço de uma experiência na Universidade do Minho. ed. 0, ISBN: 972-8746-36-9. Braga: Actas do VIII Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia, CIEd..
21. FLORES, M. A; CARVALHO, D.; MORGADO, J. C; COSTA, M. J. eds. 2005. Formação docente em contexto universitário: um estudo em curso na Universidade do Minho. ed. 0, ISBN: 972-8746-36-9. Braga: Actas do VIII Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia, CIEd..
22. Flores, Maria A. ed. 2004. The Early Years of Teaching: Issues of Learning, Development and Change. ed. 1. Porto: Rés-Editora.
23. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V; CAETANO, A. P; O’MEARA, J.. eds. 2004. Toward a conceptualisation of Teacher Change: contexts, processes and factors, proceedings of the 48th Annual Assembly of the International Council on Education for Teaching (ICET) Teachers as Leaders: Teacher Education for a Global Profession. ed. 0. Melbourne: ...
24. FLORES, M. A. ed. 2003. Teacher Professionalism in Portugal and Brasil: Theory and Practice. ed. 0, 2 vols.. Atenas: Global Issues of Education, Proceedings from the 5th International Conference on Education..
25. FLORES, M. A. ed. 2003. Teacher Learning in the Workplace: Processes and Influencing Factors. ed. 0, ISBN: 1541-5990 25p.. Honolulu, Hawaii: International Conference on Education..
26. FLORES, M. A; SHIROMA, E.. eds. 2002. Teacher Professionalisation in Portugal and Brazil: What do the policy documents tell? ed. 0. University of Nottingham: ...
27. Flores, Maria A. ed. 2000. A Indução no Ensino: Desafios e Constrangimentos. ed. 1. Lisboa: Ministério da Educação/IIE.
28. FLORES, M. A; FLORES, M.. eds. 2000. Do currículo uniforme à flexibilização curricular: algumas reflexões. ed. 0. Braga: Actas do IV Colóquio sobre questões curriculares..
29. Flores, Maria A; Pacheco, José A. eds. 1999. Formação e Avaliação de Professores. ed. 1. Porto: Porto Editora.
30. FLORES, M. A; Pacheco, José A; PARASKEVA, J.. eds. 1999. As lógicas de construção das políticas curriculares. ed. 0. FPCEUL, Lisboa: Educação e Política. Actas do II Congresso Internacional da Aipelf/Afirse. .
31. FLORES, M. A. ed. 1999. A Indução no Ensino: Expectativas e Realidades. ed. 0. Porto: Actas do IVCongresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação-Investigar e Formar em Educação.
32. FLORES, M. A. ed. 1999. A Indução no Ensino: Expectativas e Realidades. ed. 0. Porto: Actas do IVCongresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação-Investigar e Formar em Educação.
33. FLORES, M. A; FLORES, M.. eds. 1998. Diversificação curricular: que implicações? ed. 0. ..: Actas do 4º Colóquio Galaico-Português de Psicopedagogia.
34. FLORES, M. A; FLORES, M.. eds. 1998. O professor-agente de inovação curricular. ed. 0. Braga: Reflexão e Inovação Curricular. Ceep.
35. FLORES, M. A; ALVES, M. P. eds. 1997. Avaliar competências do domínio sócio-afectivo- uma medida possível? ed. 0. Lisboa: FPCEUL: Actas do Colóquio Aipelf/Afirse. Métodos e Técnicas de Investigação Científica em Educação..
36. FLORES, M. A; Pacheco, José A; ALVES, M. P. eds. 1996. The Portuguese Educational Reform: Intention and Reality. ed. 0. Aalborg: The Teaching of the Future Seen in a Regional and International Perspective. EuroEducation’96. .
37. FLORES, M. A; ALVES, M. P. eds. 1996. Avaliação Formativa: da concepção à prática. ed. 0. Braga: Actas do II Congresso Galaico-português de Psicopedagogia, Ceep..

Capítulos de livros publicados
Published book chapters
1. FLORES, M. A; FERNANDES, S.; LIMA, R. M. 2008. Using the CIPP Model to Evaluate the Impact of Project-Led Education. A case study of Engineering Education in Portugal..  In Research on Diversity of PBL practice in Engineering Education. , 0 - 0. . ?: Editors Anette Kolmos, Erik de Graaff, and Xiangyun Du. SENSE Publishers. .
2. FLORES, M. A. 2008. La investigación sobre los primeiros años de enseñanza. Lecturas e implicaciones. .  In Profesores principiantes e inserción a la practica. , 0 - 0. . Barcelona: Octaedro.
3. FLORES, M. A; RAJALA, R.; SIMAO, A. M. V; TORNBERG, A.; PETROVIC, V.; JERKOVIC, I.. 2007. Learning at work Potential and Limits for Professional Development..  In Addressing Challenges and Making a Difference. Making a Difference: Challenges for Teachers, Teaching, and Teacher Education., 141 - 156. . Rotterdam: Sense Publishers.
4. FLORES, M. A. 2007. Looking at Induction of Beginning Teachers in Portugal: Meanings and Paradoxes..  In Professional Induction of Teachers In Europe and Elsewhere., 236 - 259. ISBN: 978-961-253-021-1. Ljubljana: Faculty of Education, University of Ljubljana.
5. FLORES, M. A; DAY, C.; VIANA, I. C. 2007. Profissionalismo Docente em transição. As identidades dos professores em tempos de mudança. Um estudo com professores ingleses e portugueses. .  In Profissionalismo docente em transição. As identidades dos professores em tempos de mudança., 7 - 45. . Braga: CIEd.
6. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V. 2006. Exploring Teachers' Views on Opportunities to Learn in the Workplace..  In Research on Education., 461 - 470. . ?: ?.
7. FLORES, M. A. 2006. Induction and Mentoring. Policy and Practice..  In Research on Teacher Induction. , 37 - 66. . Lanham, Maryland: Rowman & Littlefield Education.
8. FLORES, M. A. 2006. Formação e Identidade Profissional: Resultados de um estudo longitudinal..  In Currículo, cotidiano e Tecnologias., 27 - 64. . S. Paulo: Junqueira e Martin Editores.
9. FLORES, M. A. 2006. Tornar-se professor: formação e identidade. .  In Formação de Professores de Línguas Estrangeiras: Reflexões, Estudos e Experiências., 361 - 374. . Porto: Porto Editora.
10. FLORES, M. A. 2004. Dilemas e Desafios na Formação de Professores. .  In Formação de Professores. Perspectivas educacionais e curriculares., 127 - 160. . Porto: Porto Editora.
11. FLORES, M. A. 2000. Currículo, Formação e Desenvolvimento Profissional..  In Políticas de Integração Curricular., 147 - 166. . Porto: Porto Editora.
12. FLORES, M. A; SOUSA, A.P.. 1995. As componentes regionais e locais ao nível dos conteúdos programáticos (3º ciclo do Ensino Básico)..  In Da Componente Nacional às Componentes Curriculares Regionais e Locais., 0 - 0. . Lisboa: Ministério da Educaço.

Artigos em revistas com arbitragem científica
Papers in periodics with scientific refereeing
1. Flores, Maria A; Day, Christopher. 2006. "Contexts which shape and reshape new teachers’ identities: A multi-perspective study", Teaching and Teacher Education 22, 2: 219 - 232.
2. Flores, Maria A. 2006. "Being a Novice Teacher in Two Different Settings: Struggles, Continuities, and Discontinuities", Teachers College Record 108, 10: 2021 - 2052.
3. Flores, Maria A. 2005. "Teachers’ views on recent curriculum changes: tensions and challenges", The Curriculum Journal 16, 3: 401 - 413.
4. Flores, Maria A. 2005. "Mapping New Teacher Change: findings from a two-year study", Teacher Development 9, 3: 389 - 412.
5. Flores, Maria A. 2005. "How Do Teachers Learn in the Workplace? Findings from an Empirical Study Carried Out in Portugal", Journal of In-Service Education 31, 3: 485 - 508.
6. Flores, Maria A. 2004. "The impact of school culture and leadership on new teachers’ learning in the workplace", International Journal of Leadership in Education 7, 4: 297 - 318.
7. Flores, Maria A; Shiroma, Eneida. 2003. "Teacher Professionalisation and Professionalism in Portugal and Brazil: What do the policy documents tell? ", Journal of Education for Teaching 29, 1: 5 - 18.
8. Flores, Maria A; Day, Christopher; Pacheco, José A; Hadfield, Mark; Morgado, José C. 2003. "The Changing face of Teaching in England and Portugal: a study of work experiences of secondary school teachers", European Journal of Teacher Education 26, 2: 239 - 251.

Artigos em revistas sem arbitragem científica
Papers in periodics without scientific refereeing
1. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V; FERNANDES, S.; FIGUEIRA, C.. 2008. "A Tutoria no Ensino Superior: concepções e práticas.", In Sísifo. Revista de Ciências da Educação. , 0: 0 - 0.
2. FLORES, M. A; LIMA, R. M; CARVALHO, D.; van HATTUM-JANSSEN, N. 2007. "A case study on project led education in engineering: students' and teachers' perceptions. ", European Journal of Engineering Education. 32, 3: 337 - 347.
3. FLORES, M. A; VIANA, I. C; DAY, C.. 2007. "Effects of national policies on teachers’ sense of professionalism: findings from an empirical study in Portugal and in England.", European Journal of Teacher Education. 30, 3: 249 - 266.
4. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V; FERREIRA, A.. 2007. "Oportunidades de aprendizagem e de desenvolvimento profissional no local de trabalho: uma proposta de questionário.", Arquipélago –Ciências da Educação, 8: 59 - 116.
5. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V. 2006. "O aluno universitário: aprender a auto-regular a aprendizagem sustentada por dispositivos participativos. ", Ciências & Letras, Revista da Faculdade Porto-Alegrense de Educação., 40: 229 - 251.
6. FLORES, M. A; SIMAO, A. M. V; CAETANO, A. P. 2005. "Contextos e processos de mudança dos professores: uma proposta de modelo.", Educação e Sociedade. 25, 90: 173 - 190.
7. FLORES, M. A. 2004. "Os Professores em Início de Carreira e o Seu Processo de Mudança: Influências e Percursos.", Revista de Educação 12, 2: 107 - 118.
8. FLORES, M. A. 2003. "Investigar (com) os professores: reflexões sobre uma pesquisa longitudinal.", Revista do Centro de Ciências da Educação. 21, 2: 391 - 412.
9. FLORES, M. A. 2003. "Aprender a ser professor: dilemas e (des)continuidades.", Revista de Estudos Curriculares. 1, 2: 187 - 210.
10. FLORES, M. A. 2003. "Formação e(m) contexto de trabalho: a escola como local de aprendizagem.", Revista Elo, -: 191 - 196.
11. FLORES, M. A. 2001. "Person and Context in Becoming a New Teacher.", Journal of Education for Teaching. 27, 2: 135 - 148.
12. FLORES, M. A. 1999. "(Des)Ilusões e Paradoxos: A Entrada na Carreira na Perspectiva dos Professores Neófitos.", Revista Portuguesa de Educação. 12, 1: 171 - 204.
13. FLORES, M. A. 1998. "(Re)Pensar Práticas de formação... ", Revista Elo, 6: 6 - 9.

Tradução
Translation
1. FLORES, M. A. 2006. "A paixão do ensino.". ?: Porto Editora. (Livro)
2. FLORES, M. A. 2001. "Desenvolvimento Profissional de Professores. Os desafios da aprendizagem permanente.". ?: Porto Editora. (Livro)



Curso de curta duração lecionado
Taught short course
1. FLORES, M. A. Avaliação: o objectivo e o subjectivo., 2005 (Outra), promovido por Universidade do Minho.
Duração: 20 horas. Local: Universidade do Minho, Cidade: Braga, Tipo de participação: Docente.
2. FLORES, M. A. Planificação e gestão de aula: para uma lógica de aprendizagem e inovação., 2005 (Outra), promovido por Universidade do Minho.
Duração: 20 horas. Local: Universidade do Minho, Cidade: Braga, Tipo de participação: Docente.
3. FLORES, M. A. O Trabalho por Projecto como Estratégia de Mudança., 2005 (Outra), promovido por Universidade do Minho.
Duração: 20 horas. Local: Universidade do Minho, Cidade: Braga, Tipo de participação: Docente.
4. FLORES, M. A. “Formação de Formadores”, 2004 (Outra), promovido por Projecto de Formação da Universidade do Minho, no âmbito da bolsa de formadores, no âmbito da Pró-Reitoria, Gabinete de Avaliação e Qualidade do Ensino..
Duração: 4 semanas. Local: Universidade do Minho, Cidade: Braga.
5. FLORES, M. A. Avaliação: o objectivo e o subjectivo, 2004 (Outra), promovido por Universidade do Minho.
Duração: 36 horas. Local: Universidade do Minho, Cidade: Braga, Tipo de participação: Docente.
6. FLORES, M. A. Planificação e gestão de aula: para uma lógica de aprendizagem e inovação., 2004 (Outra), promovido por Universidade do Minho.
Duração: 15 horas. Local: Universidade do Minho, Cidade: Braga, Tipo de participação: Docente.
7. FLORES, M. A. Re-edição da acção Avaliação: o objectivo e o subjectivo, 2004 (Outra), promovido por Universidade do Minho.
Duração: 15 horas. Local: Universidade do Minho, Cidade: Braga, Tipo de participação: Docente.

Organização de evento
Event organization
1. FLORES, M. A. World Assembly of the International Council of Education for Teaching ,2006 (Conferência).
2. FLORES, M. A. III Congresso Luso-Brasileiro de Questões Curriculares,2006 (Conferência / Organização).
3. FLORES, M. A. Fórum Discussão – Divulgação de resultados “Profissionalismo docente em transição: as identidades dos professores em tempos de mudança”,2005 (Conferência / Organização).
4. FLORES, M. A. Formação de Professores. Mudanças Educativas e Curriculares... e os Educadores/Professores?,2004 (Conferência).
5. FLORES, M. A. II Congresso Luso-Brasileiro de Questões Curriculares,2004 (Conferência / Organização).





Dados Complementares (Additional data)


Orientações
Orientations


Tese de Doutoramento
Phd Thesis
Concluídas
Completed
1. Ermelinda Cardoso, “A formação de professors em Angola. Contributos para a melhoria da qualidade do ensino.”, 2008. Tese (Doutoramento em Educação) - Universidade do Minho (Orientador).
2. Cidália Maria Ferreira Teixeira , “Percepções dos alunos do Ensino Secundário sobre a Escola: Experiências curriculares e extracurriculares, expectativas futuras e (in)sucesso escolar”, 2007. Tese (Doutoramento em Educação) - Universidade do Minho (Orientador).
3. Ermelinda de Lurdes Salgado Correia, “Formação e Desenvolvimento Profissional e Melhoria da prática: Contextos, Oportunidades, Desafios.”, 2007. Tese (Doutoramento em Educação) - Universidade do Minho (Orientador).
4. Maria Lima Ferreira, "Um Estudo de Avaliação sobre a criação e implementação da figura do Coordenador TIC: Representações, práticas e implicações”, 2007. Tese (Doutoramento em Educação) - Universidade do Minho (Orientador).
5. Sandra Raquel Gonçalves Fernandes , “A Aprendizagem baseada em Projectos Interdisciplinares no quadro do processo de Bolonha. Avaliação do Impacto de uma Experiência na Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial da UM”, 2006. Tese (Doutoramento em Educação) - Universidade do Minho, Bolseiro(a) de Fundação para a Ciência e a Tecnologia (Orientador).
6. Ana Maria Barbosa Pinto Xavier Forte , “Desenvolvimento Profissional de Professores e Qualidade do Ensino: Perspectivas e Estratégias”, 2006. Tese (Doutoramento em Educação) - Universidade do Minho (Orientador).


Dissertação de Mestrado
Master degree dissertation
Concluídas
Completed
1. Laurinda Dias, “Os professores e o seu trabalho: Um estudo exploratório sobre profissionalismo docente”, 2007. Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho (Orientador).
2. Maria João Lapo Jesus, “Professores que marcam a diferença”, 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Administração Escolar.) - Universidade Católica Portuguesa .
3. Maria João Vieira de Freitas, Desafios Curriculares e Educativos no Desenvolvimento Profissional dos Professores de Francês – Contributos para práticas inovadoras., 2006. Dissertação (Mestrado em Educação: Desenvolvimento Curricular) - Universidade do Minho (Orientador).
4. Maria Carolina Moreira Rodrigues, Papel e Perfil do Formador no contexto da Formação Contínua de Professores: Um estudo exploratório num CFAE , 2006. Dissertação (Mestrado em Educação: Desenvolvimento Curricular) - Universidade do Minho (Orientador).
5. Filipa Leonor Cardoso Cunha Vieira, Percursos de Fidelidade na Escola Privada. Estudo exploratório sobre identidade docente., 2006. Dissertação (Mestrado em Educação: Desenvolvimento Curricular) - Universidade do Minho (Orientador).
6. Maria Manuela Dias e Silva, Formação Contínua, aprendizagem e desenvolvimento profissional. Um estudo exploratório sobre uma Acção de Formação com o tema Metodologia de Trabalho de Projecto., 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Orientação da Aprendizagem.) - Universidade do Minho (Orientador).
7. Regina Maria Conceição Inácio, A área de projecto na perspectiva dos alunos - Estudo exploratório., 2006. Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho (Orientador).
8. Olívia Maria de Paiva Nascimento Ferreira, Formação Inicial, Transição para o mundo do Trabalho e Perspectivas de Desenvolvimento Profissional. Um estudo realizado na UM com Licenciados em Engenharia Mecânica., 2006. Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho (Orientador).
9. Cláudia Sofia Araújo Faria, Ser Professor do 1º ciclo: a (re)construção das identidades docentes nos primeiros anos de carreira., 2006. Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho (Orientador).
10. Ana Maria Pinto Xavier Forte, Formação contínua: contributos para o desenvolvimento profissional e para a (re)construção da identidade dos professores do 1º CEB., 2005. Dissertação (Mestrado em Educação: Desenvolvimento Curricular) - Universidade do Minho (Orientador).
Em curso
Ongoing
1. Cidália Maria Pinto Lopes Ribeiro , Avaliação de desempenho no contexto educativo Português: Perspectivas dos professores sobre Auto-Avaliação., 2006. Dissertação (Mestrado em Educação: área de Especialização em Avaliação.) - Universidade do Minho (Orientador).
2. José Carlos das Neves Morais, Formação inicial em Radiologia e transição para o mundo do trabalho. Um estudo exploratório junto de alunos/profissionais numa Escola Superior de Saúde., 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Orientação da Aprendizagem.) - Faculdade de Ciências Sociais: U. Católica .


Participação no júri de Graus Académicos
Academic Degrees jury participation


Doutoramento
Phd
1. FLORES, M. A.. Participação no júri de Eusébio André . “Avaliação e Participação. Um estudo sobre o papel dos actores na avaliação da formação contínua”, 2007. Tese (Doutoramento em Educação: Desenvolvimento Curricular.) - Universidade do Minho.
2. FLORES, M. A.. Participação no júri de Gabriela Alexandra de Oliveira Machado. “Características pessoais, investimento em Formação e construção da identidade docente. Um estudo misto realizado com professoras do 1º CEB”, 2007. Tese (Doutoramento em Ciências da Educação.) - Universidade do Porto.
3. FLORES, M. A.. Participação no júri de Isabel Carvalho Viana. “O projecto curricular de turma na mudança das práticas do Ensino Básico para o desenvolvimento curricular e profissional nas escolas”, 2007. Tese (Doutoramento em Educação: Desenvolvimento Curricular.) - Universidade do Minho.
4. FLORES, M. A.. Participação no júri de Fátima da Conceição Tavares Fernandes Martins Braga da Silva. Ramo Educacional FLUP: Um projecto reconceptualizado., 2006. Tese (Doutoramento em Educação: Desenvolvimento Curricular.) - Universidade do Minho.
5. FLORES, M. A.. Participação no júri de Hélia Margarida A. Pintão de Oliveira. "A construção da identidade de professores de Matemática em início de carreira.", 2004. Tese (Doutoramento em Educação: Didáctica da Matemática.) - Universidade de Lisboa.
6. FLORES, M. A.. Participação no júri de José Carlos Morgado. "Processos e práticas de (re)construção da autonomia curricular.", 2003. Tese (Doutoramento em Educação: Desenvolvimento Curricular.) - Universidade do Minho.


Mestrado
Master degree
1. FLORES, M. A.. Participação no júri de Paula Cristina Diogo . Avaliação da formação e transferência das aprendizagens. Um estudo de avaliação de um curso no sector bancário., 2008.  Dissertação (Mestrado em Educação: área de Especialização em Avaliação.) - Universidade do Minho.
2. FLORES, M. A.. Participação no júri de Cidália Maria Pinto Lopes Ribeiro . Avaliação de desempenho no contexto educativo Português: Perspectivas dos professores sobre Auto-Avaliação., 2008.  Dissertação (Mestrado em Educação: área de Especialização em Avaliação.) - Universidade do Minho.
3. FLORES, M. A.. Participação no júri de Maria João Lapo Jesus. “Professores que marcam a diferença.”, 2008.  Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Administração Escolar.) - Universidade Católica Portuguesa.
4. FLORES, M. A.. Participação no júri de Angelina Antunes. “Profissionalismo docente na perspectiva de professores de EVT: um estudo exploratório.”, 2007.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
5. FLORES, M. A.. Participação no júri de Laurinda Dias. “Os professores e o seu trabalho: Um estudo exploratório sobre profissionalismo docente”, 2007.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
6. FLORES, M. A.. Participação no júri de Eva Filipa Marinho Direito dos Santos . “Processos de Liderança e Desenvolvimento Curricular em escolas EB1 – Um estudo exploratório”, 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
7. FLORES, M. A.. Participação no júri de Cláudia Sofia Araújo Faria. "Ser Professor do 1º ciclo: a (re)construção das identidades docentes nos primeiros anos de carreira.", 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
8. FLORES, M. A.. Participação no júri de Olívia Maria de Paiva Nascimento Ferreira. "Formação Inicial, Transição para o mundo do Trabalho e Perspectivas de Desenvolvimento Profissional. Um estudo realizado na UM com Licenciados em Engenharia Mecânica.", 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
9. FLORES, M. A.. Participação no júri de Regina Maria Conceição Inácio. "A área de projecto na perspectiva dos alunos - Estudo exploratório.", 2006.  Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Orientação da Aprendizagem.) - Faculdade de Ciências Sociais: U. Católica.
10. FLORES, M. A.. Participação no júri de Maria Manuela Dias e Silva. Formação Contínua, aprendizagem e desenvolvimento profissional. Um estudo exploratório sobre uma Acção de Formação com o tema Metodologia de Trabalho de Projecto.”, 2006.  Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Orientação da Aprendizagem.) - Faculdade de Ciências Sociais: U. Católica.
11. FLORES, M. A.. Participação no júri de Maria de Fátima da Cunha Nunes de Sá Machado. Formação Contínua de Professores: Acções orientadas para a prática – Uma possibilidade de desenvolvimento profissional., 2006.  Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Orientação da Aprendizagem.) - Faculdade de Ciências Sociais: U. Católica.
12. FLORES, M. A.. Participação no júri de Filipa Leonor Cardoso Cunha Vieira. Percursos de Fidelidade na Escola Privada. Estudo exploratório sobre identidade docente., 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
13. FLORES, M. A.. Participação no júri de Maria Fernanda Alves Rodrigues Lapa. Liderança Escolar em contexto de mudança curricular., 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
14. FLORES, M. A.. Participação no júri de Maria Carolina Moreira Rodrigues. Papel e Perfil do Formador no contexto da Formação Contínua de Professores: Um estudo exploratório num CFAE., 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
15. FLORES, M. A.. Participação no júri de Maria João Vieira de Freitas. Desafios Curriculares e Educativos no Desenvolvimento Profissional dos Professores de Francês – Contributos para práticas inovadoras., 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
16. FLORES, M. A.. Participação no júri de Cesarina da Assunção Pires Teixeira. Concepções de Supervisores e Cooperantes. A formação e as competências para a supervisão pedagógica na Formação Inicial de Professores do 2º ciclo do Ensino Básico., 2006.  Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Formação de Professores.) - Universidade de Lisboa.
17. FLORES, M. A.. Participação no júri de Ana Paula Barroso Vieira. O mandato europeu para a educação e a sua recontextualização nacional., 2006.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
18. FLORES, M. A.. Participação no júri de Maria de Fátima da Cruz Esteves. A prática pedagógica e a articulação entre o saber e o saber-fazer no quadro da Formação Inicial de Professores. Um estudo exploratório., 2006.  Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Formação de Professores.) - Universidade de Lisboa.
19. FLORES, M. A.. Participação no júri de Ana Maria Pinto Xavier Forte. Formação contínua: contributos para o desenvolvimento profissional e para a (re)construção da identidade dos professores do 1º CEB. , 2005.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
20. FLORES, M. A.. Participação no júri de Nuno Miguel Pinto da Silva. Perspectivas de avaliação na disciplina de Matemática de alunos do 2º e do 3º ciclos do Ensino Básico., 2005.  Dissertação (Mestrado em Educação: Supervisão Pedagógica em Ensino da Matemática.) - Universidade do Minho.
21. FLORES, M. A.. Participação no júri de Carla Lídia Santos Costa. Concepções de profissionalismo docente: o trabalho dos professores de 1º ciclo de Grupo Oriental da Região Autónoma dos Açores., 2005.  Dissertação (Mestrado em Educação: Administração e Organização Escolar.) - Universidade dos Açores.
22. FLORES, M. A.. Participação no júri de Luzia da Conceição Sousa Almeida. Necessidades de Formação dos professores cooperantes do 1º ciclo., 2005.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Supervisão Pedagógica ) - Universidade da Madeira.
23. FLORES, M. A.. Participação no júri de Helena Maria da Eira Coutinho. Necessidades de Formação dos orientadores de estágio., 2005.  Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação: Teoria e Desenvolvimento Curricular.) - Universidade de Lisboa.
24. FLORES, M. A.. Participação no júri de Isaque Manuel Nunes Tomé. Os rankings das escolas secundárias em Portugal: da(s) intencionalidade(s) política(s) à sua representação nos agentes educativos em contexto escolar., 2005.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.
25. FLORES, M. A.. Participação no júri de Sílvia Cardoso. Reforma e/ou Inovação Curricular: Um Projecto de Ensino Básico Renovado para Cabo Verde., 2003.  Dissertação (Mestrado em Educação, área de especialização em Desenvolvimento Curricular ) - Universidade do Minho.


Participação em eventos
Event participation
Outro tipo de participação
Other kind of participation
1. “Effective Teaching”, 2006 (Workshop).
Nome da Instituição: Gabinete de Avaliação e Qualidade do Ensino (GAQE), UM; Cidade do evento: Braga / Universidade do Minho.
2. "Project-led Education , 2005 (Workshop).
Nome da Instituição: Gabinete de Avaliação e Qualidade do Ensino (GAQE), UM.; Cidade do evento: Braga / UM.








Indicadores de produção (Production indicators)

Total
Produção científica
Scientific production
72

Livros e capítulos
Books and book chapters
49
Livros publicados ou organizados
Published or organized books
37
Capítulos de livros publicados
Published book chapters
12
Artigos científicos em revistas
Papers in periodics
21
Com arbitragem científica
With scientific refereeing
8
Sem arbitragem científica
Without scientific refereeing
13
Outros tipos de produção científica
Other scientific production
2

Total
Produção técnica
Technical production
12

Outros tipos de produção técnica
Other technical production
12

Total
Dados complementares
(Additional data)
52

Orientações
Orientations
19
Participação no Júri de Graus Académicos
Academic Degrees jury participation
31
Participação em Eventos
Event participation
2


Visualizações do curriculum [ 11293 ]
 
Página gerada pela Plataforma de Curricula DeGóis promovida pela FCT e pelo Gávea/DSI/UM em 29-11-2020 às 07:51:27
Plataforma de Curricula DeGóis: http://www.degois.pt/ | Icons by Axialis Team
Co-Autores Relacionados no DeGóis (3)
 Co-authors listed in Degóis