Curriculum Vitae

Ana Dias da Fonseca

Data da última atualização »Last update : 08/10/2017


Ana Dias da Fonseca. Doutorada em Psicologia Clínica, no âmbito do Programa InterUniversitário de Doutoramento em Psicologia Clínica das Faculdades de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra e Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa, em 2013. Publicou 19 artigos em revistas especializadas e 5 trabalhos em actas de eventos, possui 3 capítulos de livros publicados. Possui 61 itens de produção técnica. Participou em 3 eventos no estrangeiro e 13 em Portugal. Recebeu 7 prémios e/ou homenagens. Actualmente participa em 1 projecto de investigação. Actua na área de Ciências Sociais com ênfase em Psicologia. Nas suas actividades profissionais interagiu com 27 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. No seu curriculum DeGóis os termos mais frequentesl são: Diagnóstico anomalia congénita, Gravidez, IMG, Parentalidade, Qualidade de vida, Sintomas psicopatológicos, Decisão reprodutiva, Comunicação do diagnóstico, Luto.


Endereço de acesso a este CV:

http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=1555246393249035


Dados pessoais (Personal data)
Nome completo
Full name
Ana Dias da Fonseca
Nome em citações bibliográficas
Quoting name
Fonseca, Ana Dias da
Domínio científico de atuação
Scientific domain
Ciências Sociais-Psicologia.
Endereço profissional
Professional address
Universidade de Coimbra
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação
Rua do Colégio Novo, Apartado 6153
Coimbra
3001--802 Coimbra
Portugal
Apartado: 6153
Correio electrónico: ana.fonseca77@gmail.com / anadfonseca@fpce.uc.pt
Homepage: www.fpce.uc.pt/saude/
Sexo
Gender
Feminino»Female




Graus Académicos (Academic Degrees)
2008-2013 Doutoramento
Phd
Programa InterUniversitário de Doutoramento em Psicologia Clínica (4 anos » years) .
Fac. Psicologia e C. Ed. Univ. de Coimbra e Fac. Psicologia Univ. Lisboa, Portugal.

2003-2008 Mestrado
Master degree
Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde (5 anos » years) .
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.





Formação complementar ( studies)
2017-2017 Curso de curta duração
Short course
Formação em metodologias de análise de dados com recurso ao Mplus.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2017-2017 Outros
Others
Como lidar com missing values?. .
Universidade de Coimbra, Portugal.

2017-2017 Outros
Others
Working with values in CBT.
47th European Association of Cognitive and Behavior Therapies Congress, Eslovénia.

2017-2017 Outros
Others
Internet based CBT interventions.
47th European Association of Cognitive and Behavior Therapies Congress, Eslovénia.

2017-2017 Outros
Others
Acceptance and Commitment Therapy.
47th European Association of Cognitive and Behavior Therapies Congress, Eslovénia.

2016-2016 Curso de curta duração
Short course
INEO Start.
Instituto Pedro Nunes, Portugal.

2016-2016 Outros
Others
Business Ideas Acceleration.
Instituto Pedro Nunes, Portugal.

2016-2016 Outros
Others
Desenvolv. e avaliação de intervenções de mudança comportamental em saúde.
Universidade Nova de Lisboa, Portugal.

2016-2016 Outros
Others
ACT- como una terapia contextual desde la raiz.
Associação Portuguesa de Terapia do Comportamento, Portugal.

2016-2016 Outros
Others
Curso Revisões sistemáticas e meta-análises.
Universidade de Coimbra, Portugal.

2016-2016 Outros
Others
Evaluacion de riesgos e intervencion preventiva en salud sexual/reproductiv.
Associação Espanhola de Psicologia Conductual, Espanha.

2015-2015 Outros
Others
Cognitive Behavioral Therapy for Medical Problems.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2014-2014 Outros
Others
New developments in mediation and moderation.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2014-2014 Outros
Others
Telemedicina, Saúde e Cidadania: Novo paradigma, novos desafios.
Administração Regional de Saúde da Zona Centro, Portugal.

2013-2013 Outros
Others
Metodologias Qualitativas na Investigação em Psicologia.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2013-2013 Outros
Others
Terapia Cognitivo-Comportamental em Doenças Crónicas.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2012-2012 Curso de curta duração
Short course
A practical Workshop on mediation and moderated mediation using bootstrappe.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2012-2012 Outros
Others
Comunicação e Literacia em Saúde.
ISPA - Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida, Portugal.

2012-2012 Outros
Others
Learning from loss: Strategies for grief therapy.
Universidade de Aveiro, Portugal.

2012-2012 Outros
Others
Death at school:Psychosocial interventions in traumatic/disaster situations.
Universidade de Aveiro, Portugal.

2011-2011 Curso de curta duração
Short course
Modelos de Equações estruturais: A problem-solving approach.
Instituto de Ciências Sociais - Universidade de Lisboa, Portugal.

2011-2011 Curso de curta duração
Short course
Curso de Formação associado aos estágios profissionais da OPP.
Ordem dos Psicólogos Portugueses, Portugal.

2011-2011 Outros
Others
Introdução à Terapia Sexual.
Psikontacto, Portugal.

2011-2011 Outros
Others
Writing/publishing articles in Family Research.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2011-2011 Outros
Others
Adult resilience and training for health psychology in individual contexts.
25th European Health Psychology Conference, Grécia.

2010-2010 Curso de curta duração
Short course
Formação Pedagógica Inicial de Formadores.
Fundação para a Divulgação das Tecnologias da Informação, Portugal.

2010-2010 Outros
Others
Terapia familiar e psicoses: Um processo de reconfirmação.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2010-2010 Outros
Others
Families and larger systems: Working together to safeguard vulnerable child.
Universidade de Lisboa, Portugal.

2010-2010 Outros
Others
Noções básicas de Psicofarmacologia.
Psikontacto, Portugal.

2009-2009 Outros
Others
Comprehensive Cognitive-Behavior Therapy with Couples and Families.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2009-2009 Outros
Others
Assessing Quality of Life in children and adolescents.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2009-2009 Outros
Others
PLS Path Modeling Course.
Universidade de Lisboa, Portugal.

2009-2009 Outros
Others
To research and publish: Guidelines for international diversity.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2009-2009 Outros
Others
Write and Publish in international journals.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2009-2009 Outros
Others
Articulation between research and publishing in international journals.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2008-2009 Especialização/ Pós-Graduação
Specialization/ Postgraduation
Curso de Estudos Avançados em Psicologia da Família e Intervenção Familiar.
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Portugal.

2009 Outros
Others
Affect Phobia: How exposure and desensitization of feelings promote change.
European Association of Cognitive and Behavioral Therapy Annual Congress, Croácia.

2009 Outros
Others
Cognitive-Behavioral Systems approach in couple and sex therapy.
European Association of Cognitive and Behavioral Therapy Annual Congress, Croácia.

2006 Curso de curta duração
Short course
Língua Gestual Portuguesa - Nível I.
Associação Cultural Surdos de Águeda, Portugal.

2006 Curso de curta duração
Short course
Língua Gestual Portuguesa - Nível II.
Associação Cultural Surdos de Águeda, Portugal.

2006 Outros
Others
Understanding babies so we can support parents: NBAS.
Hospitais da Universidade de Coimbra, Portugal.





Vínculos profissionais (Professional Positions)
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra
Jan/2014-Actual Outra Situação
Jan/2009-Dez/2012 Bolseiro Doutoramento
Set/2007-Jul/2008 Psicóloga Estagiária

Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra
Fev/2017-Ago/2017 Assistente





Atividades de Investigação e Desenvolvimento (Research and Development activities)
Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra
Out/2008-Actual
Linhas de investigação»Research fields:


Relações, Desenvolvimento & Saúde [Relatiopmships, Development, & Health] - CINEICC






Estágios realizados (Traineeships)


Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra
Out/2008-Jul/2012
Estágios realizados»Traineeships:

   - Estágio profissional voluntário na UnIP - Unidade de Intervenção Psicológica - Maternidade Dr. Daniel de Matos - Hospitais da Universidade de Coimbra






Linhas de Investigação (Research fields)
1. Relações, Desenvolvimento & Saúde [Relatiopmships, Development, & Health] - CINEICC
Objectivos»Goals: 1) Development of multidisciplinar research in Health and Mental Health Contexts; 2) Integration of research and clinical practice (providing research work of an applied dimension); 3) Establishment of National and Internation Cooperation Networks; 4) Young researchers graduate and post-graduate training. .
Domínio Científico: Ciências Sociais / Área Científica: Psicologia.
Palavras-chave: Desenvolvimento; Relações; Saude.




Projetos de Investigação (Research projects)
Participação como Doutorando
Participation as Phd student
2009-
Decisões reprodutivas e transição para a parentalidade após o diagnóstico de deficiência no bebé durante a gravidez ou após o nascimento: adaptação individual, conjugal e relações pais-filhos.
Referência do projeto»Project reference: BD.
Financiador(es)»Funding: Fundação para a Ciência e a Tecnologia.


Outro Tipo de Participação
Other kind of participation
2008-2009
Gravidez e Maternidade na Adolescência na Região Autónoma dos Açores
Referência do projeto»Project reference: 501460888 .






Línguas (Languages)
Compreende
Understandig
Inglês (Bem), Português (Bem), Francês (Bem).
Fala
Speaking
Inglês (Bem), Português (Bem), Francês (Razoavelmente).

Reading
Inglês (Bem), Português (Bem), Francês (Razoavelmente).
Escreve
Writing
Inglês (Bem), Português (Bem), Francês (Razoavelmente).




Prémios e títulos (Awards Prizes, and Honours)
2005 Prémio anual de mérito no âmbito dos fundos de apoio ao estudante, Universidade de Coimbra.
2006 Prémio anual de mérito no âmbito dos fundos de apoio ao estudante, Universidade de Coimbra.
2007 Prémio anual de mérito no âmbito dos fundos de apoio ao estudante, Universidade de Coimbra.
2010 Prémio para Investigador de Mérito (atribuído a comunicação oral em co-autoria), Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde.
2010 Prémio anual de mérito no âmbito dos fundos de apoio ao estudante, Universidade de Coimbra.
2011 Bolsa para participação na 31st Conference of Society of Infant and Reproductive Psychology, Society of Infant and Reproductive Psychology.
2012 Prémio para Investigador de Mérito (atribuído a comunicação oral em co-autoria), Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde.




Membro de Associações Profissionais/Científicas (Professional/Scientific Association membership)
Out/2017 - Actual Association for Contextual and Behavioral Science, Membro.
Mai/2017 - Actual European Society for Research on Internet Interventions, Membro.
Set/2010 - Actual Ordem dos Psicólogos Portugueses, Membro (Cédula Profissional N. 12369).
Especialista em Psicologia Clínica e Saúde desde 2016. Tìtulo atribuído pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.




Produção científica, técnica e artística/cultural (Scientific, technical and artistical/cultural production)
Capítulos de livros publicados
Published book chapters
1. Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C. 2017. Depressão Pós-Parto.  In PROPSICO: Programa de atualização em Picologia Clínica e da Saúde Ciclo 1 , 111 - 164. . Porto Alegre: Artmed Panamericana Editora.
2. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2012. Sintomatologia clinicamente significativa após uma interrupção médica da gravidez: Quem manifesta reações intensas de trauma e luto?.  In Psicologia da saúde: Desafios à promoção da saúde em doenças crónicas , ed. J. L. Pais-Ribeiro, I. Leal, A. Pereira, S. Monteiro, 209 - 215. . Lisboa: Placebo Editora.
3. Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Canavarro, Maria C. 2010. Um contributo para a validação de um protocolo de intervenção psicológica em situações de perda perinatal: Resultados de um estudo exploratório.  In Psicologia da Saúde: Saúde, Sexualidade e Género , 19 - 30. . Lisboa: ISPA.
4. Pedrosa, Anabela A; Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco; Pires, Raquel. 2010. Gravidez e maternidade na adolescência: Percursos (d)e adaptação de jovens da Região Autónoma dos Açores.  In Psicologia da Saúde: Saúde, Sexualidade e Género, ed. I. Leal & J.L. Pais-Ribeiro, 53 - 62. . Lisboa: ISPA.

Artigos em revistas com arbitragem científica
Papers in periodics with scientific refereeing
1. Moreira, Helena; Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2017. "Assessing Attachment to Parents and Peers in Middle Childhood: Psychometric Studies of the Portuguese Version of the People in My Life Questionnaire", Journal of Child and Family Studies 26, 5: 1318 - 1333.
2. Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2017. "Exploring the paths between dysfunctional attitudes towards motherhood and postpartum depressive symptoms: The moderating role of self-compassion", Clinical Psychology & Psychotherapy, 0: 0 - 0.
3. Fonseca, Ana; Moura-Ramos, Mariana; Canavarro, Maria C. 2017. "Attachment and Mental Help-Seeking in the Perinatal Period: The Role of Stigma", Community Mental Health Journal, 0: 0 - 0.
4. Moreira, Helena; Fonseca, Ana; Shaver, Phillip R; Mikulincer, Mario; Canavarro, Maria C. 2017. "Assessing Hyperactivation and Deactivation Strategies of the Caregiving Behavioral System: Psychometric Studies of the Portuguese Version of the Caregiving System Scale.", Psychological Assessment, 0: 0 - 0.
5. Fonseca, Ana; Silva, Sheila; Canavarro, Maria C. 2017. "Depression Literacy and Awareness of Psychopathological Symptoms During the Perinatal Period", Journal of Obstetric, Gynecologic & Neonatal Nursing 46, 2: 197 - 208.
6. Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2017. "Women's intentions of informal and formal help-seeking for mental health problems during the perinatal period: The role of perceived encouragement from the partner", Midwifery, 50: 78 - 85.
7. Rodrigues, Sofia; Costa, Ana C; Canavarro, Maria C. C; Fonseca, Ana. 2017. "Adaptação da Escala de Pensamentos Automáticos Negativos Pós-Parto para a população portuguesa: Estudos psicométricos", Análise Psicológica 35, 3: 395 - 407.
8. Costa, Ana C; Rodrigues, Sofia; Canavarro, Maria C; Fonseca, Ana D.. 2017. "Adaptação da Escala de Crenças Disfuncionais face à Maternidade para a população Portuguesa: Estudos psicométricos", Análise Psicológica, 0: 0 - 0.
9. Fonseca, Ana D.; Silva, Sheila; Canavarro, Maria C. 2017. "Inventário de Atitudes face à Procura de Serviços de Saúde Mental: Estudo das Características Psicométricas em mulheres no período perinatal. ", Psychologica, 0: 0 - 0.
10. Fonseca, Ana; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2016. "Medical information concerning an infant's congenital anomaly: Successful communication to support parental adjustment and transition", Disability and Health Journal 9, 1: 150 - 156.
11. Alves, Stephanie; Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco. 2016. "Que mães/futuras mães utilizam a internet para questões relacionadas com saúde mental?", Psicologia, Saúde & Doenças 17, 1: 82 - 88.
12. Albuquerque, Sara; Pereira, Marco; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C. 2016. "Resiliência, stresse parental e sobrecarga de pais de crianças com diagnóstico de anomalia congénita. ", Psychologica, 58: 7 - 23.
13. Fonseca, Ana; Gorayeb, Ricardo; Canavarro, Maria C. 2016. "Women’s use of online resources and acceptance of e-mental health tools during the perinatal period", International Journal of Medical Informatics, 94: 228 - 236.
OBJECTIVES: The women's professional help-seeking rate for perinatal depression is low, despite the prevalent and disabling nature of this condition. Therefore, new approaches should be implemented to increase women's access and utilization of treatment resources, namely e-mental health tools. This study aimed to characterize women's current pattern of use of online resources for mental heal issues and women's acceptance of e-mental health tools during the perinatal period, and to investigate its main determinants. METHODS: This study used an online cross-sectional survey that was completed by 546 women during the perinatal period. RESULTS: 31.3% had prior knowledge of websites targeting mental health illness. Women presenting an actual need for help (i.e., a positive screen for depression) reported greater use of online resources and greater engagement in e-health behaviors related to mental health (d=0.46-0.61), and being more accepting of e-mental health tools, particularly of informative websites. Women's perceptions concerning the e-mental tools were found to predict their intentions to use them. CONCLUSIONS: The results seem to globally support Portuguese women's acceptance of e-mental health tools. To improve the level of acceptance, women should be involved as stakeholders in the development of new e-mental health tools and provided with specific information before their utilization.

14. Fonseca, Ana; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2015. "Parenting an Infant with a Congenital Anomaly: How are Perceived Burden and Perceived Personal Benefits Related to Parenting Stress?", Journal of Clinical Psychology in Medical Settings, 22: 64 - 76.
15. Fonseca, Ana; Gorayeb, Ricardo; Canavarro, Maria C. 2015. "Women's help-seeking behaviours for depressive symptoms during the perinatal period: Socio-demographic and clinical correlates and perceived barriers to seeking professional help", Midwifery 31, 12: 1177 - 1185.
16. Fonseca, A.; Nazare, B.; Canavarro, M. C. 2014. "Parenting an infant with a congenital anomaly: An exploratory study on patterns of adjustment from diagnosis to six months post birth", Journal of Child Health Care 18, 2: 111 - 122.
17. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2014. "Trauma Following TOPFA: Is this the Path From Guilt to Grief?", Journal of Loss and Trauma, 19: 244 - 261.
Termination of pregnancy for fetal abnormality (TOPFA) is a potentially traumatic event that may lead to intense grief symptomatology. The present study included 41 couples who were assessed 1-6 months after TOPFA. No gender differences were found regarding the intensity of trauma symptomatology or the prevalence of clinically relevant trauma symptomatology, present in about a third of the sample. Most couples were congruent regarding trauma symptomatology. Women experienced guilt with significantly more frequency than men. For both genders, guilt influenced both trauma and grief symptomatology. For women only, guilt influenced grief symptomatology indirectly, through trauma symptomatology. Clinical implications are discussed.

18. Fonseca, A.; Nazare, B.; Canavarro, M. C. 2014. "The role of satisfaction with social support in perceived burden and stress of parents of six-month-old infants with a congenital anomaly: Actor and partner effects", Journal of Child Health Care 18, 2: 178 - 191.
19. Gonçalves, P.; Frias, A.; Fonseca, Ana D.. 2014. "Ajustamento emocional de doentes com Hemorragia Subaracnóidea (HSA) aneurismática tratada cirurgicamente", Revista de Enfermagem Referência, 1: 15 - 23.
20. Fonseca, Ana; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2013. "Parental Psychological Distress and Confidence After an Infant’s Birth: The Role of Attachment Representations in Parents of Infants with Congenital Anomalies and Parents of Healthy Infants", Journal of Clinical Psychology in Medical Settings 20, 2: 143 - 155.
The present study aimed to examine parental psychological distress and confidence after an infant’s birth, when parenting an infant with a diagnosis of a congenital anomaly, and to understand the role of attachment representations on parental adjustment. Parents of infants with a congenital anomaly (44 couples) and parents of healthy infants (46 couples) completed measures of adult attachment representations and of psychological distress and parental confidence (one month after the infant’s birth). Results showed no group differences in psychological distress. Mothers in the clinical group presented lower confidence than mothers in the comparison group, while for fathers the inverse pattern was found, showing their involvement in the caretaking of the infant. Insecure attachment representations predicted parental psychological distress, and a moderator role of group was found only for fathers. These results highlight the role of secure attachment representations as an individual resource in stress-inducing situations.

21. Fonseca, A.; Nazaré, B.; Canavarro, M. C. 2013. "Validação da Escala de Representações Mentais de Prestação de Cuidados para a população portuguesa: Um estudo numa amostra de pais de bebés de um mês de idade", Revista Iberoamericana de Diagnóstico e Avaliação Psicológica 35, 1: 161 - 182.
Este trabalho pretende apresentar os resultados da validação da versão portuguesa da Escala de Representações Mentais de Prestação de Cuidados (ERMPC; versão original, Mental Representation of Caregiving Scale). Uma amostra de 500 participantes (267 mulheres), que foram pais há cerca de um mês de um bebé saudável, preencheu uma ficha de dados sociodemográficos, a ERMPC, a Escala de Vinculação no Adulto, o Questionário de Confiança Parental e escalas visuais analógicas para avaliar a experiência de parentalidade. A versão portuguesa da ERMPC organiza-se em quatro dimensões: 1) Capacidade e disponibilidade para a prestação de cuidados; 2) Capacidade de reconhecer as necessidades dos outros; 3) Motivações focadas no self para prestar cuidados; e 4) Avaliação dos outros como merecedores de ajuda. A ERMPC apresenta bons indicadores de fiabilidade e de validade. A escala mostrou-se adequada para utilização na população portuguesa, tanto em contexto de investigação como em contexto clínico.

22. Fonseca, Ana; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2013. "Clinical Determinants of Parents’ Emotional Reactions to the Disclosure of a Diagnosis of Congenital Anomaly", JOGNN-Journal of Obstetric Gynecologic and Neonatal Nursing 42, 2: 178 - 190.
Objective: To examine parents’ emotional reactions (high intensity vs. low intensity) and the intensity of each emotion when a prenatal or postnatal diagnosis of a congenital anomaly is disclosed. Design: Cross-sectional study. Setting: Two urban Portuguese hospitals. Participants: The parents (60 mothers and 50 fathers) of 60 infants prenatally or postnatally diagnosed with a congenital anomaly. Methods: One month after the disclosure of the diagnosis, the parents answered questionnaires regarding sociodemographic and clinical variables and their emotional experiences at the disclosure. Results: Gender differences in the parents’ emotional reactions were not found, and intracouple congruence was frequent. When there was uncertainty regarding the diagnosis, no prior knowledge about the diagnosis (for fathers only), and no history of pregnancy loss (for mothers only), parents presented significantly more frequently with a pattern of high-intensity negative emotional reactions to the disclosure. Type of congenital anomaly, timing of diagnosis, and parity were not found to be significantly associated with the patterns of emotional reactions, but differences in the intensity of specific emotions were found for all variables. Conclusion: Both parents’ emotional experiences should be acknowledged at the disclosure. Clinical variables were found to define the stressful situation (the diagnosis). When the diagnosis was perceived as more threatening (i.e., more unexpected, less controllable, and predictable), parents presented a pattern of high-intensity emotional reactions.

23. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2013. "Questionário de Confiança Parental: Análise fatorial confirmatória numa amostra comunitária de casais", Psicologia, Saúde & Doenças 14, 1: 23 - 37.
A falta de confiança parental na competência para cuidar do bebé pode originar dificuldades na relação entre mãe/pai e filho. O Questionário de Confiança Parental avalia a perceção parental da capacidade para cuidar do bebé e reconhecer as suas necessidades, através de 13 itens, respondidos com base numa escala de frequência. Este estudo pretendeu identificar a estrutura fatorial mais adequada para o questionário. Uma amostra comunitária de 223 casais com bebés de 6 meses respondeu ao protocolo de avaliação. As análises fatoriais confirmatórias revelaram como mais adequado um modelo trifatorial: Conhecimento acerca do Bebé, Prestação de Cuidados ao Bebé e Avaliação da Experiência de Parentalidade. A versão portuguesa do Questionário de Confiança Parental apresentou bons níveis de fidelidade e validade, pelo que constitui um instrumento útil na avaliação de mães e pais de bebés nos primeiros meses de vida, possibilitando a sinalização de situações de risco acrescido nestas díades.

24. Albuquerque, Sara; Pereira, M.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2013. "Qualidade de vida e sintomatologia psicopatológica em pais de crianças com diagnóstico de deficiência/anomalia congénita: A importância das características de resiliência. ", Análise Psicológica, 31: 171 - 184.
25. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2013. "Adaptive and maladaptive grief responses following TOPFA: Actor and partner effects of coping strategies", Journal of Reproductive and Infant Psychology, 31: 257 - 273.
Objective: This study aimed to 1) compare women and men regarding absolute and relative coping following a termination of pregnancy for fetal abnormality and 2) assess the influence of relative coping on each partner’s adaptive and maladaptive grief responses. Background: Although differences in coping have been cited to explain gender differences on grief symptomatology after a spontaneous pregnancy loss, no study yet has compared women and men regarding use of coping strategies after termination of pregnancy for fetal abnormality. Furthermore, considering the relatively high prevalence of clinically relevant grief symptomatology among women following this event, both one’s and the partner’s coping responses should be explored as predictors. Methods: 41 couples answered the Perinatal Grief Scale and the Brief COPE, one to six months after termination of pregnancy for fetal abnormality. Results: Women used Religion more frequently than men. Women’s absolute and relative scores on Emotional Support, Instrumental Support, and Venting were higher than men’s. Men presented higher scores on relative use of Acceptance, Humour, and Denial. Acceptance positively predicted adaptive grief responses. Self-Blame, Denial, Active Coping, and Instrumental Support were positive predictors of maladaptive grief responses. Humour was negatively associated with both types of grief responses. Partner effects were found for Self-Blame and Active Coping. Conclusion: As gender differences regarding coping are normative, psychoeducation may be used to foster intracouple acceptance. Due to their interdependence, both partners’ should be assessed. Coping strategies (i.e. self-blame) associated with maladaptive responses should be prevented, while fostering the use of helpful strategies (i.e. acceptance). Keywords: Actor-Partner Interdependence Model; adaptive and maladaptive grief responses; couple; relative coping; termination of pregnancy for fetal abnormality.

26. Albuquerque, S.; Pereira, M.; Fonseca, A.; Canavarro, M. C. 2012. "Impacto familiar e ajustamento de pais de crianças com diagnóstico de anomalia congénita: Influência dos determinantes da criança", Revista de Psiquiatria Clinica 4, 39: 136 - 141.
Introdução: A ocorrência de diagnóstico pré ou pós-natal de anomalia congênita (AC) num filho pode implicar mudanças na dinâmica e no funcionamento da família, bem como ter um importante impacto no ajustamento individual dos pais. Objetivos: Este estudo teve como objetivos avaliar a sobrecarga parental e ajustamento individual de pais de crianças com diagnóstico de AC e compreender a variabilidade da adaptação dos pais (sobrecarga e ajustamento individual) em função dos determinantes da criança. Métodos: A amostra foi constituída por 124 participantes (62 casais), pais de crianças com diagnóstico de AC. O protocolo de avaliação incluiu a Escala de Impacto Familiar, o Brief Symptom Inventory e o Instrumento de Avaliação de Qualidade de Vida da Organização Mundial de Saúde (WHOQOL-Bref). Resultados: As mães reportaram maiores níveis de sintomatologia psicopatológica e menor percepção de qualidade de vida. Encontraram-se, ainda, efeitos significativos dos determinantes da criança, nomeadamente da idade da criança no ajustamento paterno e da percepção de gravidade da anomalia no ajustamento paterno e na sobrecarga materna. O conhecimento do diagnóstico após o nascimento e as anomalias cromossômicas mostraram-se, em ambos os pais, correlacionados com maior percepção de sobrecarga global e financeira. Conclusão: Os resultados salientam a complexidade do ajustamento dos pais ao diagnóstico de anomalia congênita de um filho, na qual interagem diversos fatores, em particular os associados com o diagnóstico da criança.

27. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2012. "Grief following termination of pregnancy for fetal abnormality: Does marital intimacy foster short-term couple congruence?", Journal of Reproductive and Infant Psychology 30, 2: 168 - 179.
Objective: This study aimed to (1) compare women and men in congruent and incongruent couples regarding the intensity of grief responses and the prevalence of clinically relevant grief responses following a termination of pregnancy for fetal abnormality; and (2) assess the role of marital intimacy in fostering couple congruence on grief responses. Background: In spite of the detrimental effects of incongruent grief on the marital relationship, previous studies have seldom compared congruent and incongruent couples. Furthermore, little is known regarding the predictors of incongruent grief. Studying such topics will allow for the implementation of effective clinical interventions aiming at decreasing the negative consequences of incongruent grief. Methods: Thirty-one couples answered the Perinatal Grief Scale and the Personal Assessment of Intimate Relationships, 1–6 months after a termination of pregnancy for fetal abnormality. Results: The majority of couples were found to display congruent grief reactions. Women had significantly more intense grief reactions than men in both groups. Women’s scores were significantly higher in incongruent couples than in congruent couples, while no such difference was found for men. Clinically relevant grief symptoms were particularly prevalent in women in incongruent couples. Women’s perception of marital intimacy, but not men’s, positively predicted couple congruence. Conclusion: Given the normativity of gender differences regarding grief responses, clinicians should foster couple communication and acceptance. As couple incongruence may signal difficulties adapting to the loss, psychological assessment is warranted. Marital intimacy is a resource for women which should be fostered in clinical interventions.

28. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2012. "Avaliação da ligação parental ao bebé após o nascimento: Análise fatorial confirmatória da versão portuguesa do Postpartum Bonding Questionnaire (PBQ)", Laboratório de Psicologia 10, 1: 81 - 95.
existência de perturbações na relação mãe/pai-bebé pode ter implicações prejudiciais para ambos os membros da díade. O Postpartum Bonding Questionnaire (PBQ, designado por nós como Questionário de Ligação ao Bebé após o Nascimento) foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a existência de perturbações na relação que mães e pais estabelecem com o seu bebé. No entanto, entre os diversos estudos já realizados com este instrumento, verificam-se resultados inconsistentes relativamente à sua estrutura fatorial. No presente trabalho, conduzimos os estudos psicométricos da versão portuguesa do PBQ, um instrumento de autorresposta composto por 25 itens e com uma escala de resposta de seis pontos (de 0 – Nunca e 5 – Sempre). Uma amostra comunitária de 229 casais, cujos bebés tinham aproximadamente 6 meses, respondeu a uma bateria de questionários. A realização de análises fatoriais confirmatórias permitiu comparar seis modelos definidos com base nos estudos já realizados com este instrumento. Foi identificada como mais adequada aos nossos dados uma estrutura de um só fator, que difere da versão original do instrumento. A versão final do PBQ é constituída por 12 itens, tendo sido necessário alterar a tradução de um deles, de maneira a favorecer a sua compreensibilidade. O questionário apresentou bons índices de consistência interna e temporal, bem como valores adequados de validade convergente e discriminante. Verificou-se que os homens tendem a apresentar pontuações significativamente superiores no questionário. O PBQ constitui um instrumento de avaliação fiável e válido, passível de ser utilizado em contexto clínico e de investigação.

29. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2012. "Avaliação das preocupações sentidas durante a gravidez: Estudos psicométricos da versão portuguesa da Cambridge Worry Scale (CWS)", Laboratório de Psicologia, 10: 47 - 61.
A Cambridge Worry Scale (CWS) constitui um instrumento multidimensional desenvolvido para avaliar o conteúdo e a intensidade das preocupações sentidas durante a gravidez, concetualizadas como normativas. O presente trabalho pretendeu avaliar o comportamento psicométrico da versão portuguesa da CWS, procedendo ao estudo da sua estrutura fatorial, validade e fidelidade. Uma amostra de 430 grávidas, maioritariamente na primeira metade da gestação, respondeu a uma bateria de questionários composta por três questionários de autorresposta (CWS, Brief Symptom Inventory e Antenatal Emotional Attachment Scale). Através de análises fatoriais confirmatórias, testaram-se diversos modelos apresentados na literatura. O mais adequado engloba 13 itens e uma estrutura de cinco fatores: Área Socioeconómica (preocupação com procedimentos médicos e com o parto, bem como com a interação com o bebé após o nascimento), Relações (com o companheiro e com familiares e amigos íntimos), Perda Reprodutiva (preocupação com a possibilidade de aborto espontâneo e com a identificação de um problema médico no bebé), Saúde (da própria e de outras pessoas significativas) e Área Socioeconómica (englobando os âmbitos financeiro, profissional e habitacional). A CWS apresentou valores adequados de consistência interna e bons níveis de validade (de construto, convergente, discriminante e de critério com base na diferenciação de grupos). Assim, constitui um instrumento passível de ser utilizado em contexto clínico e de investigação.

30. Fonseca, A.; Nazaré, B.; Canavarro, M. C. 2012. "Parental psychological distress and quality of life after a pre- or postnatal diagnosis of congenital anomaly: A controlled comparison study with parents of healthy babies", Disability and Health Journal, 5: 67 - 74.
Abstract Background: Parental early adjustment to a pre- or postnatal diagnosis of congenital anomaly has been studied mainly within a pathological and deterministic perspective, giving us an inadequate view of the impact of the diagnosis. Objectives: Adopting a comprehensive approach on parental adjustment, we aimed to characterise the impact of the diagnosis on psychological distress and quality of life, in the early post-diagnosis stage. The effects of gender and the timing of the diagnosis were also examined. Methods: In this cross-section study, 42 couples with healthy babies and 42 couples whose babies were pre- or postnatally diagnosed with a congenital anomaly responded to the Brief Symptom Inventory-18 and to the World Health Organization Quality of Life-Bref instrument. Results: In the early post-diagnosis stage, parents whose babies were diagnosed with a congenital anomaly presented higher levels of psychological distress than the parents of healthy babies (F2,79= 6.23, p = .003), although they displayed similar levels of quality of life (F4,78= 0.62, p = .647). Mothers reported more adjustment difficulties than fathers in both groups. Receiving the diagnosis in the prenatal period was associated with higher maternal psychological quality of life (Z= -2.00, p = .045). Conclusion: The occurrence of a diagnosis of congenital anomaly during the transition to parenthood adds to an accumulation of stress-inducing events and manifests itself in psychopathological symptoms. Maintaining a positive evaluation of well-being may be understood as a parental resource to deal with the diagnosis. The importance of adopting a comprehensive perspective on parental adjustment is highlighted. .

31. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana; Gameiro, Sofia; Canavarro, Maria C; Dattilio, Frank M. 2011. "Amniocentesis Due to Advanced Maternal Age: The Role of Marital Intimacy in Couples’ Decision-Making Process", Contemporary Family Therapy 33, 2: 128 - 142.
Due to the risk of fetal anomaly, pregnant women of advanced maternal age are given the option to undergo amniocentesis. In our study we aimed to describe couples’ decision-making process regarding amniocentesis, and assess whether it is influenced by marital intimacy and men’s participation in genetic counseling. During pregnancy, 112 couples answered the Personal Assessment of Intimacy in Relationships questionnaire and scales regarding the decision to undergo amniocentesis. Most couples shared and reached an agreement regarding this decision. Higher levels of marital engagement and communication, but not men’s participation, were associated with higher agreement, influence, and decision-sharing. Clinical implications are discussed.

32. Fonseca, Ana; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2011. "Patterns of parental emotional reactions after a pre- or postnatal diagnosis of a congenital anomaly", Journal of Reproductive and Infant Psychology 29, 4: 320 - 333.
Objective: This study aimed to describe parental reactions at disclosure of a diagnosis of congenital anomaly and to investigate both the existence of distinct patterns of intensity of reactions and their association with post-diagnosis psychosymptomatology. Background: When receiving the news of a pre- or postnatal diagnosis of congenital anomaly, parents usually display acute grief reactions. However, questions arise regarding the variability and intensity of those reactions and their clinical significance. Method: Fifty-one women and 42 men whose infants were diagnosed with a congenital anomaly completed, one month after the disclosure, the Brief Symptom Inventory-18 and retrospectively evaluated their emotional experience at disclosure. Results: Negative emotions, and also hope, were experienced with greater intensity at disclosure. There was variability of emotional reactions, as two distinct patterns were identified: one pattern fits the acute grief reactions pattern, and another of less-intense emotional reactions. No gender differences were found on emotional reactions. Higher-intensity reactions at disclosure were associated with more psychosymptomatology one-month later only for fathers. Conclusion: Findings suggest the need for healthcare professionals to adjust their practice to meet parental needs in the early post-diagnosis stage. Both parents should be given the opportunity to express their emotions as a couple and individually.

33. Gameiro, Sofia; Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana; Moura-Ramos, Mariana; Canavarro, Maria C. 2011. "Changes in marital congruence and quality of life across the transition to parenthood in couples who conceived spontaneously or with assisted reproductive technologies", Fertility and Sterility 96, 6: 1457 - 1462.
Objective: To investigate the relationship between changes in marital congruence (ie, level of agreement between partners about their relationship) and quality of life across the transition to parenthood in couples who conceived spontaneously and with assisted reproduction technology (ART). Design: Prospective longitudinal cohort design using multilevel modeling. Setting: Portuguese large public university–based hospital. Patient(s): Pregnant couples who conceived spontaneously and with ART. Intervention(s): None. Main Outcome Measure(s): ENRICH Marital Inventory and the World Health Organization Brief Quality of Life Instrument. Result(s): For all couples, an increase in satisfaction with the marital relationship was associated with increases in all quality of life domains. For couples who conceived with ART only, a decrease from pregnancy to the postpartum period in congruence about the existence of conflicts in their relationship was associated with a decrease in psychologic quality of life. Conclusion(s): Couples who conceive with ART are usually satisfied with their marital relationship, but they may still disagree in their perceptions of this relationship, which may negatively impact their well-being. These results reinforce the role of couple-based interventions to prevent intracouple disagreement across the transition to parenthood, especially when conception is achieved with ART.

34. Albuquerque, Sara; Fonseca, Ana D.; Pereira, Marco; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2011. "Estudos psicométricos da versão Portuguesa da Escala de Impacto Familiar (EIF)", Laboratório de Psicologia 2, 9: 173 - 187.
Resumo O diagnóstico de deficiência num filho pode implicar mudanças na dinâmica e no funcionamento da família, com exigências adicionais ao nível da prestação de cuidados. De forma a avaliar os efeitos da condição da criança nos pais, enquanto prestadores de cuidados, foi desenvolvida a Escala de Impacto Familiar (EIF) – Impact on Family Scale (Stein & Reissman, 1980). O objectivo do presente estudo é apresentar as características psicométricas da EIF. A versão portuguesa da escala foi administrada a uma amostra de 144 pais e mães, cujo filho recebeu um diagnóstico de deficiência, utentes da Maternidade Doutor Daniel de Matos (Hospitais da Universidade de Coimbra) e de associações que prestam apoio a pais de crianças com deficiência. Para além da EIF, o protocolo de avaliação incluiu o instrumento de avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial de Saúde (WHOQOL-Bref; The WHOQOL Group, 1998), o Índice de Stress Parental (Abidin, 1990) e a sub-escala de Contribuições Positivas do Kansas Inventory of Parental Perceptions (Behr, Murphy, & Summers, 1992). A EIF apresentou boa consistência interna (alfa de Cronbach = .91) e estabilidade temporal (r = .80, p < .001), bem como resultados aceitáveis ao nível da validade de construto (¿2(90) = 185.45, p < .001; CFI = .91; RMSEA = .08) e das validades convergente e discriminante. A EIF apresenta-se como uma escala particularmente útil para avaliar o impacto familiar da deficiência de um filho e as suas características psicométricas validam a sua utilização na população portuguesa. .

35. Fonseca, Ana; Canavarro, Maria C. 2010. "Reacções parentais ao diagnóstico perinatal de anomalia congenita do bebé: Implicações para a intervenção dos profissionais de saúde", Psicologia, Saúde & Doenças 11, 1: 283 - 297.
A notícia de um diagnóstico de anomalia congénita do bebé no período perinatal reveste-se de um impacto emocional significativo para os pais, constituindo um desafio para a actuação dos profissionais de saúde. O objectivo deste trabalho é delinear implicações para a intervenção dos profissionais de saúde, tendo por base uma reflexão sobre a investigação existente acerca das reacções parentais ao diagnóstico de anomalia congénita do bebé.

36. Fonseca, Ana; Pedrosa, Anabela; Canavarro, Maria C. 2010. "Eficácia de um protocolo de intervenção psicológica em situações de perda perinatal: A percepção das utentes", Revista de Enfermagem Referência 2, 1: 55 - 64.
Contexto: O protocolo de intervenção psicológica em situações de perda perinatal da Unidade de Intervenção Psicológica (UnIP) foi desenvolvido com o objectivo de promover a adaptação parental à perda perinatal, em termos da aceitação da perda e da restituição do equilíbrio emocional e das diferentes áreas de vida. Objectivo: Este estudo tem como objectivo explorar a percepção das utentes acerca do referido protocolo (consecução dos objectivos, importância e utilidade). Método: Foi realizado um estudo descritivo-correlacional, com uma amostra constituída por 37 participantes que beneficiaram do protocolo de intervenção psicológica, após a ocorrência de uma perda perinatal. Resultados: Os resultados sugerem que as utentes percepcionam o protocolo como útil e eficaz na consecução dos objectivos referidos; essa percepção é variável em função de algumas das suas características de aplicação. O protocolo de intervenção psicológica parece trabalhar de forma mais eficaz a dimensão de coping focado na perda, do que a dimensão de coping focado na restauração de rotinas. Conclusões: Apesar dos benefícios do protocolo, verifica-se uma lacuna na promoção do processo oscilatório entre as dimensões de coping focadas na perda e na restauração de rotinas. São discutidas implicações dos resultados para a aplicação do protocolo.


Trabalhos completos/resumidos em eventos com arbitragem científica
Papers in conference proceedings with scientific refereeing
1. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2013. "O tempo cura tudo? Adaptação à experiência de interrupção médica da gravidez por anomalia fetal durante o primeiro ano", Trabalho apresentado em VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia , In Livro de atas do VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia , Aveiro.
Objetivo: Avaliar a prevalência de reações clinicamente significativas de luto e de trauma, no primeiro (M1) e no segundo semestre (M2) após uma interrupção médica da gravidez (IMG) por anomalia fetal. Metodologia: Vinte e três casais responderam à Escala de Luto Perinatal e à Escala de Impacto de um Evento – Revista. Resultados: A maioria da amostra mostrou adaptação em ambas as avaliações. A prevalência de luto foi igual no M1 e M2: 21.7% (mulheres) e 0.0% (homens). A prevalência de trauma no M1 foi de 17.4% (mulheres) e 22.7% (homens), descendo para 14.3% (mulheres) e 9.5% (homens) no M2. Em 13.0% (M1) e 14.3% (M2) das mulheres verificaram-se reações clinicamente significativas de luto e de trauma. Em 4.5% (M1) e 4.8% (M2) dos casais, ambos os membros manifestaram reações clinicamente significativas de trauma. Discussão: Após a IMG, a avaliação psicológica é necessária, atendendo à prevalência de reações clinicamente significativas de luto e de trauma, em particular nas mulheres. .

2. Fonseca, A.; Nazaré, B.; Albuquerque, S.; Pereira, M.; Canavarro, M. C. 2013. "Estudos psicométricos da versão portuguesa da Escala de Contribuições Positivas numa amostra de pais de crianças com anomalia congénita", Trabalho apresentado em VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia, In Livro de atas do VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia, Aveiro.
3. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2013. "Ambivalência em relação à utilização de amniocentese: Que efeitos tem no processo de tomada de decisão do casal? ", Trabalho apresentado em VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia , In Livro de atas do VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia , Aveiro.
Objetivo: Avaliar a influência da ambivalência em relação à utilização de amniocentese no processo de tomada de decisão do casal. Metodologia: Cento e vinte e um casais preencheram uma ficha de dados sobre este processo de tomada de decisão (e.g., importância das vantagens e desvantagens da utilização de amniocentese), após a sua conclusão. Resultados: Não houve diferenças de género na ambivalência. Os utilizadores de amniocentese manifestaram menos ambivalência do que os não-utilizadores. Para as mulheres, a ambivalência foi um preditor negativo da confiança e da concordância do casal na decisão tomada; a ambivalência do parceiro foi um preditor negativo da confiança e da concordância do casal na decisão tomada e da avaliação do tempo para decidir como suficiente. Para os homens, a ambivalência da parceira foi um preditor negativo da confiança. Discussão: A ambivalência do casal pode tornar o processo de tomada de decisão mais exigente, pelo que o casal deve ser apoiado nesta etapa.


Artigos em revistas sem arbitragem científica
Papers in periodics without scientific refereeing
1. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Canavarro, Maria C. 2010. "Avaliação e intervenção psicológica na perda gestacional", Peritia, 3: 37 - 46.

Trabalhos completos/resumidos em eventos sem arbitragem científica
Papers in conference proceedings without scientific refereeing
1. Albuquerque, S.; Pereira, Marco; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2014. "Deficiência e parentalidade: A influência das perceções de contribuições positivas dos pais na sobrecarga percebida e qualidade de vida. ", Trabalho apresentado em II Congresso Ibero-Americamo / III Luso-Brasileiro de Psicologia da Saúde, In Atas do II Congresso Ibero-Americamo / III Luso-Brasileiro de Psicologia da Saúde., Faro.
2. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2013. "Stressores diádicos associados ao risco de anomalia fetal: Com que exigências se confrontam os casais durante a gravidez?. ", Trabalho apresentado em II Congresso Ibero-Americamo / III Luso-Brasileiro de Psicologia da Saúde., In Atas do II Congresso Ibero-Americamo / III Luso-Brasileiro de Psicologia da Saúde. , Faro.
3. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2011. "Diagnóstico de anomalia congénita no bebé no período perinatal: O papel da percepção parental acerca do diagnóstico na qualidade de vida", Trabalho apresentado em V Congresso Saúde e Qualidade de Vida, In Saúde e Qualidade de Vida: Uma meta a atingir, Porto.
4. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2011. "Gravidez subsequente a uma interrupção médica: Especificidades de género na relação entre luto perinatal, psicossintomatologia e qualidade de vida", Trabalho apresentado em V Congresso em Saúde e Qualidade de Vida, In Saúde e Qualidade de Vida: Uma meta a atingir, Porto.
5. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. 2011. "Adaptação da escala de representações mentais de prestação de cuidados para a população portuguesa: Um estudo numa amostra de pais de bebés de um mês de idade", Trabalho apresentado em VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e contextos, In Actas do VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos, Lisboa.
6. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2011. "Avaliação da confiança parental: Versão portuguesa da Maternal Confidence Questionnaire", Trabalho apresentado em VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos, In Actas do VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos, Lisboa.
7. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. 2011. "Postpartum Bonding Questionnaire: Estudo da versão portuguesa numa amostra comunitária.", Trabalho apresentado em VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos., In Actas do VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos., Lisboa.

Textos em jornais ou revistas
Texts in newspapers or magazines
1. Fonseca, Ana D.. 15 mar. 2010. "A vivência paterna de uma perda perinatal: Implicações para a Intervenção" Peritia, 1 - 4.



Software sem registo ou patente
Software without patent or official record
1. Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. BeAMom: Um programa online de prevenção da Depressão Pós-Parto,2017.

Apresentação oral de trabalho
Oral work presentation
1. Alves, S.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco. Das representações de vinculação ao ajustamento diádico percebido pelo casal durante a gravidez: Um caminho explicado pela comunicação diádica? ,II Congresso Ibérico de Psicologia Clínica e da Saúde,Lisboa, Portugal,2017 (Comunicação).
2. Moreira, Helena; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C. Assessing hyperactivation and deactivation strategies of the caregiving behavioral system: Psychometric studies of the Portuguese version of the Caregiving System Scale. ,14th European Conference on Psychological Assessment,,Lisboa, Portugal,2017 (Comunicação).
3. Alves, S.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco. Does dyadic coping predict couple’s postpartum quality of life? Exploring longitudinal actor and partner effects. ,31st European Health Psychology Society Conference,Padova, Italia,2017 (Comunicação).
4. Alves, S.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco. Preliminary psychometric testing of the European Portuguese version of the Postpartum Depression Predictors Inventory-Revised (PDPI-R). ,14th European Conference on Psychological Assessment,Lisboa, Portugal,2017 (Comunicação).
5. Alves, S.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco. How to explain couple’s emotional interdependence during the perinatal period? Exploring the indirect effects of dyadic coping.,37th Annual Society for Reproductive and Infant Psychology Conference,York, Reino Unido,2017 (Poster).
6. Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. BeAMom: A storyline from the design to the development of a web-based CBT preventive intervention for Postpartum Depression in Portugal,no 9th Scientific Meeting of the International Society of Research in Internet Interventions,Berlim, Alemanha,2017 (Poster).
7. Pereira, Marco; Alves, S.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Mediating role of dyadic coping on the association between attachment and psychological distress among couples during pregnancy and postpartum: An actor-partner interdependence analysis,47th Annual Congress of the European Association for Behavioral and Cognitive Therapies,Ljubljana, Eslovénia,2017 (Comunicação).
8. Alves, Stephanie; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco. Bidirectional relationships between stress communication and psychological distress in couples during the transition to parenthood,31st European Health Psychology Society Conference,Padova, Italia,2017 (Poster).
9. Alves, S.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco. Does dyadic coping during pregnancy predict postpartum parenting stress differently among primiparous and multiparous parents?,37th Annual Society for Reproductive and Infant Psychology Conference,York, Reino Unido,2017 (Poster).
10. Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C. The buffer effect of a self-to-self compassionate relationship: Exploring the paths between dysfunctional attitudes towards motherhood and postpartum depressive symptoms.,47th Annual Congress of the European Association for Behavioral and Cognitive Therapies,Ljubljana, Eslovénia,2017 (Comunicação).
11. Alves, Stephanie; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C; Pereira, Marco. Attachment and dyadic coping: A comparison between healthy and distressed couples during the transition to parenthood. ,36st Annual Conference of the Society for Reproductive and Infant Psychology,Leeds,2016 (Poster).
12. Alves, S.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C; Pereira, Marco. Que mães/futuras mães utilizam a internet para questões relacionadas com saúde mental?,11º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Lisboa,2016 (Comunicação).
13. Fonseca, Ana D.; Rodrigues, Sofia; Canavarro, M. C. Relação entre atitudes disfuncionais face à maternidade e pensamentos automáticos negativos no pós-parto: O papel moderador da autocompaixão,IX Congresso Internacional y XIV Congresso Nacional de Psicologia Clínica,Santander, Espanha,2016 (Poster).
14. Fonseca, Ana D.; Pereira, Marco; Pedrosa, Anabela; Gorayeb, R.; Canavarro, Maria C. Web-based preventive intervention for postpartum depression: Development and formative evaluation of a CBT intervention,IX Congresso Internacional y XIV Congresso Nacional de Psicologia Clínica,Santander, Espanha,2016 (Poster).
15. Fonseca, Ana D.; Gorayeb, R.; Canavarro, M. C. Determinantes da aceitabilidade da e-mental health para prevenir a Depressão Pós-Parto na população portuguesa.,11º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Lisboa,2016 (Poster).
16. Fonseca, Ana D.; Silva, S; Canavarro, M. C. O que determina a procura de serviços de saúde mental no período perinatal? O papel da vinculação e do estigma,11º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Lisboa,2016 (Comunicação).
17. Pereira, Marco; Alves, Stephanie; Barbosa, R.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C. Similaridade nos estilos de vinculação, coping diádico e qualidade de vida em casais na transição para a parentalidade. ,IX Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia,Faro,2016 (Comunicação).
18. Rodrigues, Sofia; Costa, A. C; Canavarro, M. C; Fonseca, Ana D.. Adaptação da Escala de Pensamentos Automáticos Negativos no Pós-Parto para a população Portuguesa: Estudos Psicométricos. ,III Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses,Porto,2016 (Poster).
19. Alves, S.; Barbosa, R.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C; Pereira, Marco. Efeitos do parceiro na associação entre o ajustamento diádico e emocional de casais durante a gravidez: O papel mediador do ajustamento emocional do parceiro e da comunicação diádica.,IX Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia,Faro,2016 (Comunicação).
20. Alves, Stephanie; Martins, Alexandra; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C; Pereira, Marco. A systematic review of partner-inclusive interventions to prevent or treat women’s postpartum depression,36st Annual Conference of the Society for Reproductive and Infant Psychology,Leeds, United Kingdom,2016 (Poster).
21. Costa, A. C; Rodrigues, Sofia; Canavarro, M. C; Fonseca, Ana D.. Adaptação da Escala de Atitudes face à Maternidade para a população Portuguesa: Estudos Psicométricos. ,III Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses,Porto,2016 (Poster).
22. Fonseca, Ana D.; Silva, S; Canavarro, M. C. Inventário de Atitudes face à Procura de Serviços de Saúde Mental: Estudo das características psicométricas numa amostra de mulheres no período perinatal. ,III Congresso Internacional do CINEICC /III Congresso da APTC,Coimbra,2015 (Poster).
23. Silva, S; Canavarro, M. C; Fonseca, Ana D.. Comportamentos de procura de ajuda em mulheres com sintomatologia clinicamente significativa no período perinatal: Barreiras e facilitadores à procura de ajuda formal. ,III Congresso Internacional do CINEICC /III Congresso da APTC,Coimbra,2015 (Poster).
24. Fonseca, Ana D.. Intervenções Cognitivo-Comportamentais com recurso à ehealth: Que presente, que futuro? ,XXII Encontro Nacional de Estudantes de Psicologia,Peniche,2015 (Comunicação).
25. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C. Avaliação da ligação parental ao bebé após o nascimento,III Congresso Internacional do CINEICC /III Congresso da APTC,Coimbra,2015 (Comunicação).
26. Fonseca, Ana D.; Alves, S.; Gorayeb, R.; Canavarro, M. C. O uso da e-mental health para prevenir a depressão pós-parto: Aceitabilidade e preferências das mulheres portuguesas no período perinatal. ,II Congresso Internacional do CINEICC /III Congresso da APTC,Coimbra,2015 (Comunicação).
27. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Quão prejudicial é a falta de informação? As atribuições internas acerca da anomalia fetal como obstáculo ao processo de luto após uma interrupção médica da gravidez. ,1st International Congress of Mental Health Literacy,2014 (Comunicação).
28. Fonseca, Ana D.; Gorayeb, R.; Canavarro, Maria C. May the Portuguese context be a suitable context for the implementation of web-based psychological interventions for Postpartum Depression?: Preliminary results.,7º Congresso da International Society for Research in Internet Interventions,Valência, Espanha,2014 (Poster).
29. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Quanto mais, melhor? O papel da informação na qualidade de vida dos pais de bebés com anomalia congénita. ,1st International Congress of Mental Health Literacy,2014 (Comunicação).
30. Fonseca, Ana D.; Alves, S.; Canavarro, Maria C. O papel da literacia sobre a depressão pós-parto na sua deteção e tratamento: uma reflexão crítica sobre a situação atual e implicações para os profissionais de saúde. ,1st International Congress of Mental Health Literacy,Coimbra,2014 (Comunicação).
31. Pereira, M.; Albuquerque, S.; Fonseca, Ana D.; Narciso, I.; Canavarro, Maria C. Resilience as a mediator between perceived burden and quality of life among parents of children with a disability.,27th Conference of the European Health Psychology Society,Bordéus,2013 (Poster).
32. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Casais congruentes e incongruentes nas reações de luto após IMG: Que diferenças? ,II Congresso “O Luto em Portugal”,Lisboa,2013 (Comunicação).
33. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. O tempo cura tudo? Adaptação à experiência de interrupção médica da gravidez por anomalia fetal durante o primeiro ano. ,VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia,Aveiro,2013 (Comunicação).
34. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Stressores diádicos relacionados com o risco de anomalia fetal: Com que exigências se confrontam os casais durante a gravidez? ,II Congresso Ibero-Americano de Psicologia da Saúde,Faro,2013 (Poster).
35. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Stressores diádicos relacionados com a presença de anomalia fetal: Que desafios representam para os casais? ,II Congresso Ibero-Americano de Psicologia da Saúde,Faro,2013 (Poster).
36. Fonseca, Ana D.. A comunicação em contextos de saúde: A importância da comunicação centrada no paciente. ,Jornadas Transdisciplinares 2013 do Núcleo de Estudantes de Psicologia, Ciências da Educação e de Serviço Social da Associação Académica de Coimbra,Coimbra,2013 (Comunicação).
37. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Luto incongruente após interrupção médica da gravidez por anomalia fetal: Quão duradouro? ,II Congresso “O Luto em Portugal”,Lisboa,2013 (Comunicação).
38. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, M. C. Trajetória resiliente dos pais após um diagnóstico pré- ou pós-natal de anomalia congénita: O papel da vinculação enquanto recurso interno. ,VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia,Aveiro,2013 (Comunicação).
39. Albuquerque, Sara; Pereira, M.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Deficiência e parentalidade: A influência das perceções de contribuições positivas dos pais na sobrecarga percebida e qualidade de vida. ,II Congresso Ibero-Americano de Psicologia da Saúde e III Congresso Luso-Brasileiro de Psicologia da Saúde,Faro,2013 (Comunicação).
40. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Ambivalência em relação à utilização de amniocentese: Que efeitos tem no processo de tomada de decisão do casal?,VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia,Aveiro,2013 (Comunicação).
41. Albuquerque, S.; Pereira, M.; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Resilience, parenting stress and burden of parents of children with a diagnosis of a congenital anomaly. ,34th STAR Conference,Faro,2013 (Comunicação).
42. Albuquerque, Sara; Pereira, Marco; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Quality of life and psychopathological symptoms in parents of children diagnosed with congenital anomaly: The importance of resilience characteristics. ,1st reSEARCH Coimbra in Health Sciences,Coimbra,2013 (Poster).
43. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Estudos psicométricos da versão portuguesa da Escala de Contribuições Positivas numa amostra de pais de crianças com anomalia congénita. ,VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia,Aveiro,2013 (Poster).
44. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Determinantes das reacções emocionais à notícia do diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Que papel para as variáveis clínicas e para as percepções acerca do diagnóstico? ,9º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Aveiro,2012 (Comunicação).
45. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Interrupção médica da gravidez por anomalia fetal: O que é normativo na experiência dos casais? ,9º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Aveiro,2012 (Comunicação).
46. Pereira, Marco; Albuquerque, Sara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Family impact and quality of life of parents of children with a diagnosis of congenital anomaly: The mediating role of parenting stress.,19th Annual Conference of the International Society for Quality of Life Research,Budapeste, Hungria,2012 (Poster).
47. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Pode a experiência de parentalidade atenuar o impacto traumático da interrupção médica de gravidez e o processo de luto subsequente? ,1º Congresso Internacional de Parentalidade,Porto,2012 (Comunicação).
48. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Um estudo longitudinal sobre a adaptação parental ao diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Continuidade ou mudança? ,9º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Aveiro,2012 (Comunicação).
49. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Incongruência intracasal na experiência de uma gravidez após uma interrupção médica por anomalia fetal. ,9º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Aveiro,2012 (Comunicação).
50. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Reflexões acerca da comunicação de uma perda em contextos de saúde: O exemplo da comunicação de um diagnóstico de anomalia congénita no bebé,Congresso "O Luto em Portugal",Aveiro,2012 (Comunicação).
51. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Sintomatologia clinicamente significativa após uma interrupção médica: Quem manifesta reacções intensas de trauma e de luto?,9º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde,Aveiro,2012 (Comunicação).
52. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Especificidades do processo de luto na interrupção médica da gravidez devida a anomalia fetal: Implicações para a intervenção psicológica,Congresso "O Luto em Portugal",Aveiro,2012 (Poster).
53. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Baby’s diagnosis of congenital anomaly during the perinatal period: Determinants of parental adjustment,25th European Health Psychology Conference,Hersonissos,2011 (Poster).
54. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Participação masculina na tomada de decisão acerca da amniocentese: A não presença dos homens nas consultas de diagnóstico pré-natal é um fator condicionante? ,Reunião da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal “Centenário da Maternidade Dr. Daniel de Matos”,Coimbra,2011 (Poster).
55. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Tipo e intensidade das preocupações sentidas durante a gravidez: Um estudo com uma amostra de casais com indicação para realizar diagnóstico pré-natal. ,Reunião da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal “Centenário da Maternidade Dr. Daniel de Matos”,Coimbra,2011 (Poster).
56. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. The role of causal attributions on parental adjustment to the pre- or postnatal diagnosis of congenital abnormality in the baby,31st Annual Conference of the Society for Infant and Reproductive Psychology,Nottingham,2011 (Comunicação).
57. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Gravidez subsequente a uma interrupção médica: Especificidades de género na relação entre luto pelo bebé, qualidade de vida e psicossintomatologia,V Congresso Saúde e Qualidade de Vida,Porto,2011 (Comunicação).
58. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. When couples experience a termination of pregnancy for fetal anomaly: Similarities and differences according to gender,31st Annual Conference of the Society for Infant and Reproductive Psychology,Nottingham,2011 (Comunicação).
59. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Adaptação da Escala de Representação Mental de Prestação de Cuidados para a população portuguesa,VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos,Lisboa,2011 (Comunicação).
60. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Diagnosis disclosure of a baby’s congenital anomaly: Parental satisfaction and its role on subsequent adjustment,25th European Health Psychology Conference,Hersonissos,2011 (Comunicação).
61. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Emotional adjustment during the parenthood transition after a prenatal diagnosis of congenital abnormality: An exploratory study,31st Annual Conference of the Society for Infant and Reproductive Psychology,Nottingham,2011 (Poster).
62. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Postpartum Bonding Questionnaire: Estudo da versão portuguesa numa amostra comunitária,VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos,Lisboa,2011 (Comunicação).
63. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Grief following termination of pregnancy for fetal anomaly: Who is at risk for maladaptive reactions?,25th European Health Psychology Conference,Hersonissos,2011 (Poster).
64. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Poderão as reacções emocionais dos pais à notícia do diagnóstico de anomalia congénita no bebé ajudar os profissionais de saúde a sinalizar dificuldades emocionais futuras?,Reunião da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal “Centenário da Maternidade Dr. Daniel de Matos”,Coimbra,2011 (Poster).
65. Canavarro, Maria C; Fonseca, Ana D.. Novos desafios e limites para a Psicologia da Saúde,Forum Boas Práticas na Saúde Mental,Curia,2011 (Comunicação).
66. Albuquerque, Sara; Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Pereira, Marco; Canavarro, Maria C. Adaptação da Escala de Impacto Familiar (Impact on Family Scale) para a população portuguesa: Características psicométricas,VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos,Lisboa,2011 (Poster).
67. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Diagnóstico de anomalia congénita do bebé no período perinatal: O papel da percepção parental acerca do diagnóstico na qualidade de vida,V Congresso Saúde e Qualidade de Vida,Porto,2011 (Comunicação).
68. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Avaliação da confiança parental: Versão portuguesa do Maternal Confidence Questionnaire,VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos,Lisboa,2011 (Comunicação).
69. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Canavarro, Maria C. Informação em saúde: O papel da informação na adaptação parental a um diagnóstico pré- ou pós-natal de anomalia congénita no bebé,Reunião da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal “Centenário da Maternidade Dr. Daniel de Matos”,Coimbra,2011 (Poster).
70. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Beyond medical risk: Individual perceptions as predictors of amniocentesis uptake in couples sharing the decision,25th European Health Psychology Conference,Hersonissos,2011 (Poster).
71. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Is the amniocentesis decision different when couples perceive it to be shared with the geneticist?,25th European Health Psychology Conference,Hersonissos,2011 (Poster).
72. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Does history of termination of pregnancy for fetal anomaly influence couple’s adaptation to a subsequent pregnancy? ,31st Annual Conference of the Society for Infant and Reproductive Psychology,Nottingham,2011 (Poster).
73. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Pedrosa, Anabela A; Canavarro, M. C. Intervenção em situações de perda: Orientações para a intervenção em situações de perda perinatal e diagnóstico de anomalia congénita do bebé,III Jornadas de Obstetrícia "Por uma vida melhor...",Famalicão,2010 (Comunicação).
74. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Pedrosa, Anabela A; Canavarro, Maria C. Especificidades da perda perinatal: Implicações para os agentes de intervenção. ,I Jornadas Peritia: Psicologia e Perda Gestacional,Oliveira do Bairro,2010 (Poster).
75. Silva, Sónia; Fonseca, Ana D.; Moreira, Helena; Canavarro, Maria C; Pinto, Sílvia. Adversidade e experiência de desenvolvimento: Estudos psicométricos do Inventário de Desenvolvimento Pós-traumático em mulheres com cancro da mama. ,VII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia,Braga,2010 (Comunicação).
76. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Canavarro, Maria C. Avaliação/Intervenção Psicológica na perda gestacional,I Jornadas Peritia: Psicologia e Perda Gestacional,Oliveira do Bairro,2010 (Comunicação).
77. Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Canavarro, Maria C. Um contributo para a validação de um protocolo de intervenção psicológica em situações de perda perinatal: Resultados de um estudo exploratório,8º Congresso Nacional da Psicologia da Saúde: Saúde, Sexualidade e Género,Lisboa,2010 (Poster).
78. Pedrosa, Anabela A; Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C; Pereira, Marco; Pires, Raquel. Gravidez e maternidade na adolescência: Percursos (d)e adaptação de jovens da Região Autónoma dos Açores. ,8º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde: Saúde, Sexualidade e Género,Lisboa,2010 (Comunicação).
79. Pedrosa, Anabela A; Pires, Raquel; Fonseca, Ana D.; Carvalho, Paula S; Canavarro, Maria C; Nazaré, Bárbara. Qualidade de vida num grupo de grávidas e mães adolescentes: Um estudo com uma amostra da Região Autónoma dos Açores,I Congresso de Saúde e Comportamento dos Países de Língua Portuguesa,Braga,2009 (Comunicação).
80. Carvalho, Paula S; Pedrosa, Anabela A; Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Factores relacionais e gravidez na adolescência: Um estudo na Região Autónoma dos Açores,I Congresso Luso-Brasileiro de Psicologia da Saúde: Experiências e Intervenções,Faro,2009 (Comunicação).
81. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Canavarro, Maria C. Promoting adaptation to pregnancy among teenagers: The role of cognitive-behavioral strategies. ,39th European Association for Behavioural and Cognitive Therapies Annual Congress,Dubrovnik,2009 (Comunicação).
82. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Pedrosa, Anabela A; Pires, Raquel; Canavarro, Maria C. Adaptação à gravidez e à maternidade adolescente: Um estudo com uma amostra da Região Autónoma dos Açores,I Conferência Internacional de Psicologia e Educação: Práticas, Formação e Investigação,Covilhã,2009 (Comunicação).
83. Carvalho, Paula S; Pedrosa, Anabela A; Pires, Raquel; Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Adaptações psicológicas à gravidez na adolescência: contextos de influência. ,I Conferência Internacional de Psicologia e Educação: Práticas, Formação e Investigação, Covilhã,Covilhã,2009 (Comunicação).
84. Pereira, M.; Fonseca, A.; Canavarro, M. C; Narciso, I.. Couples’ relationship and perinatal loss: Initial steps to developing a psychological intervention protocol,39th Annual Congress of the European Association for Behavioural and Cognitive Therapies,Dubrovnik,2009 (Poster).
85. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Pedrosa, Anabela A; Silva, Sónia; Canavarro, Maria C. Adaptação a uma perda perinatal: Impacto na qualidade de vida,I Congresso de Saúde e Comportamento dos Países de Língua Portuguesa,Braga,2009 (Comunicação).
86. Fonseca, Ana D.; Nazaré, Bárbara; Pedrosa, Anabela A. Teenage motherhood in Azores Islands: improving mothers’ adjustment through the development of psychological intervention guidelines,39th European Association for Behavioural and Cognitive Therapies Annual Congress,Dubrovnik,2009 (Comunicação).
87. Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Silva, Sónia; Gameiro, Sofia; Canavarro, Maria C. Impacto de uma perda perinatal no ajustamento e no crescimento pós-traumático materno: Um estudo exploratório,I Conferência Internacional de Psicologia e Educação: Práticas, Formação e Investigação,Covilhã,2009 (Poster).
88. Nazaré, Ana B. V; Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela F. A; Canavarro, Maria C. C. S. P. Mães adolescentes e seus bebés: Desafios e implicações para o crescer,II Jornadas de Enfermagem de Obstetrícia – Por uma vida melhor,Vila Nova de Famalicão,2009 (Comunicação).
89. Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Pires, Raquel; Canavarro, Maria C. A vivência da sexualidade adolescente: Um estudo com jovens açorianas com e sem história de gravidez,Faro,2009 (Comunicação).
90. Fonseca, Ana D.; Pedrosa, Anabela A; Nazaré, Bárbara; Pereira, Ana I. Gravidez na adolescência: Enquadramento de um acontecimento não normativo nos contextos individual, relacional e familiar,Congresso Internacional “Cidades, Saúde e Segurança”,Coimbra,2008 (Poster).

Curso de curta duração lecionado
Taught short course
1. Fonseca, Ana D.. Perturbação de Ansiedade Generalizada, 2017 (Especialização), promovido por Instituto CRIAP.
Duração: 7 horas. Local: Instituto CRIAP, Cidade: Porto | Lisboa, Tipo de participação: Docente.
2. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Do recurso ao método, 2017 (Outra), promovido por Linha de investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde (FPCE-UC).
Duração: 2 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (2h00m) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
3. Fonseca, Ana D.. Perturbação de Ansiedade Generalizada, 2016 (Especialização), promovido por Instituto CRIAP.
Duração: 7 horas. Local: Instituto CRIAP, Cidade: Porto | Lisboa , Tipo de participação: Docente.
4. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Do recurso ao método, 2016 (Outra), promovido por Linha de investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde (FPCE-UC).
Duração: 2 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (2h30m) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
5. Fonseca, Ana D.. Perturbação de Ansiedade Generalizada, 2015 (Especialização), promovido por Instituto CRIAP.
Duração: 7 horas. Local: Instituto CRIAP, Cidade: Porto | Lisboa, Tipo de participação: Docente.
6. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Do recurso ao método, 2015 (Outra), promovido por Linha de investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde (FPCE-UC).
Duração: 2 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (2h30m) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
7. Fonseca, Ana D.. Perturbação de Ansiedade Generalizada, 2014 (Especialização), promovido por Instituto CRIAP.
Duração: 8 horas. Local: Lisboa, Cidade: Lisboa, Tipo de participação: Docente.
8. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Dos recursos ao método, 2014 (Outra), promovido por Linha de investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde (FPCE-UC).
Duração: 2 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (2h00m) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
9. Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Intervenção cognitivo-comportamental em situações traumáticas, 2014 (Especialização), promovido por Associação Central de Psicologia.
Duração: 7 horas. Local: Lisboa, Cidade: Lisboa, Tipo de participação: Docente.
10. Fonseca, Ana D.. Ansiedade de Separação em Crianças e Adolescentes, 2014 (Extensão), promovido por Associação Central de Psicologia.
Duração: 3 horas. Local: Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
11. Fonseca, Ana D.. Comunicar em saúde: Vantagens, desafios e estratégias, 2013 (Especialização), promovido por Centro de Prestação de Serviços à Comunidade da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
Duração: 3 horas. Local: FPCE-UC, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
12. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Do recurso ao método, 2013 (Outra), promovido por Linha de investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde (FPCE-UC).
Duração: 2 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (2h30m) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
13. Fonseca, Ana D.; Canavarro, Maria C. Intervenção cognitivo-comportamental em Perturbações Traumáticas, 2013 (Especialização), promovido por Associação Central de Psicologia.
Duração: 7 horas. Local: Hotel Tryp Oriente, Cidade: Lisboa, Tipo de participação: Docente.
14. Fonseca, Ana D.. Intervenção em Situações Traumáticas, 2013 (Especialização), promovido por RUP - Revista Universitária de Psicologia.
Duração: 2 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Workshop.
15. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Do recurso ao método, 2012 (Outra), promovido por Linha de Investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde.
Duração: 3 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (3 horas) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
16. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Do recurso ao método, 2011 (Outra), promovido por Linha de investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde.
Duração: 2 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (2,5 horas) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
17. Fonseca, Ana D.. Contributos do modelo cognitivo-comportamental para a mudança do comportamento rodoviário, 2010 (Especialização), promovido por Instituto Psicologia Cognitiva da Universidade de Coimbra e Instituto de Investigação e Formação Rodoviária.
Duração: 4 horas. Local: Porto, Coimbra, Cidade: Porto, Coimbra, Tipo de participação: Docente.
18. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Dos recursos ao método, 2010 (Outra), promovido por Linha de Investigação Relações, Desenvolvimento e Saúde (Prof. Doutora Cristina Canavarro).
Duração: 3 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimbra, Tipo de participação: Docente.
Seminário de investigação (3 horas) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
19. Fonseca, Ana D.. Luto: morte por acidente de viação, 2010 (Especialização), promovido por Instituto de Psicologia Cognitiva e Instituto de Investigação e Formação Rodoviária.
Duração: 4 horas. Local: Porto, Coimbra, Cidade: Porto, Coimbra, Tipo de participação: Docente.
20. Fonseca, Ana D.. Pesquisa bibliográfica: Dos recursos ao método, 2009 (Outra), promovido por Linha de Investigação Relações, Desenvolvimento & Saúde (Prof. Doutora Cristina Canavarro).
Duração: 3 horas. Local: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Cidade: Coimba, Tipo de participação: Docente.
Seminário de Investigação (3 horas) para os alunos do 2º ano do 2º ciclo do Mestrado Integrado em Psicologia, Especialização em Psicologia Clínica e Saúde, Sub-Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.

Desenvolvimento de material didáctico ou pedagógico
Didactic and pedagogic material development
1. Fonseca, Ana D.; Canavarro, M. C. Pesquisa bibliográfica: Dos recursos ao método,2009. 

Organização de evento
Event organization
1. Fonseca, Ana D.. III Congresso Internacional do CINEICC,2015 (Congresso / Outra).
2. Canavarro, Maria C; Nazaré, Bárbara; Fonseca, Ana D.. Comunicar em saúde: Das dificuldades à otimização da comunicação entre profissionais de saúde e doentes/utentes,2013 (Oficina / Organização).
3. Fonseca, Ana D.. Jornadas de Iniciação à Investigação em Psicologia,2010 (Congresso / Organização).





Dados Complementares (Additional data)


Orientações
Orientations


Tese de Doutoramento
Phd Thesis
Em curso
Ongoing
1. Fabiana Monteiro, Promoting maternal mental health: Applicability and effectiveness of an ehealth intervention for Portuguese postpartum women , 2017. Bolseiro(a) de Fundação para a Ciência e a Tecnologia (Co-orientador).
Em co-orientação com a Prof. Maria Cristina Canavarro e o Doutor Marco Pereira, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
2. Stephanie Alves, A web-based cognitive-behavioral intervention to prevent postpartum depression: A dyadic and multidimensional approach , 2015. Tese (Doutoramento em Psicologia Clínica) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra, Bolseiro(a) de Fundação para a Ciência e a Tecnologia (Co-orientador).
Em co-orientação com a Prof. Doutora Maria Cristina Canavarro e com o Doutor Marco Pereira, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. .


Dissertação de Mestrado
Master degree dissertation
Concluídas
Completed
1. Rita Marques, Dificuldades de regulação emocional: O seu papel na explicação da relação entre representações de vinculação e sintomatologia depressiva e ansiosa no período pós-parto [Emotion regulation difficulties: its role on the relationship between attachment representations and anxious and depressive symptoms in the postpartum period] , 2017. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra (Co-orientador).
Em co-orientação com a Prof. Maria Cristina Canavarro, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
2. Liliana Pedro, Relação entre autocriticismo, pensamentos automáticos negativos e sintomatologia depressiva no período pós-parto: O papel moderador da autocompaixão [Relationship between self-criticism, negative thoughts and depressive symptoms in the postpartum period: The moderating role of self-compassion], 2017. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra (Co-orientador).
Em co-orientação com a Prof. Maria Cristina Canavarro, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
3. Alda Maria Ferreira Amado, Sintomatologia Psiquiátrica dos Cuidadores Informais do Doente Dependente [Psychiatric Symptoms of informal caregivers of the depedent patient], 2017. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria Social e Cultural) - Faculdade de Medicina - Universidade de Coimbra (Co-orientador).
Em co-orientação com o Prof. Manuel Quartilho. Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
4. Sofia da Piedade Rodrigues, O papel da componente cognitiva da sintomatologia depressiva: Relação com a adaptação ao papel parental [The role of cognitive variables in postpartum depressive symptoms: Its relationship with adaptation to the maternal role], 2016. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra (Co-orientador).
Em co-orientação com a Prof. Maria Cristina Canavarro, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
5. Ana Catarina Oliveira Costa, Adaptação da Escala de Atitudes Disfuncionais face à Maternidade para a população Portuguesa: O papel das atitudes disfuncionais na relação entre factores de risco e sintomatologia depressiva no pós-parto [Adaptation of the Dysfunctional beliefs towards motherhood scale to the Portuguese population: The role of dysfunctional beliefs in the relationship between risk factors and PPD], 2016. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra (Co-orientador).
Em co-orientação com a Prof. Maria Cristina Canavarro, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
6. Sheila Denilsa Fernandes Silva, Intenções e comportamentos efetivos de procura de ajuda das mulheres para lidar com dificuldades emocionais: Barreiras e facilitadores no período perinatal [Help-seeking intentions to address emotional problems in the perinatal period: Barriers and facilitators], 2015. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra (Co-orientador).
Em co-orientação com a Prof. Maria Cristina Canavarro, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.


Participação no júri de Graus Académicos
Academic Degrees jury participation


Mestrado
Master degree
1. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Carla Pacheco Rocha. Vinculação, estilos parentais, resiliência e consciência emocional: Um estudo com crianças e adolescentes, 2017.  Dissertação (Psicologia) - Universidade Portucalense Infante Dom Henrique.
Participação como arguente principal.
2. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Patrícia Daniela Pinto Nogueira. A vivência da parentalidade em famílias nucleares e monoparentais beneficiárias de Rendimento Social de Inserção (RSI), 2017.  Dissertação (Psicologia) - Universidade Portucalense Infante Dom Henrique.
Participação como arguente principal.
3. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Liliana Maria Rodrigues Pedro. Relação entre autocriticismo, pensamentos automáticos negativos e sintomatologia depressiva no período pós-parto: O papel moderador da autocompaixão, 2017.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como orientador.
4. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Rita Alexandra Santos Marques. Dificuldades de regulação emocional: O seu papel na explicação da relação entre representações de vinculação e sintomatologia depressiva e ansiosa no período pós-parto, 2017.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como orientador.
5. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Alda Maria Amado. Sintomatologia psicopatológica, desgaste e qualidade de vida dos cuidadores informais do doente dependente: O papel das estruturas de apoio formal., 2017.  Dissertação (Mestrado em Psiquiatria Social e Cultural) - Faculdade de Medicina - Universidade de Coimbra.
Participação como orientador.
6. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Adriana Sofia Mendes Baptista. Os desejos e intenções para a parentalidade dos jovens adultos e adultos portugueses em idade reprodutiva: O papel dos fatores individuais relacionais e contextuais, 2017.  Dissertação (A practical Workshop on mediation and moderated mediation using bootstrappe) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como arguente principal.
7. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Sofia da Piedade Rodrigues. O papel da componente cognitiva da sintomatologia depressiva: Relação com a adaptação ao papel parental. , 2016.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia (Clínica e Saúde)) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como orientador. .
8. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Cátia Sofia Monteiro Costa. A relação entre as orientações de vinculação e a parentalidade mindful em mães de crianças e adolescentes: O papel mediador das dificuldades de regulação emocional e do stress percebido, 2016.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia (Clínica e Saúde)) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como arguente principal. .
9. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Catarina Caldeira Chaves. The mediator effect of dyadic coping by self and by partner on dyadic and emotional adjustment of infertile couples, 2016.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia (Clínica e Saúde)) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como arguente principal. .
10. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Ana Catarina Oliveira Costa. Adaptação da Escala de Atitudes Disfuncionais face à Maternidade para a população Portuguesa: O papel das atitudes disfuncionais na relação entre factores de risco e sintomatologia depressiva no pós-parto. , 2016.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia (Clínica e Saúde)) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como orientador.
11. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Diana Martinho de Moura. Oxytocin and depression in the perinatal period: A systematic review, 2015.  Dissertação (Mestrado Integrado em Medicina) - Universidade do Porto.
Participação como arguente principal.
12. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Mariana Ribeiro de Matos Mendes. What prones adolescents to act assertively: The social information processing in assertiveness, 2015.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como arguente principal. .
13. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Sheila Denilsa Fernandes Silva. Intenções e comportamentos efetivos de procura de ajuda das mulheres para lidar com dificuldades emocionais: Barreiras e facilitadores no período perinatal, 2015.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como orientador. .
14. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Catarina Rosa Medeiros. A parentalidade na perspetiva do mindfulness: Estudo do papel mediador da vinculação aos pais na relação entre a parentalidade mindful e a qualidade de vida de crianças e adolescentes, 2015.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como arguente principal. .
15. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Carla Sofia Carvalho dos Santos. Qualidade de vida e qualidade relacional: O contributo dos rituais familiares e da identificação familiar, 2014.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia (Clínica e Saúde)) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como arguente principal. .
16. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Joana Filipa Silveira Serpa. Stress e adaptação no processo de luto materno: Um estudo Exploratório, 2014.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.
17. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Sara Carina Antunes da Cruz Gusmão Rodrigues. Ajustamento diádico e individual em casais num contexto de perturbação psiquiátrica masculina: O papel da resiliência como recurso à adversidade, 2014.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia (Clínica e Saúde)) - Faculdade Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra.
Participação como arguente principal. .
18. Fonseca, Ana Dias da. Participação no júri de Inês Pereira Cardoso da Costa e Silva. Manutenção do vínculo e adaptação individual de pais em luto: Contributos para a validação da versão portuguesa da continuing bonds scale-16, 2014.  Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia Clínica e Saúde) - Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.


Participação em eventos
Event participation
Outro tipo de participação
Other kind of participation
1. 47th Annual Congress of the European Association for Behavioral and Cognitive Therapies, 2017 (Congresso).
2. IX Congresso Internacional y XIV Congresso Nacional de Psicologia Clínica, 2016 (Congresso).
3. 11º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde, 2016 (Congresso).
Nome do evento: 11º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde; Nome da Instituição: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde.
4. Innovation and Improving access to Clinical/Health Psychology: E-health, health literacy and cost-effectiveness, 2015 (Conferência).
Nome do evento: Innovation and Improving access to Clinical/Health Psychology: E-health, health literacy and cost-effectiveness; Nome da Instituição: Ordem dos Psicólogos Portugueses.
5. III Congresso Internacional do CINEICC/III Congresso da APTC , 2015 (Congresso).
Nome do evento: III Congresso Internacional do CINEICC/III Congresso da APTC ; Nome da Instituição: CINEICC.
6. I Congresso Internacional de Obesidade e Binge Eating (ICOBE), 2015 (Congresso).
Nome do evento: I Confresso Internacional de Obesidade e Binge Eating (ICOBE); Nome da Instituição: CINEICC.
7. 7º Congresso da International Society for Research in Internet Interventions, 2014 (Congresso).
Nome do evento: 7º Congresso da International Society for Research in Internet Interventions; Cidade do evento: Valência, Espanha / Valência, Espanha.
8. A versão 2013 da Declaração de Helsínquia, 2014 (Encontro).
Nome do evento: A versão 2013 da Declaração de Helsínquia; Nome da Instituição: Associação para a Segurança dos Doentes; Cidade do evento: Porto / Universidade Fernando Pessoa.
9. 1st International Congress of Mental Health Literacy, 2014 (Congresso).
Nome do evento: 1st International Congress of Mental Health Literacy; Nome da Instituição: Escola de Enfermagem de Coimbra; Cidade do evento: Coimbra / Coimbra.
10. VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia, 2013 (Congresso).
Nome do evento: VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia.
11. O Luto em Portugal, 2012 (Congresso).
Nome do evento: Congresso "O Luto em Portugal"; Nome da Instituição: SPEIL - Sociedade Portuguesa de Estudo e Intervenção no Luto; Cidade do evento: Aveiro / Universidade de Aveiro.
12. 9º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde, 2012 (Congresso).
Nome do evento: 9º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde; Nome da Instituição: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde; Cidade do evento: Aveiro / Universidade de Aveiro.
13. II Reunião Científica da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal, 2011 (Encontro).
Nome do evento: II Reunião Científica da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal; Nome da Instituição: Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal; Cidade do evento: Coimbra.
14. 25th European Conference of Health Psychology, 2011 (Congresso).
Nome do evento: 25th European Conference of Health Psychology; Nome da Instituição: European Health Psychology Society.
15. 31st Annual Conference of the Society for Infant and Reproductive Psychology, 2011 (Conferência).
Nome do evento: 31st Annual Conference of the Society for Infant and Reproductive Psychology; Nome da Instituição: Society for Infant and Reproductive Psychology; Cidade do evento: Nottingham / University of Nottingham.
16. VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos (Lisboa), 2011 (Congresso).
Nome do evento: VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação Psicológica/XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos (Lisboa); Cidade do evento: Lisboa / Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa.
17. Family routines and rituals – Everyday opportunities to build health and wellbeing?, 2011 (Conferência).
Nome do evento: Family routines and rituals – Everyday opportunities to build health and wellbeing?; Nome da Instituição: Programa Inter-Universitário de Doutoramento em Psicologia Clínica (Universidades de Coimbra e Lisboa; Cidade do evento: Coimbra / Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
18. V Congresso Saúde e Qualidade de Vida, 2011 (Congresso).
Nome do evento: V Congresso Saúde e Qualidade de Vida; Nome da Instituição: Escola Superior de Enfermagem do Porto; Cidade do evento: Porto / Escola Superior de Enfermagem do Porto.
19. I Jornadas Peritia: “Psicologia e Perda Gestacional” , 2010 (Congresso).
Nome do evento: I Jornadas Peritia: “Psicologia e Perda Gestacional” ; Cidade do evento: Oliveira do Bairro / Oliveira do Bairro.
20. 8º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde: Saúde, Sexualidade e Género, 2010 (Congresso).
Cidade do evento: Lisboa / Lisboa.
21. I Conferência Internacional de Psicologia e Educação: Práticas, Formação e Investigação , 2009 (Congresso).
Nome do evento: I Conferência Internacional de Psicologia e Educação: Práticas, Formação e Investigação ; Nome da Instituição: Universidade da Beira Interior; Cidade do evento: Covilhã / Covilhã.
22. 1º Congresso de Saúde e Comportamento dos Países de Língua Portuguesa, 2009 (Congresso).
Nome do evento: 1º Congresso de Saúde e Comportamento dos Países de Língua Portuguesa; Cidade do evento: Braga / Braga.
23. 39th European Association for Behavioural and Cognitive Therapies Annual Congress, 2009 (Congresso).
Nome do evento: 39th European Association for Behavioural and Cognitive Therapies Annual Congress; Nome da Instituição: European Association for Behavioural and Cognitive Therapies; Cidade do evento: Dubrovnik, Croatia / Dubrovnik, Croatia.
24. New Developments in the Assessment of Quality of Life in Children with Chronic Conditions, 2009 (Conferência).
Cidade do evento: Coimbra.
Conferência ministrada pela Prof. Monika Bullinger.
25. Jornadas Internacionais “Avanços nas Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais – As Terapias de 3ª Geração” , 2008 (Congresso).
Nome do evento: Jornadas Internacionais “Avanços nas Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais – As Terapias de 3ª Geração” ; Cidade do evento: Coimbra / Coimbra.
26. In the heat of the moment: The effects of mood and sexual excitation/inhibition on sexual interest, arousal, and risk taking, 2008 (Conferência).
Nome do evento: In the heat of the moment: The effects of mood and sexual excitation/inhibition on sexual interest, arousal, and risk taking; Cidade do evento: Coimbra / Coimbra.








Indicadores de produção (Production indicators)

Total
Produção científica
Scientific production
52

Livros e capítulos
Books and book chapters
4
Capítulos de livros publicados
Published book chapters
4
Artigos científicos em revistas
Papers in periodics
37
Com arbitragem científica
With scientific refereeing
36
Sem arbitragem científica
Without scientific refereeing
1
Trabalhos em eventos
Papers in conference proceedings
10
Com arbitragem científica
With scientific refereeing
3
Sem arbitragem científica
Without scientific refereeing
7
Textos em jornais ou revistas
Texts in journals or magazines
1
Revistas
Magazines
1

Total
Produção técnica
Technical production
115

Software 1
Software sem registo ou patente
Software without patent or official record
1
Outros tipos de produção técnica
Other technical production
114

Total
Dados complementares
(Additional data)
52

Orientações
Orientations
8
Participação no Júri de Graus Académicos
Academic Degrees jury participation
18
Participação em Eventos
Event participation
26


Visualizações do curriculum [ 7202 ]
 
Página gerada pela Plataforma de Curricula DeGóis promovida pela FCT e pelo Gávea/DSI/UM em 19-11-2019 às 17:45:41
Plataforma de Curricula DeGóis: http://www.degois.pt | Icons by Axialis Team
Co-Autores Relacionados no DeGóis (12)
 Co-authors listed in Degóis