Curriculum Vitae

Miguel César Domingos Bembe

Data da última atualização »Last update : 17/09/2018


Miguel César Domingos Bembe "O Pivôt", é Doutor (Ph.D.) em Ciências Sociais, na especialidade de Ciência Política e Mestre (M.Sc.) em Estratégia, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade de Lisboa (UL), em Portugal. É Ministro-Conselheiro do Quadro de Pessoal da Carreira Diplomática do Ministério das Relações Exteriores (MIREX-Angola), em tempo integral, exercendo as funções de Director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística. É também Professor Titular Convidado da Academia de Ciências Sociais e Tecnologia (ACITE), sendo Regente da disciplina de Geopolítica e Geoestratégia e Professor Auxiliar do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), em tempo parcial, em Luanda-Angola, sendo Regente de Análise Política I e II (Perspectivas Interna e Externa).


Endereço de acesso a este CV:

http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=1149364409173358


Dados pessoais (Personal data)
Nome completo
Full name
Miguel César Domingos Bembe
Nome em citações bibliográficas
Quoting name
BEMBE, Miguel Domingos
Categoria profissional
Position
Professor Auxiliar
Domínio científico de atuação
Scientific domain
Ciências Sociais-Ciências Políticas.
Ciências Sociais-Economia e Gestão.
Ciências Sociais-Outras Ciências Sociais.
Endereço profissional
Professional address
Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto
-
Rua Ho Chi Minh, nº 56, Bairro Alvalade
Quintalão Universitário
1649 Município da Maianga, Luanda
Angola
Telefone: (+244)222016068
Fax: (+244)222016058
Correio electrónico: miguelbembe@fcs.uan.ao I miguel.bembe@mirex.gov.ao
Homepage: http://www.fcs.uan.ao/
Sexo
Gender
Masculino»Male




Graus Académicos (Academic Degrees)
2009-2014 Doutoramento
Phd
Doutoramento em Ciências Sociais - Especialização em Ciência Política (3 anos » years) .
Instituto Superior d Ciências Sociais e Políticas da Universidade d Lisboa, Portugal.

2005-2009 Mestrado
Master degree
Mestrado em Ciências Sociais - Especialização em Estratégia (3 anos » years) .
Instituto S. de Ciências Soc e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, Portugal.

2002-2004 Licenciatura
Licentiate degree
Licenciatura em Ciência Política - Ramo de Relações Internacionais (2 anos » years) .
Universidade Internacional, Portugal.

1999-2001 Licenciatura
Licentiate degree
Licenciatura em Ciências de Gestão - Ramo de Informática de Gestão (2 anos » years) .
Université Technologique "BEL CAMPUS" , Congo (República Democrática do).
Instituição portuguesa que atribuiu reconhecimento/equivalência/registo » Portuguese Instituition providing acknowledgement/equivalence/registry : ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa.
Com o tipo » With the type: Reconhecimento » Acknowledgement.

1996-1999 Bacharelato
Bachelor degree
Bacharelado em Informática de Gestão (3 anos » years) .
Institut Supérieur d'Informatique Programmation et Analyse , Congo (República Democrática do).





Formação complementar ( studies)
2015-2015 Curso de curta duração
Short course
Seminário s/ a Preparação e Conclusão dos Tratados Internacionais em Angola.
Casa Civil do PR, MIREX e Escola Nacional de Administração, 25 Junho 2015, Angola.

2014-2014 Curso de curta duração
Short course
Desenvolvimento de Capacidades s/ o Conselho de Segurança das Nações Unidas.
Escola Nacional de Administração de Angola - Luanda, 3-5 Dezembro 2014 , Angola.

2010-2010 Curso de curta duração
Short course
Seminário de Investigação: "As crises da Guerra Fria na Ásia e na Europa".
Instituto Português de Relações Internacionais-Universidade Nova de Lisboa, Portugal.

2009-2009 Curso de curta duração
Short course
Curso Avançado de Análise Económico-financeira.
Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Empresarial, Portugal.

2008-2008 Especialização/ Pós-Graduação
Specialization/ Postgraduation
Curso de Especialização em Islamismo.
Instituto S. de Ciências Soc e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, Portugal.

2007-2008 Especialização/ Pós-Graduação
Specialization/ Postgraduation
Pós-Graduação em Informações e Segurança .
Instituto S. de Ciências Soc e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, Portugal.

2007-2007 Curso de curta duração
Short course
Curso de Teoria da Resolução de Conflitos.
Fundação Mário Soares, Portugal.

2005-2005 Curso de curta duração
Short course
Curso Prático de Contabilidade e Análise de Balanços.
Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Empresarial, Portugal.

2004-2005 Especialização/ Pós-Graduação
Specialization/ Postgraduation
Pós-graduação em Desenvolvimento de Sistemas de Informação .
ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, Portugal.

2004-2005 Especialização/ Pós-Graduação
Specialization/ Postgraduation
Pós-Graduação em Direito e Imigração .
Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa em Lisboa, Portugal.

2004-2005 Curso de curta duração
Short course
Curso de Formação em Marketing & Negociação Comercial.
Centro de Formações Profissionais, Formação e Novas Tecnologias, Portugal.

2004-2004 Curso de curta duração
Short course
Curso de Formação em Estratégia de Comunicação.
Centro de Formações Profissionais, Formação e Novas Tecnologias, Portugal.

2004-2004 Curso de curta duração
Short course
Curso de Técnicas de Negociação.
Centro de Formações Profissionais, Formação e Novas Tecnologias, Portugal.

1999-1999 Curso de curta duração
Short course
Curso de Língua e Cultura Americanas.
Congo American Language Institute, Centro Cultural da Embaixada dos EUA , Congo (República Democrática do).

1996-1996 Outros
Others
6º Ano do Curso de Literatura - Opção Latim/Filosofia (Autodidacto).
Exames Nacionais - Kinshasa, Congo (República Democrática do).

1989-1996 Outros
Others
2.º Ano do Curso Complementar - Antigo 7.º Ano - Literatura/Latim Filosofia.
Escolas de Língua Portuguesa, Serviços de Educação, Refugiados de Cabinda, Congo (República Democrática do).

1983-1989 Outros
Others
Ciclo de Estudos Primários - Escola Primária.
Escola Primária Paulo Baveca, Serviços de Educação, Refugiados de Cabinda, Congo (República Democrática do).





Vínculos profissionais (Professional Positions)
Ministério das Relações Exteriores-Governo da República de Angola, Luanda.
Set/2018-Actual Director do Gabinete de Estudos e Planeamento

Ministério das Relações Exteriores-Governo da República de Angola, Luanda.
Ago/2017-Actual Ministro-Conselheiro da Carreira Diplomática

Academia de Ciências Sociais e Tecnologia, Luanda
Jun/2017-Actual Professor Titular Convidado

Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto
Abr/2011-Actual Professor Auxiliar

Ministério das Relações Exteriores-Governo da República de Angola, Luanda.
Mar/2015-Set/2018 Consultor do Gabinete do Ministro

Ministério das Relações Exteriores-Governo da República de Angola, Luanda.
Mar/2015-Ago/2017 Conselheiro do Quadro da Carreira Diplomática

Ministério das Relações Exteriores-Governo da República de Angola, Luanda.
Ago/2013-Mar/2015 1.º Secretário da Carreira Diplomática

Ministério das Relações Exteriores-Governo da República de Angola, Luanda.
Abr/2011-Ago/2013 Assessor Principal do Quadro de Pessoal

Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais
Mar/2011-Dez/2012 Professor Auxiliar

Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto
Mar/2010-Abr/2011 Assistente





Línguas (Languages)
Compreende
Understandig
Inglês (Bem), Português (Bem), Francês (Bem), Lingala (Bem).
Fala
Speaking
Inglês (Bem), Português (Bem), Francês (Bem), Lingala (Bem).

Reading
Inglês (Bem), Português (Bem), Francês (Bem), Lingala (Bem).
Escreve
Writing
Inglês (Pouco), Português (Bem), Francês (Pouco), Lingala (Pouco).




Prémios e títulos (Awards Prizes, and Honours)
2012 Diploma e Taça de Reconhecimento - Melhor Professor Universitário do Ano de 2012 do Departamento de Ciência Política, Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto. Luanda..




Membro de Associações Profissionais/Científicas (Professional/Scientific Association membership)
Dez/2016 - Actual Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT). Lisboa-Portugal, Sócio.
Out/2015 - Actual Associação dos Antigos Estudantes do ISCTE-IUL-Instituto Universitário de Lisboa em Angola, Membro.
Vice-Presidente da Mesa da Assembleia-Geral.
Fev/2013 - Actual Revista Científica 'Cadernos de Estudos Africanos'. ISCTE/IUL-Instituto Universitário de Lisboa. Lisboa-Portugal, Scientific Referee.
Set/2012 - Actual Conselho Editorial do Globo - Revista de Relações Internacionais, Lisboa- Portugal, Membro.
Dez/2011 - Actual Conselho Científico-Pedagógico da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto. Luanda-Angola, Membro.
Nov/2011 - Actual Comissão Científico-Pedagógica do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto. Luanda-Angola, Membro.
Jul/2011 - Actual Conselho Editorial da Mulemba-Revista Angolana de Ciências Sociais, Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto. Luanda-Angola, Membro.
Abr/2010 - Actual Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP). Linhas de Investigação: Política e Governo. ISCSP-UTL. Lisboa-Portugal, Investigador Colaborador.
Jun/2009 - Actual Instituto Português de Relações Internacionais e Segurança (IPRIS). Lisboa-Portugal, Investigador Científico.
Mar/1984 - Actual Federação das Famílias para Unificação e Paz Universal(FFUPM) - Angola/Portugal, Membro.




Produção científica, técnica e artística/cultural (Scientific, technical and artistical/cultural production)
Livros publicados/organizados ou edições
Published/organized books or Editions
1. BEMBE, Miguel D. 2016. Da Coexistência entre o Estado e o Poder Local em Angola - Interesses, Conflitos e Consensos (Prefácio de Fernando Paulo Faria). Cadernos de Ciências Sociais - Série Ciência Política, n.º 2 . ed. 1, 500 vols., ISBN: 978-989-8655-71-4. Ramada - Portugal: Coedição das Edições Pedago(Portugal) e das Edições Mulemba da Faculdade de Ciências Sociais(Angola).
Coordenador da Colecção: Fernando Paulo Faria. Foi editado em Agosto de 2016 e lançado no dia 02 de Setembro do mesmo ano, no Anfiteatro da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), na ausência do autor. O livro reúne dois artigos elaborados e publicados pelo autor (Prof. Doutor Miguel Domingos Bembe), em Luanda, nos Volumes I, n.º 2 de Outubro de 2011 e II, n.º 3 de Maio de 2012 , da Mulemba – Revista Angolana de Ciências Sociais, da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN). Em síntese, Miguel Bembe sublinha que a Constituição da República Angolana regulamenta, de forma geral, a matéria relativa à organização do poder local (as autarquias locais e as instituições do poder tradicional), estando os princípios da autonomia e da descentralização expressamente consagrados no seu texto. Deste modo, a primeira parte deste seu livro, identifica e analisa um conjunto assinalável de oportunidades e desafios previsíveis para Angola, inerentes aos princípios da “democracia local” que se ambiciona pôr em prática no país. Por outro lado, recorda que nos cenários da África contemporânea, os papéis assumidos pelas autoridades tradicionais foram encarados por J.F. Bayart como dando corpo a formas de “mediação”; Pierre Bourdieu denotou-os como mecanismos de “trabalho transformado”; e, Armando Marques Guedes considera-os, em larga medida e no essencial, como “agentes eficazes na ligação-articulação entre o nível central e o local”. Assim, a segunda e última parte do livro procura analisar os esforços para manter uma coexistência “coerente” entre o Estado-aparelho de poder e o poder tradicional na conceptologia político-jurídica angolana. Cada parte deste do Professor Doutor Miguel Bembe inicia com uma introdução que enuncia o método adoptado e faz um enquadramento genérico da matéria a tratar, define os seus limites, explica a dupla relevância científica e social das respectivas matérias e termina com uma conclusão. .

2. BEMBE, Miguel D. 2014. Mecanismos de Partilha do Poder e Acomodação das Elites (Modelo e Processo para o Enclave de Cabinda), Colecção Estudos Políticos e Sociais. ed. 1, 1000 vols., ISBN: 978-989-646-089-1. Lisboa-Portugal: Edições do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Execução gráfica da Gráfica Almondina.
Sessão de Apresentação e Autógrafo do livro teve lugar em 31 de Outubro de 2014, às 18h30, na Sala Monsanto do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa - Portugal. Presidiu a sessão Doutor Manuel Meirinho Martins, Professor Catedrático e Presidente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. O livro foi apresentado pelo Doutor Luís Amado, Ex-Ministro da Defesa Nacional (2005 e 2006) e Ex-Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros (2009 - 2011) do XVIII Governo da República Portuguesa e exerce actualmente as funções de Professor Catedrático Convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa.

3. BEMBE, Miguel D. 2013. A Questão de Cabinda - Uma Visão Estratégica (Evolução da Situação e Cenários de Futuro). ed. 1, 1000 vols.. Luanda-Angola: Gráfica das Edições de Angola - EAL.
A 1.ª Sessão de autógrafos e lançamento do livro teve lugar no dia 20 de Agosto de 2013,15H00, no Anfiteatro Principal da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, em Luanda, com a apresentação do Dr. Ilias Chinguli e Mestre Cerimónia: Dr. Alberto Cafussa. Foram autografados 220 exemplares. A 2.ª Sessão teve lugar no dia 30 de Agosto de 2013,15H30, no Anfiteatro da Universidade Onze de Novembro, em Cabinda, com a apresentação do Dr. Alberto Colino Cafussa e Mestre Cerimónia: Dr. André Sibi. Foram autografados 125 exemplares.

4. BEMBE, Miguel D; Faria, Paulo; Muquepe, Fernando. 2013. O Estudo Científico da Ciência Política (Abordagens Epistemológicas e Metodológicas), Cadernos de Ciências Sociais - Série Ciência Política, n.º 1 . ed. 1, 500 vols., ISBN: 978-989-8655-16-5. Ramada - Portugal: Coedição das Edições Pedago e das Edições Mulemba da Faculdade de Ciências Sociais da UAN.
Coordenador da Colecção: Mateus Paulo Sebastião dos Santos. Foi lançado no dia 09 de Agosto de 2013, no Anfiteatro Principal da Faculdade de Ciências Sociais (FCS), da Universidade Agostinho Neto (UAN).

5. Bembe, Miguel C. D. 2012. O Terrorismo Transnacional (Sistematização do Fenómeno e Estratégias para o seu Combate), Edições de Angola . ed. 1, 1000 vols.. Luanda-Angola: Gráfica das Edições de Angola - EAL.
Este livro foi lançado no Anfiteatro da Univrsidade Lusíada de Angola, em Luanda, aos 30 de Outubro de 2012. Mário Pinto de Andrade foi responsável pela apresentação da obra e Alberto Colino Cafussa, o mestre cerimónia. Foram autografados 320 exemplares no acto de lançamento. A 2.ª Sessão de autógrafos teve lugar no dia 30 de Agosto de 2013,15H30, no Anfiteatro da Universidade Onze de Novembro, em Cabinda, com a apresentação do Dr. Mário Pinto de Andrade e Mestre Cerimónia: Dr. André Sibi. Foram autografados 79 exemplares .


Artigos em revistas com arbitragem científica
Papers in periodics with scientific refereeing
1. BEMBE, Miguel D. 2015. "Um Valioso Contributo para o Debate sobre as Responsabilidades Históticas. Texto do prefácio. In: O Contencioso Histórico Franco-Africano: Os Casos dos Camarões, República Centro-Africana, Togo, Gabão e Chade / Autor: Daniel Yagnye Tom", Mayamba Editora, Colecção Biblioteca da História , 111: 21 - 28.
"Além de nos ajudar a compreender o contencioso histórico que opõe a França, a antiga potência colonial, aos Camarões, apresentado como um Estado vassalo do primeiro - porque nascido de uma descolonização falhada propositadamente, de que a França é a principal responsável -, dá-nos a conhecer sobre diversos acontecimentos que moldaram o passado e influenciam o presente e o futuro político, económico, social e cultural das ex-colónias francesas tais como: o Benim (antigo Dahomey), o Congo, o Mali (antigo Sudão francês), o Níger, o Senegal, o Togo. O livro do Dr. Daniel Yagnye Tom, ainda que agora seja do público, faz parte do nosso acervo, reunindo matérias que não podem deixar de entusiasmar e, ao mesmo tempo, preocupar os que se interessam pelo passado-futuro e o futuro-presente dos países e continente africanos. Com a sua publicação na Colecção Biblioteca da História, a Mayamba Editora cumpre um dever patriótico cardeal: valorizar a criatividade imaginativa e abrir o debate. A sua leitura é um prazer. Que muitos sejam os que o leiam. E que dele derivem as implicações que as propostas do Autor suscitam. É pela via do contraditório que equilíbrios e responsabilidades presentes se encontram". In Prefácio.
2. BEMBE, Miguel D. 2014. "Os Problemas e Debilidades de um Continente à deriva - Para uma compreensão da Geopolítica e Estratégia africanas através de dois estrategistas africanos", In: Os Múltiplos desafios para as Ciências Sociais e Humanas na busca de novos paradigmas. Mulemba - Revista Angolana de Ciências Sociais, da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, Vol. IV, N.º 7 - Maio de 2014, 604: 479 - 486.
Texto da apresentação pública da obra de Mwayila Tshiyembe e Mayele Bukasa, "A África face aos seus Problemas de Segurança e de Defesa", com título original "L'Afrique face à ses Problèmes de Sécurité et de Defense, Paris, Présence Africaine, 1989" (Tradução de Sílvia Neto. Luanda, Edições Mulemba; Mangualde, Edições Pedago, 2013, 212pp. [Colecção Reler África]), efectuada no dia 03 de Março de 2014 (2.ª Feira), por ocasião da abertura do ano Lectivo de 2014, no Anfiteatro da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), Luanda-Angola. .
3. BEMBE, Miguel D. 2014. "Partilha do poder no Enclave Angolano de Cabinda: Modelo e processo", Mulemba - Revista Angolana de Ciências Sociais, Luanda: FCS-UAN, Volume IV, N.º 8 - Novembro de 2014, 450: 143 - 172.
O presente artigo, escrito entre 27 de Setembro e 05 de Novembro de 2014 e actualizado em 02 de Janeiro de 2015, resulta da síntese da Tese de Doutoramento em Ciências Sociais, na especialidade de Ciência Política, originalmente realizada e entregue no dia 02 de Outubro de 2013, sob o mesmo título, com um total de 325 páginas. A tese foi defendida em 13 de Maio de 2014, na Aula Magna Professor Doutor Adriano Moreira, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade de Lisboa (UL), tendo sido publicada em livro e efectuado o seu lançamento em 31 de Outubro de 2014, na Sala Monsanto do mesmo Instituto, em Lisboa, Portugal, com o título Mecanismos de partilha do poder e acomodação das elites. Modelo e processo para o Enclave de Cabinda, Colecção Estudos Políticos e Sociais, Edições do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (368p.). .
4. BEMBE, Miguel D. 2013. "O Carácter científico da Politologia e a Autonomia da Ciência Política. In: O Estudo Científico da Política: Abordagens Epistemológicas e Metodológicas / Autores: Fernando Muquepe, Miguel Domingos Bembe, Paulo Faria.", Colecção: Cadernos de Ciências Sociais - Série Ciência Política, n.º 1. Coedição das Edições Pedago e das Edições Mulemba da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto  1, 88: 23 - 45.
A análise dos fenómenos políticos é baseada em diversas perspetivas epistemológicas e teóricas, na tentativa, sempre incompleta, de construir possíveis modelos de análise. Tal como acontece nas outras áreas das Ciências Sociais e Humanas, existem várias teorias propostas para explicar a emergência, a mudança e o desenvolvimento da política enquanto arte e ciência. Assim, a Ciência Política, como qualquer outro domínio de conhecimento científico, tem sido objeto de várias tentativas teóricas de explicação. .
5. BEMBE, Miguel D. 2013. "Os vectores da construção da nação angolana e a função do Estado", Colecção Reler África: Mulemba - Revista Angolana de Ciências Sociais, Luanda: FCS-UAN, Vol. III, N.º 6 - Novembro de 2013, 401: 167 - 183.
Revista lançada em Luanda, aos 03 de Março de 2014, no âmbito da cerimónia de abertura oficial do ano académico de 2014, na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho.
6. Bembe, Miguel C. D. 2012. "Poder local e democracia em Angola - Oportunidades e Dasafios", Mulemba - Revista Angolana de Ciências Sociais, Luanda: FCS-UAN, Volume 2, N.º 3 - Maio de 2012, 184: 35 - 57.
"Mulemba - Revista Agolana de Ciências Sociais" é propriedade da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN). A Sessão de lançamento foi organizada em Luanda, aos 23 de Novembro de 2012, na Sede da FCS.

7. Bembe, Miguel C. D. 2011. "Análise do Processo de Paz no Enclave de Cabinda", Cadernos de Estudos Africanos, Centro dos Estudos Africanos, ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, N.º 20 - Janeiro de 2011, 161: 27 - 54.
Série "Identidades, Percursos e Clivagens nos Palop" .

8. Bembe, Miguel C. D. 2011. "O Estado e o poder tradicional em Angola", Mulemba - Revista Angolana de Ciências Sociais, Luanda: FCS-UAN, Volume 1, N.º 2 - Outubro de 2011, 173: 9 - 27.

Textos em jornais ou revistas
Texts in newspapers or magazines
1. BEMBE, Miguel D. 30 maio 2016. "O Reino Unido sozinho não tem escala para fazer frente às grandes potências " O PAÍS - O Diário da Nova Angola, Edição n.º 504, 26 - 27.
Análise sobre o Referendo anunciado da permanência ou saída do Reino Unido da União Europeia dos 28, previsto para o dia 23 de Junho de 2016. Perspetivar os pontos fortes e fracos do "remain" ou do "leave" britânico da União Europeia. Miguel Bembe foi entrevistado pelo Blastingnews (Lisboa, Portugal), em 11 de Julho de 2015. A entrevista foi reeditada e publicada pelo Jornal "O País" (O Diário da Nova Angola, Edição n.º 504, 2.ª feira, 30.05.2016), Luanda, Angola. "De um modo geral, o que é que o Reino Unido perde e o que ganha com a saída da UE ? R: Como sabe, actualmente existem pelo menos três grandes partidos políticos na Grã-Bretanha: o Partido Conservador (ou Conservative Party) de David Cameron que é o maioritário, seguido do Partido Trabalhista (ou Labour Party) de Ed Miliband e o Partido de Independência do Reino Unido (ou UK Independence Party, abreviadamente UKIP) de Nigel Farage. Os trabalhistas são completamente favoráveis à UE, sem vacilar. O UKIP, com apenas três deputados obtidos nas últimas eleições parlamentares de 7 de Maio de 2015, é absolutamente contra a UE e apoia a saída do Reino Unido da União. Os conservadores estão perfeitamente divididos entre um grupo pró-UE e um grupo eurocéptico no seio do partido. Os conservadores, que eram antí- UE, já migraram para o UKIP de Nigel Farage. O grupo maioritário é eurocéptico e vê mais desvantagens do que vantagens, mas vê suficientemente vantagens para que se conseguisse renegociar a ligação da Grã-Bretanha com a UE." .

2. BEMBE, Miguel D. 18 nov. 2014. "Angola alvo de terrorismo, segundo 'Global Terrorism Index 2014 - Measuring and Understanding the Impact of Terrorism'" The Institute for Economics and Peace (IEP)/ Instituto para Economia e Paz, 96:, 5 - 85.
Angola alvo de terrorismo, segundo estudo, publicado pelo O PAÍS, no dia 21 de Novembro de 2014, Jornalista Venâncio Rodrigues: Angola consta na lista de cerca de 13 países mais vulneráveis ao terrorismo. A conclusão está no Índice de Terrorismo Global de 2014 publicado terça-feira, dia 18 de Novembro de 2014, pelo Instituto para Economias e Paz (IEP), com sede na Austrália. As razões que levaram à inclusão de Angola neste grupo prendem-se com a situação de um país que “vive em paz mas que têm altos níveis de perseguição política e baixos níveis de coesão intergrupal”, segundo o estudo. Entretanto, o autor angolano do livro publicado em 2012 “O Terrorismo Transnacional - Sistematização do Fenómeno e Estratégias para o seu Combate”, Miguel Bembe havia afirmado, em entrevista a este jornal, que o nosso país "não é um alvo prioritário mas de oportunidade do terrorismo de inspiração Islâmica". Para o académico angolano o facto de os terroristas aproveitarem o potencial de Angola para adquirirem meios e financiar as suas actividades “dificilmente” vão desencadear acções terroristas neste país. “Dificilmente os terroristas atacam onde conseguem adquirir os meios para financiarem as suas actividade”, afirmou. Mas mesmo assim, Miguel Bembe sublinhou que o nosso país esteja de sobreaviso porque os terroristas nem sempre têm objectivos de curto prazo, às vezes são de médio e longo prazo. “Podemos ter uma visão curta e eles têm uma mais alargada. Por isso temos de analisar esta situação de forma mais profunda para podermos nos antecipar no sentido prospectivo”, disse. O estudo agora revelado é feito desde 2012 e foca-se na evolução dos ataques terroristas em 162 países, desde 2000. Além de Angola estão no grupo de potenciais alvos o Bangladesh, Burundi, República Centro-Africana, Costa do Marfim, Etiópia, Irão, Israel, Mali, México, Birmânia (Myanmar), Sri Lanka e Uganda. Fonte: http://opais.co.ao/angola-alvo-de-terrorismo-segundo-estudo/ .

3. BEMBE, Miguel D. 31 out. 2014. "A perspectiva independentista como solução à questão de Cabinda está caduca", Grande Entrevista" O País - Jornal da Nova Angola, Edição n.º 311, 24 - 27.
Entrevista concedia ao Jornal "O Pais", no âmbito de Lançamento e Apresentação do Livro, em Lisboa, "Mecanismos de Partilha do Poder e Acomodação das Elites - Modelo e Processo para o Enclave de Cabinda", na Sala Monsanto do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, no dia 31.10.2014.

4. BEMBE, Miguel D. 16 ago. 2013. "É preciso reajustar o Memorando de Entendimento de Cabinda" Grande Entrevista, O País - Jornal da Nova Angola, Edição n.º 248 , 24 - 26.
Entrevista concedia ao Jornal "O Pais", no âmbito de Lançamento e Apresentação do Livro “ A QUESTÃO DE CABINDA - Uma Visão Estratégica (Evolução da situação e cenários de futuro), no dia 20.08.2013, no Anfiteatro Principal da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, em Luanda.

5. BEMBE, Miguel D. 12 ago. 2013. "As Reivindicações em Cabinda Podem Agravar. Entrevista no âmbito do Lançamento do Livro "A QUESTÃO DE CABINDA - Uma Visão Estratégica (Evolução da Situação e Cenários de Futuro). 09 de Agosto de " Voz da América - Serviço Português para África / Luanda Antena Comercial - com o Jornalista Manuel José , 1 - 1.
A livro vai ser apresentado na próxima Terça-feira dia 20, na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho, pelo cientista político Elias Chinguli. .

6. BEMBE, Miguel D. 01 fev. 2013. "Angola não é um alvo prioritário do terrorismo islâmico" Revista Segurança e Defesa, n.º 24, Fevereiro - Abril 2013, 72 - 81.
7. Bembe, Miguel C. D. 17 out. 2012. "Docente defende abertura de um espaço de discussão " Jornal de Angola, 40 - 41.
Entrevista concedida na ocasião da Jornada Científica de Ciência Política sobordinada ao Tema principal "O Político e a Ciência da Política: Uma perspectiva Epistemológica e Metodológica". Dissertei o tema "O Carácter Científica da Politologia e a autonomia de Ciência Política, Faculdade de Ciência Sociais da Universidade Agostinho Neto, Luanda.

8. Bembe, Miguel C. D. 02 out. 2012. "Angola não é alvo prioritário do terrorismo islâmico - [Grande Entrevista] " O País - O Jornal da Nova Angola, 24 - 27.
Grande Entrevista concedida na sequência de lançamento do livro, "O Terrorismo Transnacional - Sistematização do fenómeno e estratégias para o seu combate", na Universidade Lusíada de Angola, em Luanda, a 30.10.2012. A obra foi apresentada pelo Prof. Mário Pinto de Andrade, Magnífico Reitor da Universidade Lusíada de Angola e foi mestre da cerimónia, Dr. Alberto Colino Cafussa. A gráfica da obra é das Edições de Angola, Lda.

9. Bembe, Miguel C. D. 06 out. 2011. "Democracia e Participação Política" Jornal de Angola, 6 - 6.
10. Bembe, Miguel C. D. 25 jul. 2011. "Mesa Redonda - Cinco anos após assinatura da paz em Cabinda" Jornal de Angola, 3 - 3.
Mesa redonda organizado pelo Fórum Cabindês para o Diálogo (FCD) na ocasião das festividades de 5 anos de assinatura do Memorando de Entendimento para a Paz e Reconciliação na Província de Cabinda, União dos Escritores de Angola (UEA), Luanda.

11. Bembe, Miguel C. D. 23 jul. 2011. "Análise dos cinco anos de Paz em Cabinda" AngolaPress - Portal Angop, 1 - 1.
12. Bembe, Miguel C. D. 07 jan. 2010. "Angola atenta ao terrorismo islâmico" O PAÍS - Jornal da Nova Angola, 2 - 2.
Entrevista concedida, na ocasião da conferencia organizada pelo Gabinete do Ministro Sem Pasta (GMSP) em parceria com a União dos Escreitores Angolanos, em 6 de Janeiro de 2010, em Luanda.

13. Bembe, Miguel C. D. 06 jan. 2010. "O terrorismo Transnacional: o fenómemo e as estratégias de combate" AngolaPress - Portalangop, 1 - 1.
Conferência sobre "O terrorismo transnacional e estratégias de combate" organizado pelo Gabinete do Ministro Sem Pasta (GMSP), em parceria com a União dos Escritores Angolanos (UEA), a 6 de Janeiro de 2010, em Luanda.


Prefácio, Posfácio
Preface, Postface
1. BEMBE, Miguel D. 2018. "Os Conflitos em África e a Experiência de Angola na sua resolução". Lisboa - Portugal. (Posfácio)
2. BEMBE, Miguel D. 2017. "Transição Democrática em Angola (1991-2012)". Luanda - Angola. (Prefácio)
3. BEMBE, Miguel D. 2015. "O Contencioso Histórico Franco-Africano: Os Casos dos Camarões, República Centro-Africana, Togo, Gabão e Chade". Luanda-Angola. (Prefácio)
Daniel YAGNYÈ TOM, médico neurologista de profissão. Militante da União das Populações dos Camarões (UPC) desde 1977 e actualmente Coordenador Geral da Dinâmica Sankofa para a restruturação da UPC. Foi representante especial da UPC na Europa de Leste de 1982-1986. Representante da UPC na África Central e Austral a partir de 1986. Membro do Bureau Político da UPC desde 1991, foi eleito secretário-geral adjunto da UPC em 2004. É autor dos livros "L'UPC Face Au Marasme Camerounais ; L'Esprit d'Avril A La Rescousse!". Coleção: Religions En Questions. Paris: HARMATTAN, 2004 e "Afrique; 1/2 Siècle D’Indépendances Piégées; Cas Du Cameroun Et De La République Du Congo". Coleção: Points De Vue Concrets , Paris: HARMATTAN, 2009. .

4. BEMBE, Miguel D. 2013. "O Estudo Científico da Ciência Política: Abordagens Epistemológicas e Metodológicas (co-autoria Miguel Domingos Bembe, Paulo Faria & Fernando Muquepe)". Lisboa-Portugal. (Prefácio)
Sinopse A análise dos fenómenos políticos é baseada em diversas perspetivas epistemológicas e teóricas, na tentativa, sempre incompleta, de construir possíveis modelos de análise. Tal como acontece nas outras áreas das Ciências Sociais e Humanas, existem várias teorias propostas para explicar a emergência, a mudança e o desenvolvimento da política enquanto arte e ciência. Assim, a Ciência Política, como qualquer outro domínio de conhecimento científico, tem sido objeto de várias tentativas teóricas de explicação.

Outra produção científica
Other scientific production
1. BEMBE, Miguel D. 2014. "Partilha do Poder no Enclave Angolano de Cabinda - Modelo e Processo. Tese de Doutoramento em Ciências Sociais - Especialização em Ciência Política, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, Provas Públicas, Lisboa-Portugal", 350 pp.. Lisboa: Edição do Autor.
O Acto de defesa pública teve lugar na Aula Magna Professor Doutor Adriano Moreira do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa (piso - 1), no dia 13 de Maio de 2014, às 15H30, com o Júri seguinte: Presidente – Doutor Manuel Meirinho Martins, Professor Catedrático e Presidente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Vogais – Doutor António Costa de Albuquerque de Sousa Lara, Professor Catedrático Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor Armando Manuel de Barros Serra Marques Guedes, Professor Associado com Agregação Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa; Doutor Heitor Alberto Coelho Barras Romana, Professor Associado com Agregação Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor João Carlos Relvão Caetano, Professor Auxiliar Universidade Aberta; Doutor Luís José Rodrigues Leitão Tomé, Professor Auxiliar Universidade Autónoma de Lisboa; Doutor António Manuel Fernandes Silva Ribeiro, Director Geral do Instituto Hidrográfico, na qualidade de especialista.

2. Bembe, Miguel C. D. 2012. "Objecto e Natureza do Departamento de Ciência Política, documento elaborado e apresentado por solicitação da Vice-Decana para a Área Científica e Pós-graduação", 3 pp.. Luanda: Edição do Autor: FCS-UAN/Luanda: Edição do Autor.
3. Bembe, Miguel C. D. 2011. "Propostas de criação de Curso de "Mestrado em Ciência Política e Administração Pública"; Cursos de Pós-Graduações em "Gestão dos Recursos Humanos"; em "Análise de Políticas e Sistemas Eleitorais"; e, em "Gestão e Resolução de Conflitos", no âmbito dos DEi de Ciência Política e DEi de Gestão da FCS da UAN, elaborada e apresentada por solicitação da Vice-Decana para a Área Científica e Pós-graduação", 07 pp.. FCS-UAN/Luanda: Edição do Autor.
Composição da Comissão: Ph.D. Leão Faria, Ph.D. Victor Morais, Me. Mário Pinto de Andrade, Me. Miguel Bembe, Me. Paulo Faria.
4. Bembe, Miguel C. D. 2011. "Proposta de Reestruturação do Plano Curricular do Curso de Licenciatura em Ciência Política, elaborada por solicitação do Decano da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto ", 26 pp.. FCS-UAN/Luanda: Edição do Autor.
Composição da Comissão: Ph.D. Mateus Paulo dos Santos (Coordenador), Ph.D. António Nhaga, M.Sc. Mário Pinto de Andrade, M.Sc. Miguel Bembe, e M.Sc. Fernando Paulo Faria.
5. Bembe, Miguel C. D. 2011. "Proposta de criação do Centro de Investigação e Análise de Políticas e Sistemas Eleitorais (CIAPSE), no âmbito da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), elaborada e apresentada por solicitação da Vice-Decana para a Área Científica e Pós-graduação", 12 pp.. FCS-UAN/Luanda : Edição do Autor .
Composição da Comissão: Doutor Leão Faria, Me. Mário Pinto de Andrade, Me. Miguel Bembe, Me. Paulo Faria.
6. Bembe, Miguel C. D. 2009. "A Questão de Cabinda: uma análise sócio-política. Tese de Mestrado em Ciências Sociais (Especialização em Estratégia). ", 460 pp.. ISCSP-UTL/Lisboa: Edição do Autor.
O Acto de defesa pública teve lugar no dia 31 de Março de 2009, às 15H00, no Piso 1 do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa com o Júri seguinte: Presidente – Doutor António Costa de Albuquerque de Sousa Lara, Professor Catedrático e Presidente do Conselho Científico do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa; Vogais – Doutor António Marques Bessa, Professor Catedrático Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa; Doutor Armando Manuel de Barros Serra Marques Guedes, Professor Associado com Agregação Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.
7. Bembe, Miguel C. D. 2001. "Conception d’un Système d’Information pour la Gestion des Hôtels. Dissertação de Licenciatura em Ciências de Gestão (Ramo de informática de Gestão).", 251 pp.. UTBC/Kinshasa: Edição de Autor.
Dissertação de Licenciatura em Ciências de Gestão (ramo de Informática de Gestão) apresentada em 2001, na UTBC, em Kinshasa para a obtençao do título de Engenheiro Conceptor. Orientador: Professor Doutor Nvibudulu.
8. Bembe, Miguel C. D. 1999. "Gestion Informatisée des Réservations de Places dans un Hôtel: Cas de l’Hôtel Premier Bassin de Boma. Trabalho de Fim do 1.º Ciclo, Bacharel em em Informática de Gestão. ", 163 pp.. ISIPA/Kinshasa: Edição do Autor.
Trabalho do Fim do Curso apresentado para a obtenção do grau de Bacharel em Informática de Gestão (Título de Analista Programador). Orientador: Ir. Jean Bell Tshimanga.



Apresentação oral de trabalho
Oral work presentation
1. BEMBE, Miguel D. «Participação Política e Cidadania em Angola: Doutrina e Prática». Painel II. "Actores políticos e sociais e a afirmação da cidadania",V Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), subordinado ao tema principal: Angola 40 Anos de Independência: Memórias, Identidades, Cidadania e Desenvolvimento ,Luanda-Angola, de 29 e 30 de Outubro de ,2015 (Conferência ou palestra).
Temas das comunicações apresentadas no painel II: 1. Participação política e cidadania em Angola: doutrina e prática, "Prof. Doutor Miguel Bembe; 2. Princípios, poder e pragmatismo: os objectivos da política externa angolana em 40 anos de independência, Prof. Doutora Aida Pegado; 3. A influência do serviço militar obrigatório na construção da cidadania em Angola: a o caso da comunidade rural vakuvale, "Mestre António Guebe"; 4. O cidadão e a sua participação na vida pública: o caso angolano, "Estudante Daniel Kanga". Moderador: Prof. Doutor Conceição Paulo Faria e Redactor: Licencaido Malundama Panda. Depois das Palavras de Boas Vindas proferidas pelo Digníssimo Decano da FCS da UAN, Professor Víctor Kajibanga (anfitrião), a Abertura Oficial do Acto coube à Magnífica Reitora da UAN, Profª. Doutora Maria do Rosário Sambo.

2. BEMBE, Miguel D. «Os Vectores da Construção da 'Nação-Angolana' e a Função do Estado». Painel I.º "O Estado e a Nação nos PALOP" ,III.º Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, como o tema princiapl: Estado, Nação, Nacionalismo e Identidade Nacional nos Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). ,Luanda - Angola, 24 de Outubro de ,2013 (Conferência ou palestra).
3. Bembe, Miguel C. D. Power Sharing in the Angolan Enclave of Cabinda: Model and Process ,Lisbon Debates - States, Culture & Society in Africa: Continuities and Changes, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa ,Lisboa, 16 de Novembro de,2010 (Conferência ou palestra).
4. Bembe, Miguel C. D. A Questão de Cabinda: Uma análise sócio-política. Tese de Mestrado em Ciências Sociais - Especialização em Estratégia, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa,Provas Públicas,Lisboa-Portugal, 31 de Março de ,2009 (Outra).
5. Bembe, Miguel C. D. A Expansão do Islão na África. Analise - Radicalismos e Fundamentalismos Religiosos,Trabalhos de Investigação - Informações e Segurança,Lisboa,2008 (Comunicação).
6. Bembe, Miguel C. D. A Problemática do Memorando de Entendimento para a Paz e Reconciliação na Província. Debate: Análise de Risco das Informações,Trabalhos de Investigação - Informações e Segurança,Lisboa,2008 (Comunicação).
7. Bembe, Miguel C. D. A Criminalidade Informática no quadro da Protecção de Dados Pessoais. Temas & Debates,Trabalhos de Investigação - Informações e Segurança,Lisboa,2008 (Comunicação).
8. Bembe, Miguel C. D. Análise de conflitos: Esboço da Teoria geral. Temas & Debate,Trabalhos de Investigação - Estudos Estratégicos ,Lisboa,2007 (Comunicação).
9. Bembe, Miguel C. D. Segurança dos Sistemas e Redes. ,Ciências de Gestão e Tecnologias da Informação,Lisboa,2005 (Comunicação).
10. Bembe, Miguel C. D. Sistema de Gestão de Clínicas e Consultórios Médicos,Ciências de Gestão e Tecnologias da Informação,Lisboa,2005 (Comunicação).
11. Bembe, Miguel C. D. Conception d’un Système d’Information pour la Gestion des Hôtels. Trabalho de fim do 2.º Ciclo (Licenciatura em em Ciências de Gestão),Ciências de Gestão e Tecnologias da Informação,Kinshasa,2001 (Outra).
12. Bembe, Miguel C. D. Gestion Informatisée des Réservations de Places dans un Hôtel: Cas de l’Hôtel Premier Bassin de Boma. TFC. Trabalho de Fim do 1.º Ciclo, Bacharel em em Informática de Gestão ,Ciências de Gestão e Tecnologias da Informação.,Kinshasa,1999 (Outra).

Organização de evento
Event organization
1. BEMBE, Miguel D. Democracia e Desenvolvimento em África – Situação Actual e Perspectivas Futuras. III.ª Jornada Científica de Ciência Política do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostingo Neto, Junho de ,2013 (Conferência / Organização).
2. Bembe, Miguel C. D. O Político e a Ciência da Política: Uma perspectiva Epistemológica e Metodológica. II.ª Jornada Científica de Ciência Política do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostingo Neto, 12 de Outubro de ,2012 (Conferência / Organização).
Foi responsável do Secretariado Técnico e Logístico do Evento e Prelector no 2.º painel com o tema: "O carácter científico da Politologia e a autonomia da Ciência Política".

3. Bembe, Miguel C. D. A Realidade Sócio-Política de Angola: Perspectivas futuras, I.ª Jornada Científica de Ciência Política do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostingo Neto, 05 de Outubro de ,2011 (Conferência / Organização).
Integrou a Comissão Científica do evento e foi Orador no 1º painél com o tema: Democracia e Participação Política.


Programa de rádio ou TV
Radio or TV show
1. BEMBE, Miguel D. Análise Prospectiva das Negociações sobre o BREXIT, dos Desafios da Nova Comissão da União Africana (UA) e da Eng.ª Josefa Leonel Correia Sako, 05 de Abril de,2017 (Entrevista).
Análise Prospectiva do início das Negociações sobre o BREXIT (Saída do Reino Unido da União Europeia e dos Desafios da Nova Comissão da União Africana em geral e particularmente da Senhora Engenheira angolana Josefa Leonel Correia Sacko, eleita para o cargo de Comissária para a Agricultura e Economia Rural da União Africana, durante a 28ª Conferência Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana, realizada, em Adis Abeba, Etiópia, nos dias 30 e 31 de Janeiro de 2017.

2. BEMBE, Miguel D. Análise da agenda política internacional da Administração de Donald Trump, a guerra no Grande Médio Oriente (Síria, Iraque e Líbia) e as tensões no Extremo Oriente (Península coreana - Coreia do Norte), 19 de Abril de,2017 (Entrevista).
As mudanças e transformações na Política Externa dos Estados Unidos da América da Administração do Presidente Donald Trump; A Guerra na Síria, o ataque com recurso às armas químicas alegadamente levado acabo pelo regime sírio do Presidente Al-Assad, o intervenção militar dos Estados Unidos da América com lançamento de mísseis Tomahawk contra a base aérea da Síria, situada na Província de Shayrat, na cidade de Homs; As ameaças de Guerra na Península da Coreia devido a testes nucleares da Coreia do Norte; reacções da Rússia de Vladimir Putin, Irão, China, Turquia, Japão, Coreia do Sul, União Europeia, Reino Unido.

3. BEMBE, Miguel D; Carvalho, António L.; Silva, Evaristo M. D.; Van-Dúnem, Belarmino; Simões, Alcides S. Análise do 1.º mandato de Angola como Presidente em exercício da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), 2014-2016, 13 de Junho de ,2016 (Mesa redonda).
RNA reflecte à volta da presidência da CIRGL Publicado em 13 de junho de 2016 - O Espaço “Mesa Redonda”, do programa Manha Informativa da Rádio Nacional de Angola (RNA), debateu segunda-feira, 13 de junho de 2016, o balanço da presidência de Angola na Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos, numa altura em que, Luanda acolhe a 6.ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo nesta terça-feira (14). Convidados, ao debate, a Drª. Laurinda Uigard, consultora e académica, Doutor Miguel Bembe, professor universitário e diplomata, Fernando Ribeiro, professor universitário e analista político. Debate conduzido pelo jornalista António de Sousa. .

4. BEMBE, Miguel D; Bembe, Miguel C. D; Izata, Sebastião. Análise da Mensagem sobre o Estado da Nação do Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, na Sessão Solene de Abertura da 5ª Sessão Legislativa da 3ª Legislatura da Assembleia Nacional e Eleição de António Guterres como Novo Secretário Geral das Nações Unidas, 19 de Outubro de,2016 (Entrevista).
5. BEMBE, Miguel D; Izata, Sebastião. Reconhecimento aos Jornalista Isídrio Sanhanga, Prof. Sebastião Izata e Análise do legado de Fidel Castro, 14 de Dezembro de,2016 (Entrevista).
Nesta edição da TPA Global, realizada no dia 14 de Dezembro de 2016, analisa-se o Prémio nacional do Jornalismo, 9.ª Edição de 2016, na categoria da Televisão, atribuído ao Jornalista veterano da Televisão Pública de Angola (TPA) Isidro Sanhanga no dia 08 de Dezembro; o Professor Doutor Sebastião Isata eleito em 22 de Novembro de 2016 como novo Presidente da Comissão da União Africana sobre o Direito Internacional, bem como o significado e o legado multidimensional da controvérsia figura de Fidel Castro (1926-2016), líder da revolução cubana, que morreu no dia 25 de Novembro de 2016.

6. BEMBE, Miguel D; Izata, Sebastião. Consequências da Saída do Reino Unido da União Europeia, o "Brexit ou leave" com 51,7% das preferências e o “Bremain” com 48,3%, Rádio Nacional de Angola, 24 de Junho de,2016 (Comentário).
O Reino Unido votou pela saída da União Europeia, o “Brexit” contava com 51,7% das preferências e o “Bremain” com 48,3%, com 318 das 382 assembleias apuradas. Nigel Farage, líder do partido independentista UKIP, já falava num Reino Unido independente, e no cumprir de um sonho. A libra Estrelina está a cair quase 10% nos mercados de futuro. O FTSE, de Londres, também nos mercados de futuro, está a cair na mesma linha. Os mercados asiáticos, caem 3%. Em Angola, o especialista em relações internacionais e professor universitário, Doutor Miguel Domingos Bembe, comentou esta sexta-feira, 24 de junho de 2016, em entrevista à RNA, sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, em conversa conduzida pelo jornalista António de Sousa.

7. BEMBE, Miguel D; Izata, Sebastião. Análise das Eleições Presidenciais nos Estados Unidos de América, Professor Doutor Miguel Bembe & Professor Doutor Sebastião Izata, 10 de Agosto de,2016 (Entrevista).
Esta edição de 10 de Agosto de 2016, do Programa TPA GLOBAL da Televisão Pública de Angola(TPA), apresentada pelo jornalista Isidro Sanhanga, contou com a presença do Professor Doutor Sebastião Izata, um académico conhecedor do saber Jurídico internacional e Relações internacionais, assim como o Professor Doutor Miguel Bembe, Cientista Político, especialista em Estudos Estratégicos e de Segurança, vinculado à Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), em Luanda. Os dois académicos angolanos abordaram as eleições americanas disputadas pelos candidatos republicano Donald Trump e democrata Hillary Clinton. Analisaram igualmente outras questões da actualidade internacional, com destaque para as tensões e/ou conflitos nas fronteiras sangrentas do Islão, na região árabe xiita, nas fronteiras oeste da Rússia com Europa – desde os Bálticos até à Ucrânia, nos Balcãs asiáticos e nas fronteiras do mar do sul da China.

8. BEMBE, Miguel D; Izata, Sebastião. Análise dos Resultados Finais das Eleições Presidenciais Norte-Americanas realizadas no dia 08 de Novembro de 2016, 16 de Novembro de,2016 (Entrevista).
Prof. Sebastião Izata e Prof. Miguel Bembe, com a moderação do Jornalista Isidro Sanhanga, analisam o desfecho das eleições presidenciais nos Estados Unidos América realizadas no dia 08 de Novembro de 2016, e os desafios da Administração Donald Trump, que inicia o seu mandato no dia 1 de Janeiro de 2017. Analisaram também as oportunidades da Cooperação de Angola com os EUA.

9. BEMBE, Miguel D. Reflexão do 1º mandato de Angola na presidência da CIRGL (2014-2016) e da sua recondução (2016-2018), 14 de Junho de,2016 (Mesa redonda).
10. BEMBE, Miguel D. O Papel de Angola na Pacificação da Região dos Grandes Lagos, Televisão Pública de Angola (TPA), "FÓRUM TPA", 14 de junho de,2016 (Mesa redonda).
Apresentador: Jornalista Alves Fernandes Convidados: Embaixador Evaristo Malheiro Dias da Silva, Prof. Doutor Miguel Bembe, Deputado Alcides Sakala, Embaixador António Luvualo de Carvalho, Analista político Belarmino Van-Dúnem. Tema: O Papel de Angola na Pacificação da Região dos Grandes Lagos durante os dois anos do seu primeiro mandato (2014-2016). Angola foi reeleita para mais um mandato no período de 2016-2018.

11. BEMBE, Miguel D. Efeitos políticos, económicos e securitários do BREXIT ou da Saída do Reino Unido da União Europeia, resultante do referendo de 23 de Junho de 2016, Programa TPA Global do Canal 1 da Televisão Pública de Angola, 29 de Junho de ,2016 (Comentário).
Programa do Canal 1 da Televisão Pública de Angola “TPA GLOBAL", Luanda, 29 de Junho de 2016, 22h19 - 22h47 Apresentador: Jornalista Isidro Sanhanga Convidado: Prof. Doutor Miguel Bembe e Prof. Doutor Sebastião Izata Tema: Consequências do BREXIT, Saída da Grã-Bretanha ou Reino Unido da União Europeia. Duração: 27m:34s. Nesta entrevista, mantenho a minha posição inicial expressa anteriormente, antes do referendo do brexit britânico de 23 de Junho de 2016, isto é, no Blastingnews (Lisboa, Portugal), em 11 de Julho de 2015, e no Jornal "O País" (O Diário da Nova Angola, Edição n.º 504, 2.ª feira, 30.05.2016), Luanda, Angola. Deste modo, reafirmei que o Reino Unido tinha mais a ganhar dentro do que fora da União, embora seja uma decisão que só aos britânicos compete tomar, sendo impreterível respeitar absolutamente a sua escolha; mas notei que mesmo aqueles que votaram pelo brexit ou pela saída, muitos deles estão a começar a recuar, divido ao impacto e aos riscos inesperados do ponto de vista político, económico e securitário, provocados pelo seu idealismo populista. Mas agora, e infelizmente, há que accionar os mecanismos de gestão das consequências... A frase de ordem é “Let’s put England first”, e a ideia, pelo menos, de Nigel Farage é transformar a Grã-Bretanha num Estado-nação, passando a controlar as fronteiras, as importações e exportações, a circulação das pessoas, desenvolver uma política mercantilistas “put england first”. Existe de facto a tentativa de fechar a Grã-Bretanha, mas não se esqueça que existem dois grupos que votaram a favor do “brexit”. Enquanto um deles que é muito radical defende o fecho da Grã-Bretanha e a sua afirmação nos mercados alternativos asiáticos e da Commonwealth, o outro defende simultaneamente o fecho e a continuação da ligação com a União Europeia, como maior bloco económico mundial (os Estados Unidos ocupam 2.º lugar, China está em 3.º lugar e o Japão em 4.º lugar). .

12. BEMBE, Miguel D. Análise da situação Político-Estratégica Internacional de 2015 e Prospectivas para 2016, incluindo a Política Externa e a Diplomacia de Angola, Programa do Canal 1 da Televisão Pública de Angola "TPA GLOBAL", 13 de Janeiro de,2016 (Entrevista).
Primeira Entrevista do Programa TPA Global, transmitida pela Televisão Pública de Angola (TPA), durante o ano de 2016 (13 de Janeiro).

13. BEMBE, Miguel D. As transformações do Novo Terrorismo Internacional, Programa da Televisão Pública de Angola "TPA GLOBAL", 26 de Agosto de,2015 (Entrevista).
14. BEMBE, Miguel D. O Terrorismo Transnacional, Programa da Televisão Pública de Angola "TPA GLOBAL", 10 de Setembro de ,2014 (Entrevista).
Entrevista realizada no âmbito do 13.º Aniversário dos sinistros atentados terroristas de 11 de Setembro de 2001, contra os Estados Unidos da América, especialmente, a World Trade Center (Nova Iorque) e o Pentágono (Washington). Apresentador: Jornalista Isidro Sanhanga.

15. BEMBE, Miguel D. Centro de Investigação e Análise de Políticas e Sistemas Eleitorais (CIAPSE) da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), RNA/TPA,2013 (Divulgação).
16. Bembe, Miguel C. D. Segurança e Defesa - perspectivas global, regional e nacional,2010 (Comentário).
17. Bembe, Miguel C. D. Actualidade política mundial, regional e nacional,2010 (Entrevista).
18. Bembe, Miguel C. D. Conferência subordinado ao tema "O Terrorismo Transnacional",2010 (Divulgação).
19. Bembe, Miguel C. D. Comentários sobre a Tese de Mestrado em Estratégia subordinado ao tema: A Questão de Cabinda - Uma análise sócio-política, apresentado em 31 de Março, na Universidade Técnica de Lisboa. ,2009 (Entrevista).
20. Bembe, Miguel C. D. "A victim of his conviction: António Bento Bembe is a man of peace with a unique ambition", Holanda.,2005 (Entrevista).
21. Bembe, Miguel C. D. Declarações sobre a libertação provisória de António Bento Bembe - Palácio da Justiça - Países Baixos,2005 (Comentário).
22. Bembe, Miguel C. D. Gestão e contenção de conflitos em África - caso do Enclave angolano de Cabinda,2005 (Entrevista).

Relatório de investigação
Technical report
1. Bembe, Miguel C. D. O Estudo Científico da Política: Os paradigmas da Ciência Política,2010.
2. Bembe, Miguel C. D. Cidadania, enquanto corpus de direitos e deveres: um olhar angolano,2009.
3. Bembe, Miguel C. D. Acordos de Luena e de Namibe: breve estudo comparado,2009.
4. Bembe, Miguel C. D. Geopolítica do terrorismo global: as teorias em confronto,2008.
5. Bembe, Miguel C. D. Análise do Relatorio “The Burden of Crime in the EU - A Comparative Analysis of the European Crime and Safety Survey (EU ICS)”, 2005.,2008.
6. Bembe, Miguel C. D. A Expansão do Islão na África,2008.
7. Bembe, Miguel C. D. A Criminalidade Informatica no quadro da Proteccao de Dados Pessoais,2008.
8. Bembe, Miguel C. D. Análise da Política Comum em Matéria de Migração e Integração,2008.
9. Bembe, Miguel C. D. Caracterização do Sistema Político Internacional Contemporâneo: Tendências de Evolução,2007.
10. Bembe, Miguel C. D. Análise de conflitos: Esboço da Teoria geral,2007.
11. Bembe, Miguel C. D. As Relações Civil-Militares no Mundo Actual,2006.
12. Bembe, Miguel C. D. A Única Superpotência Mundial e a Redefinição do Interesse Nacional,2006.
13. Bembe, Miguel C. D. Políticas Públicas: Estudos, Actores, Tipo de Políticas & Formulação,2006.
14. Bembe, Miguel C. D. Princípios Estratégicos Básicos Aplicados ao Estado e Empresas,2006.
15. Bembe, Miguel C. D. Imigração, Exclusão e Inclusão Social,2005.
16. Bembe, Miguel C. D. Sistema de Gestão de Clínicas e Consultórios Médicos,2005.
17. Bembe, Miguel C. D. Imigração e Desenvolvimento Económico,2005.
18. Bembe, Miguel C. D. Imigração e Reagrupamento Familiar,2005.
19. Bembe, Miguel C. D. Segurança dos Sistemas e Redes,2005.
20. Bembe, Miguel C. D. Concepção de um Sistema de Venda de Livros (OnLine),2005.
21. Bembe, Miguel C. D. A Indispensabilidade da Actividade Diplomática,2004.
22. Bembe, Miguel C. D. Compreender a Causa de Cabinda,2004.
23. Bembe, Miguel C. D. Ética e Política,2003.
24. Bembe, Miguel C. D. Breve abordagem das Organizações Políticas Internacionais & Funcionários Públicos Internacionais,2003.
25. Bembe, Miguel C. D. Conception d'un Système d'Information pour la Gestion des Hôtels,2001.
26. Bembe, Miguel C. D. Gestion Informatisée des Réservations de Places dans un Hôtel: Cas de l'Hôtel Premier Bassin de Boma,1999.





Dados Complementares (Additional data)


Orientações
Orientations


Tese de Doutoramento
Phd Thesis
Em curso
Ongoing
1. Mestre António Mabeca Maiandi, A Reforma Administrativa em Angola, 2017. Tese (Doutoramento em Ciências Sociais, na especialidade de Administração Pública) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Co-orientador).
Orientador: Doutor Carlos Maria Feijó, Prof. Titular da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto e Co-orientador: Doutor Miguel César Domingos Bembe, Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
2. Mestre Germano Mananga, Políticas de Segurança Comum Europeia, 2017. Tese (Doutoramento em Ciências Sociais, especialização em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Orientador: Doutor Miguel César Domingos Bembe, Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
3. Mestre Américo Kolonha Chivukuvuku, A Contribuição dos Partidos Políticos com Representação Parlamentar no Processo de Democratização de Angola (1991-2017), 2017. Tese (Doutoramento em Ciências Sociais, especialização em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Co-orientador).
Orientador: Doutor Paulo Horácio de Cerqueira Carvalho, Prof. Titular da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto e Co-orientador: Doutor Miguel César Domingos Bembe, Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
4. Mestre André de Jesus Moda, Avaliação do Potencial Produtivo de Biogás e Bioenergia: Pressuposto Contributo no Sistema Energético Nacional, 2015. Tese (Doutoramento em Agro-Engenheira) - Universidade Politécnica de Madrid (UPM) (Co-orientador).
Orientador: Professor Doutor David Pereira Jerez; Co-orientador: Professor Doutor Miguel César Domingos Bembe .


Dissertação de Mestrado
Master degree dissertation
Concluídas
Completed
1. Licenciado Élton da Cruz Peixoto, República de Angola: Da Autoridade Tradicional ao Poder de Estado, 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em C. Política Aplicada) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Com a co-orientação do Prof. Alexandre Tshingana Massuela, M.Sc.
2. Licenciado Paulo Jorge Fortunato Gil, Participação Política dos Jovens no Processo de Tomada de Decisões no Município de Belas, 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em C. Política Aplicada) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Orientador: Miguel César Domingos Bembe, Ph.D. & Co-orientador: Abel Diógenes Montes Lelo, M.Sc.
Em curso
Ongoing
1. Licenciado Raúl Manuel Danda, Cabinda: Contribuição para um Estatuto Político-Administrativo, 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em C. Política Aplicada) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
2. Licenciado Afonso Bianda, A implementação das Autarquias Locais em Angola (Caso do município de Kilamba Kiaxi). , 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em Adm. Autárquica) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
3. Licenciada Felisberta Alcínio Pinheiro, Impacto da Motivação e sua Influência na Auto-Estima dos Funcionários da Função Pública no Município da Maianga (Caso do MAPTSS) , 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em Administração Pública) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
4. Licenciado Adilson Leandro de Almeida Paulo, Sucessos e Fracassos em processos Eleitorais: Implicações e experiências em decisão de absentismo e voto nulo, 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em C. Política Aplicada) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
5. Licenciado Gabriel José Capomba Magalhães, Implicações e Tendências de Evolução da Democracia em Angola (1991-2010), 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em C. Política Aplicada) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Co-orientador).
Orientadora: Professora Doutora Luizia Milagre; Co-orientador: Professor Doutor Miguel César Domingos Bembe.
6. Licenciado António Pedro Caxala, O Estado e a Protecção dos Recursos Biológicos Aquáticos em Angola, 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em Administração Pública) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Orientador: Professor Doutor Miguel César Domingos Bembe; Co-orientador: Mestre Carlos Alberto Cavuquila .
7. Mestre Fernando Muquepe, Identidade Ideológica dos Partidos Políticos Angolanos, 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em C. Política Aplicada) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Co-orientador).
Orientador: Professor Doutor Mateus Paulo Sebastião dos Santos; Co-orientador: Professor Doutor Miguel César Domingos Bembe.


Trabalho de conclusão de curso de Bacharelato/Licenciatura
Bachelor/Licenciate degree conclusion work
Concluídas
Completed
1. Nádia Marília Marques Diogo Ferreira da Silva, As Relações de Cooperação Angola-China - Uma perspectiva Jurídico-Internacional (2012-2016), 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Direito, opção Regulação Pública da Economia) - Universidade Metodista de Angola (Co-orientador).
Orientador: Doutor José Vilema Paulo, Docente na Universidade Metodista de Angola (U.M.A.).
2. Eugénio Daniel Lucas, O PROCESSO DE INTEGRAÇÃO NA SADC - Enquadramento das Linhas de Força da Política Externa de Angola (2012-2016), 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Co-orientador).
3. Luzádio Daniel Xixi, Desafios da União Africana na Prevenção e Resolução de Conflitos Político-Militares na RDC, 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Co-orientador: Mestre Abel Diógenes Montes Lelo.
4. Helvarina Iriana José Pereira, Políticas e Estratégias de Desenvolvimento da Juventude na área do Desporto (Caso de estudo de Angola 2008-2012)., 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Concluiu o trabalho em Agosto de 2015.
5. Daniel Ndongala Kiambi, Políticas de Segurança e Defesa em Angola - Realidade e Perspectivas (2002-2012), 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Concluiu o trabalho em Agosto de 2016.
6. Feliciana Pedro João, Angola no Conselho de Segurança das Nações Unidas: Contributo para a paz e estabilidade em África, 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Concluiu o trabalho no dia 03 de Novembro de 2016.
7. Santos Manuel Pascoal Quituto, O Papel do Presidente da República no Funcionamento do Sistema Político em Angola (2010-2012), 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
8. Yonária Serafina Cassoca Faria de Oliveira , Políticas do Executivo Angolano em matéria do Ensino Geral: Organização e Perpectivas futuras, 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Concluiu o trabalho em Agosto de 2016.
9. Teresa Francisco Cassule, O Papel dos Partidos Políticos na Dinâmica Democrática em Angola (1991-1992), 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
10. Teresa de Jesus Diogo Monteiro, O Impacto da Política do Executivo Angolano no Combate à Violência Doméstica (2008-2014), 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
11. Pinto Marcos Joaquim, O Impacto Político da Instauração do Regime Democrático em Angola (1992-2014), 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
12. Venâncio da Rosa Domingos Mulonde, Análise das Políticas Sociais na Província do Cuanza-Sul (2008-2014), 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Concluiu o trabalho em Julho de 2016.
13. Alberto Vatocota, O Processo de Pacificação de Angola: principais acordos políticos (1975-2002) , 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
14. Márcia António Manuel, A Política Externa Angolana - Desafios de Cooperação com Portugal (2005-2011), 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Presidente do juri: Mário Pinto de Andrade, M.Sc.; 1.º Vogal (arguente): , Ilonka Dilvânio de Assis e Costa, M.Sc., 2.º Vogal (Orientador): Miguel Domingos Bembe, M.Sc. Apresentou as provas públicas no dia 04.01.2013 (16 Valores). .
15. Edmundo Francisco da Silva Bumba, Imigrações Ilegais: Consequências para Angola 2002-2012, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
16. Abílio André, O Papel dos Médias para a Consolidação da Democracia em Angola (1991-2002), 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
17. António Saúde Cabina, Dinâmica das Classes Sociais na vida Político-Partidária em Angola., 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
18. Sérgio Manuel Nongo, Implementação das Autarquias Locais em Angola - Oportunidades e Desafios, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
19. Carlos Higino Kapusso, Consequências dos Atentados de 11 de Setembro de 2011 nos EUA na Resolução dos Conflitos Armados (O Caso de Angola), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
20. Tânia Manuela Ferreira Mangueira , O Papel de Angola na Resolução do Conflito nos Grandes Lagos, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais (Orientador).
21. Quércia Agnela Peres Zage, Cidadania e Participação Política – Uma Análise da Realidade Angolana., 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
22. Ana Palmira Dinis Quicomo, Marketing Político no Contexto Angolano, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais (Orientador).
23. Pedro Muzemba, Sociedade Civil e Participação Política em Angola (1992-2008), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
24. Maurício Damião Domingos Gaspar, Políticas Públicas no domínio da Saúde em Angola (2008-2011), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
25. Francisco Frederico, Políticas e Estratégias Nacionais no contexto dos Registos e Notariado., 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Provas Públicas realizadas em Outubro de 2013, com a ausência do Orientador.
26. Manuel Marcelino Canhão, Acções da União Africana na Região de CEDEAO - Estudo Caso Guiné-Bissau, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais (Orientador).
27. Congo Francisco, Cultura Democrática e Dinâmicas do Sistema Político Angolano (2002-2010), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Concluiu o trabalho em Julho de 2016.
28. David Adelino da Silva Manuel , Contributos da Educação e da Informação no processo de participação política em angola 2008-2015, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).
Em curso
Ongoing
1. Graça Silvana Maiomona, O Tratado de Simulambuco e sua Importância para a História de Angola, 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em História) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Orientador).


Participação no júri de Graus Académicos
Academic Degrees jury participation


Doutoramento
Phd
1. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Maria das Neves Ceita Batista de Sousa. São Tomé e Príncipe como um Gateway Regional – Estratégia para um Desenvolvimento Sustentável, 19 de Outubro de , 2017. Tese (Doutoramento em Ciências Sociais-Especialização em Desenv. Sócio-Económico) - Instituto Superior d Ciências Sociais e Políticas da Universidade d Lisboa.
O acto de defesa pública teve lugar na Aula Magna Professor Doutor Adriano Moreira do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa (piso - 1), no dia 19 de Outubro de 2017, às 15H00, com o Júri seguinte: Presidente – Doutor Manuel Meirinho Martins, Professor Catedrático e Presidente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Vogais – Doutor Heitor Alberto Coelho Barras Romana, Professor Catedrático do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutora Maria Celeste Gomes Rogado Quintino, Professora Associada do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor Manuel Ivens Pitta Ferraz, Professor Catedrático Convidado da Nova School of Business & Economics da Universidade Nova de Lisboa; Doutor Álvaro Luís Correia de Nóbrega, Professor Auxiliar do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor Miguel César Domingos Bembe, Professor Auxiliar do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto; Doutora Maria João Militão Ferreira de Sousa Pereira, Professora Auxiliar do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. A tese foi orientada pelo Professor Catedrático Doutor Heitor Alberto Coelho Barras Romana e Co-orientada pela Professora Associada com Agregação Doutora Carla Margarida Barroso Guapo da Costa. A Candidata foi aprovada com Distinção.

2. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Justino da Glória Ramos. As dimensões da Política Interna e Externa Angolana e a sua Influência na História das Relações Internacionais Contemporâneas (1975-2002), 17 de Junho de, 2015. Tese (Doutoramento em História Moderna e Contemporânea - Especialização em R.I.) - ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa.
O acto de defesa pública teve lugar no Auditório Afonso de Barros da Ala Autónoma do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL, no dia 17 de Junho de 2015 (quarta-feira), às 10H00, precedido de uma reunião preliminar do Júri realizada na sala 341 (3º Piso) do mesmo edifício. O Júri foi constituído por : Presidente – Professora Doutora Maria João Vaz, Presidente da Comissão Científica de História do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL); Vogais – Professor Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente Principal); Professor Doutor Francisco Miguel Gouveia Pinto Proença Garcia; Professor Doutor Eduardo Maria Costa Dias Martins; Professor Doutor Tiago da Mota Veiga Moreira de Sá; Professor Doutor Armando Manuel de Barros Serra Marques Guedes (Orientador); Professor Doutor Luís Nuno Valdez Faria Rodrigues (Co-orientador). O Candidato foi aprovado por unanimidade com distinção (Doutoramento em História Moderna e Contemporânea - Especialização em Relações Internacionais.

3. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Gilberto da Piedade Veríssimo. A Posição Estratégica de Angola no Golfo da Guiné - Contributo para as políticas Externa e de Defesa, 31 de Outubro de, 2014. Tese (Doutoramento em Ciências Sociais - Especialização em Estudos Estratégicos ) - Instituto Superior d Ciências Sociais e Políticas da Universidade d Lisboa.
O acto de defesa pública teve lugar na Aula Magna Professor Doutor Adriano Moreira do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa (piso - 1), no dia 31 de Outubro de 2014, às 15H30, com o Júri seguinte: Presidente – Doutor Manuel Meirinho Martins, Professor Catedrático e Presidente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Vogais – Doutor Adriano José Alves Moreira, Professor Catedrático Emérito do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor António Costa de Albuquerque de Sousa Lara, Professor Catedrático do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor José Carlos Gaspar Venâncio, Professor Catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade da Beira Interior; Doutor António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro, Professor Catedrático Convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor Heitor Alberto Coelho Barras Romana, Professor Associado com Agregação do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor Miguel César Domingos Bembe, Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto. O Candidato foi aprovado por unanimidade com a classificação de Muito Bom.



Mestrado
Master degree
1. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Gaspar dos Santos Cardoso. O Papel de Angola na resolução pacífica dos Conflitos nos Grandes Lagos - RDC (2012-2015), 2017.  Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em Adm. Autárquica) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Em avaliação prévia! Júri constituído por Despacho n.º 0450/2016, de 25 de Outubro da Magnífica Reitora da UAN, Prof.ª Doutora Maria do Rosário Bragança Sambo. Prof. Doutor Víctor Kajibanga (Presidente), Prof.ª Doutora Luzia Milagre, Prof. Doutor Daniel Mingas, Prof. Doutor Miguel Bembe (Vogais) e Prof. Doutor Hermenegildo Avelino (Orientador).
2. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Mauro Alexandre dos Santos Quitumbo. O Processo de Descentralização Territorial em Angola: Contribuição para a Construção de uma Hipótese para o Município de Luanda, 2016.  Dissertação (Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública - Esp. em Adm. Autárquica) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
O acto de defesa pública teve lugar no Auditório 211 do Edifício 1 da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), no dia 21 de Dezembro de 2016 (quarta-feira), às 11H00, precedido de uma reunião preliminar do Júri realizada no Gabinete do Prof. Doutor Victor Kajibanga, Decano da FCS-UAN (2º Piso) do mesmo edifício. O Júri foi constituído por: Presidente – Doutor Victor Mário Chicua Kajibanga, Professor Titular, Decano da Faculdade de Ciências Sociais da FCS-UAN; Vogais – Doutora Isabel Maria Nunes da Silva Martins, Professora Associada da Faculdade de Engenharia da UAN; Doutora Maria da Conceição Neto, Professora Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais da UAN, Doutor Miguel César Domingos Bembe, o, Professora Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais da UAN; Doutor Luiekakio Afonso, o, Professora Associado da Faculdade de Ciências Sociais da UAN (Orientador). O Candidato foi aprovado por unanimidade com a classificação de Bom, com 16 Valores (Mestrado em Ciência Política e Administração Pública, especialização em Administração das Autarquias. Entre outros, assistiu o evento, Mestre Frederico Emiliano Satumbo (Co-orientador). .


Bacharelato/Licenciatura
Degree of licentiate
1. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Manuel Alberto Mbuco. Sistema Penitenciário Angolano e seu Efeito na Segurança Nacional - O quotidiano da População Penal (Estudo de Caso: Comorca de Viana - 2014-2017), 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 27 de Junho de 2016 (quarta, pelas 12h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre João Manuel "Pinto" (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Mestre Manuel da Silva Palanca (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram amigos e colegas da turma.
2. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Barroso Francisco Quissanga. O Impacto da Política Externa de Angola na Resolução dos Conflitos na Região da SADC (2014-2017), 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 27 de Junho de 2018 (quarta-feira, pelas 14h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 18 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Manuel da Silva Palanca (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Prof. Doutor David Leão Faria (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram os amigos e colegas da turma.
3. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Moisés Lucas Nango. As Implicações Políticas do Memorando de Entendimento do Luena na Afirmação do Interesse Nacional - Uma análise da interacção entre os Partidos Políticos angolanos (2002-2018), 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 27 de Junho de 2018 (quarta-feira, pelas 10h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 17 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor David Leão Faria(Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Mestre Alexandre Tshingana Massuela (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram amigos e colegas da turma.
4. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Stela Guiomar Cândida. Política de Regulamentação das Telecomunicações em Angola - Estudo de Caso INACOM (2013-2018), 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 28 de Junho de 2018 (quinta-feira, pelas 12h10 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Presidente), Mestre Alexandre Tshingana Massuela (Arguente), Prof. Doutor David Leão Faria (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram a filha da candidato, amigos e colegas da turma.
5. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Luzádio Daniel Xixi. Desafios da União Africana na Prevenção e Resolução de Conflitos Político-Militares na República Democrática do Congo (2008-2016), 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 27 de Junho de 2018 (quarta, pelas 13h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor David Leão Faria (Presidente), Mestre Patrício Munengu Mangovo (Arguente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram a família do candidato, incluindo o pai, irmã, amigos e colegas da turma.
6. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Eugénio Daniel Lucas. O Processo de Integração na SADC - Enquadramento das Linhas de Força da Política Externa de Angola (2012-2016), 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 28 de Junho de 2018 (quinta-feira, pelas 10h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 17 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor David Leão Faria (Presidente), Prof. Doutor Paulo Fernando Faria (Arguente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram os Professores Alexandre Manuel amigos e Manuel da Silva Palanca, amigos e colegas da turma.
7. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Júlio Domingos Zua. O Papel da Organização das Nações Unidas na Resolução do Conflito Angolano (1992-2002), 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 27 de Junho de 2018 (quarta-feira, pelas 11h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor David Leão Faria (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Mestre Manuel da Silva Palanca (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram os amigos e colegas da turma.
8. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Daniel Ngongala Kiambi. Políticas de Segurança e Defesa em Angola (2002-2012), 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Acto de Defesa Pública realizada em Luanda, no dia 28 de Abril de 2017 (Sexta-feira, pelas 11h45 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), tendo obtido a classificação de Muito Bom, com 17 Valores/20. O Júri foi composto pelo: Prof. Doutor Conceição João Paulo Faria (Presidente), Prof. Doutor e Brigadeiro Gilberto da Piedade Veríssimo (Arguente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Orientador) e Secretariou Sra. Júlio Simão. Assistiram o Prof. Doutor Mateus Sebastião Paulo dos Santos, Prof. Doutor David Leão Faria, Prof. Mestre Manuel da Silva Palanca, o irmão Mais velho, estudantes da FCS-UAN e colegas do candidato.
9. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Adriano Lenine Nazaré Quinga. A Evolução do Sistema Político em Angola (1992-2014), 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 07 de Março de 2017 (terça-feira, pelas 12h45 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 14 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor Miguel César Domingos Bembe (Presidente), Mestre Abel Diógenes Montes Lelo (Arguente), Doutor David Leão Faria (Orientador) e Secretariou Sra. Júlio Simão. Assistiram Docentes, estudantes da FCS-UAN e colegas do candidato.
10. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de António Quiriri Pedro. Regime Político e Sistema de Governo na Constituição Angolana de 2010, 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Provas de Defesa Pública realizada no dia 28 de Abril de 2017 (sexta-feira, pelas 9h45 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 18 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor Fernando Paulo Faria (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Prof. Mestre e Deputado João Manuel Francisco "João Pinto" (Orientador) e Secretariou Sra. Júlio Simão. Assistiram família do estudante, incluindo pai e mãe, Prof. Mestre Manuel da Silva Palanca, estudantes da FCS-UAN e colegas do candidato.
11. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Olímpio Agapito Carlos Suca. A Política Externa nas Relações de Cooperação Bilaterais entre Angola e Cuba (2009-2015), 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 23 de Dezembro de 2016 (sexta-feira, pelas 14h00 horas), na sala 210, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Profª. Doutora Conceição Neto (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Prof. Doutor David Leão Faria (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram Mestre Manuel da Silva Palanca, amigos e colegas da turma.
12. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Ivanildo da Graça Pacheco Polo. Política Externa da República de Angola - Contributos na preservação de soberania e integridade territorial (2008-2014) , 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 28 de Dezembro de 2016 (quarta-feira, pelas 11h00 horas), na sala 210, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Manuel da Silva Palanca (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Prof. Doutor David Leão Faria (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram a família do candidato, incluindo os pais, irmãos, a esposa, amigos e colegas da turma.
13. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Julieta Tomás Silva Francisco Capapelo. A Importância dos Acordos de Alvor no Processo de Descolonização de Angola (1971-1975), 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 28 de Dezembro de 2016 (quarta-feira, pelas 12h00 horas), na sala 210, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Manuel da Silva Palanca (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Prof. Doutor David Leão Faria (Orientador) e Sr. Pinto Marcos (Secretário). Assistiram a família da candidata, incluindo o pai, irmãs, amigos e colegas da turma.
14. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Ildefonso António Pereira Cândido. A Importância da Descentralização Administrativa em Angola - Caso do Município do Chunhinga, 11 de Outubro de, 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 13 de Outubro de 2016 (quinta-feira, pelas 12 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido a menção de Muito Bom com 18 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Manuel da Silva Palanca em substituição de Doutor Miguel César Domingos Bembe (Presidente), Doutor David Leão Faria (Arguente), Mestre Mário Pinto de Andrade (Orientador) e Secretariou a Senhora Júlia Simão.
15. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Edilson José André Cambole. O Papel das Nações Unidas na Resolução dos Conflitos na Região dos Grandes Lagos: Caso Ruanda (1994-1999), 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 02 de Junho de 2016 (quinta-feira, pelas 10h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor Gilberto da Piedade Veríssimo (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Prof. Doutor David Leão Faria (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram a família do candidato, incluindo a Mãe, a Esposa e Filho, amigos e colegas da turma.
16. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Matadi Maketa Manza Rodrigues. As Causas da Mudança do Sistema Pardário em Angola (1991-1992), 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 08 de Novembro de 2016 (terça-feira, pelas 12h30 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 14 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor Miguel César Domingos Bembe (Presidente), Mestre Abel Diógenes Montes Lelo (Arguente), Doutor David Leão Faria (Orientador) e Secretariou a Senhora Júlia Simão. Assistiram colegas estudantes e familiares do candidato, incluindo esposa e irmãos.
17. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Maria José Cardoso Mateus da Silva. O Impacto da Reforma da Organização das Nações Unidas no seio da Comunidade Internacional, 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 21 de Dezembro de 2016 (quarta-feira, pelas 10h00 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 14 Valores/20 com o seguinte Júri: Prof. Doutor David Leão Faria (Presidente), Prof. Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Mestre Mateus Francisco Mateus (Orientador) e Sra. D.ª Júlia Simão (Secretária). Assistiram amigos e colegas da turma.
18. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Felizberto Francisco Calesso Elavoco .  O Caminho-de-Ferro de Benguela - Contributo para o desenvolvimento sócio-económico de Angola e da África Austral, 01 de Novembro de , 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 01 de Novembro de 2016 (terça-feira, pelas 12 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Manuel da Silva Palanca(Presidente), Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Mestre Alexandre Tshingana Massuela (Orientador) e Secretariou .... Assistiram Docentes, estudantes da FCS-UAN e colegas e familiares do candidato, incluindo a Mãe.
19. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Teresa de Jesus Diogo Monteiro. O Impacto da Política do Executivo Angolano no Combate à Violência Doméstica (2008-2014), 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública -Esp. em Administração da Saúde) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 12 de Maio de 2016 (quinta-feira, pelas 11 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor David Leão Faria (Presidente), Mestre Teodora Benjamim (Arguente), Doutor Miguel César Domingos Bembe (Orientador) e Secretariou o Mestre Manuel da Silva Palanca. Assistiram a família da candidata, incluindo o Esposo, filhos e irmãs, os colegas da turma e o Prof. Doutor Mingiedi Nzinga.
20. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Carlos Ferreira Canga Luanda. Organização Administativa das Autarquicas Locais em Angola: Caracterização da Cidade do Kilamba, 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 12 de Maio de 2016 (quinta-feira, pelas 12 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Manuel da Silva Palanca (Presidente), Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Doutor Mingiedi Nzinga (Orientador) e Secretariou o Linc. Pinto Joaquim. Assistiram a família do candidato, incluindo a Mãe, a Sogra, a Esposa e irmãos e colegas da turma e os Professores Doutor David Leão Faria e Mestre Teodora Benjamim.
21. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Venâncio da Rosa Domingos Mulonde. Análise Sócio-Política da Província do Cuanza-Sul (2012-2015), 11 de Outubro de, 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 11 de Outubro de 2016 (terça-feira, pelas 11 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido a menção Excelente com 19 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Manuel da Silva Palanca (Presidente), Doutor David Leão Faria (Arguente), Doutor Miguel César Domingos Bembe (Orientador) e Secretariou a Senhora Júlia Simão. Assistiram Docentes, estudantes da FCS-UAN e colegas e familiares do candidato, incluindo a mãe.
22. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Congo Francisco. Cultura Democrática e Dinâmica do Sistema Político Angolano (1992-2010), 11 de Outubro de, 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 11 de Outubro de 2016 (terça-feira, pelas 11 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 19 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor David Leão Faria (Presidente), Mestre Manuel da Silva Palanca (Arguente), Doutor Miguel César Domingos Bembe (Orientador) e Secretariou a Senhora Júlia Simão. Assistiram Docentes, estudantes da FCS-UAN e colegas e familiares do candidato.
23. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Nilton Cardoso Nogeuria da Rocha. As Fronteiras Africanas e a Problemática das Migrações em Angola (2010-2015), 11 de Outubro de, 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 11 de Outubro de 2016 (terça-feira, pelas 11 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor David Leão Faria (Presidente), Doutor Miguel César Domingos Bembe (Arguente), Mestre Manuel da Silva Palanca (Orientador) e Secretariou a Senhora Júlia Simão. Assistiram Docentes, estudantes da FCS-UAN e colegas e familiares do candidato.
24. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Santos Manuel Pascoal Quituto. Os Poderes do Presidente da República no Funcionamento do Sistema de Governo em Angola (2010-2014), no dia 14 de Agosto de , 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública -Esp. em Administração da Saúde) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 14 de Agosto de 2015, tendo obtido 17 Valores/20 com o seguinte Júri: Mestre Ilonka de Assis Dilvânio Costa Doutor José Cahimbue (Presidente), (Mestre Alexandre Tshingana Massuela, Arguente) e Doutor Miguel Bembe (Orientador) e Sr. (Secretário). Assistiu o Professor Doutor Víctor Kajibanga, Decano da Faculdade de Ciências Sociais da UAN. .
25. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Pinto Marcos Joaquim. O Impacto Político da Instauração do Regime Democrático em Angola (1991-2012), no dia 14 de Agosto de , 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 14 de Agosto de 2015, tendo obtido 17 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor José Cahimbue (Presidente), Mestre Ilonka de Assis Dilvânio Costa (Arguente) e Doutor Miguel Bembe (Orientador) e Sr. (Secretário). Entre outros presentes, destaca-se o Professor Doutor Víctor Kajibanga, Decano da Faculdade de Ciências Sociais da UAN. .
26. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Lídia Inácio Paixão. A União Africana e a Gestão, Resolução de Conflitos em África - Caso da Somália (2006-2010), no dia 06 de Junho de , 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 06 de Junho de 2015, tendo obtido 13 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor Conceição Paulo Faria(Presidente), Doutor Miguel Domingos Bembe (Arguente), Mestre Mário Pinto de Andrade (Orientador), e Mestre Ilonka de Assis Dilvânio Costa (Secretário). .
27. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Helvarina Iriana José Pereira. O Desporto como factor de Desenvolvimento e Unidade do Povo Angolano (2002-2014), 03 de Dezembro de, 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada no dia 03 de Dezembro de 2015 (quinta-feira, pelas 11 horas), na sala 211, do Edifício I da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN), tendo obtido 17 Valores/20 com o seguinte Júri: Doutor David Leão Faria(Presidente), Mestre Abel Diógenes Montes Lelo (Arguente), Doutor Miguel César Domingos Bembe (Orientador) e Secretariou o estudante _______. Assistiu o Professor Albino da Conceição José, Secretário de Estado para o Desporto do Ministério da Juventude e Desportos do Governo da República de Angola.
28. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Manuela Alves Domingos. O Processo Histórico e Evolutivo do Ministério do Interior: Estudo de Caso do SME (1992-2008), no dia 05 de Maio de , 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: Doutor Conceição Paulo Faria, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Mestre Mário Pinto de Andrade. O Acto de defesa teve lugar no dia 05 de Maio de 2014, tendo o Candidato sido aprovado com 13 Valores.
29. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Teresa Francisco Cassule. O Papel dos Partidos Políticos na Dinâmica Democrática em Angola (1991-1992), no dia 19 de Dezembro de, 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
A defesa deste Trabalho de Fim do Curso teve lugar no dia 19.12.2014. O Júri foi constituído por Doutora Conceição Neto (Presidente), Doutor Conceição Paulo Faria (1.º Vogal) e Dr. Gabriel Capomba Magalhães (2.º Vogal), em representação do Doutor Miguel Bembe que se encontrava em viagem de serviço em Washington D.C. e Paris. A Candidata aprovou com 15 Valores.
30. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Alberto Vatocota. O Processo de Pacificação de Angola: principais acordos políticos (1975-2002), no dia 19 de Dezembro de, 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
A defesa deste Trabalho de Fim do Curso teve lugar no dia 19.12.2014. O Júri foi constituído por Doutora Alda Pegado (Presidente), Doutor Conceição Paulo Faria (1.º Vogal) e Dr. Gabriel Capomba Magalhães (2.º Vogal), em representação do Doutor Miguel Bembe que se encontrava em viagem de serviço em Washington D.C. e Paris. O Candidato aprovou com 13 Valores.
31. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Teresa Fernando Chilola Lemos. Angola no Contexto da Globalização, no dia 08 de Agosto de, 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
A defesa deste Trabalho de Fim do Curso teve lugar no dia 08.08.2014. O Júri foi constituído por Doutor Miguel Bembe (Presidente), Mestre Ilonka Costa (1.º Vogal) e Mestre Manuel da Silva Palanca (2.º Vogal). A Candidata aprovou com 14 Valores.
32. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Cornélio Pucoca Chipandeca. O Papel da ONU nos Conflitos Internacionais: Caso da Síria (2011-2013), no dia 09 de Julho de, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do júri: Mateus Paulo dos Santos, Ph.D., 1.º Vogal: Miguel Domingos Bembe, M.Sc., 2.º Vogal: Manuel da Silva Palanca, M.Sc. Segunda-feira, 09.07.2013, 16 Valores.
33. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Márcia António Manuel. A Política Externa de Angola - Desafios de Cooperação com Portugal (2005-2011), no dia 04 de Janeiro de , 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
A defesa teve lugar no dia 04 de Janeiro de 2013, com o seguinte Júri: Mário Pinto de Andrade (Presidente), Ilonka Costa Assis (1.º Vogal) e Miguel Bembe (2.º Vogal). A Candidata aprovou com 16 Valores.
34. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Hélder Mendonça Francisco de Almeida. Situação Sócio-Política e Económica do Município do Sambizanga e a sua Repercussão na vida dos Cidadãos (2007-2010), no dia 04 de Janeiro de , 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do juri: David Leão Faria, Ph.D.; 1º Vogal (Arguente): Miguel Bembe, M.Sc.; 2.º Vogal (Orientador): Mário Pinto de Andrade, M.Sc. Secretário: Malundame Panda, Lic. O acto de defesa teve lugar no dia 04 de Janeiro de 2013. O Candidato aprovou com 17 Valores. .
35. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Abílio André. O Papel dos Médias para a Consolidação da Democracia em Angola, no dia 04 de Janeiro de, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: Doutor David Leão Faria, 1º Vogal: Mestre Mário Pinto de Andrade, 2.º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe. O Acto de defesa teve lugar no dia 04 de Janeiro de 2013, tendo o Candidato sido aprovado com 16 Valores.
36. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Maurício Damião Domingos Gaspar. Políticas de Saúde Pública em Angola (2002-2008), no dia 27 de Setembro de , 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
A defesa deste Trabalho de Fim do Curso teve lugar no dia 27 de Setembro de 2013. O Júri foi constituído por Doutor Conceição Paula Faria (Presidente), Mestre Fernandes Paulo Faria (1º Vogal) e Mestre Miguel Bembe (2.º Vogal). O Candidato foi aprovado com 15 valores.
37. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Edmundo Francisco da Silva Bumba. O Fenómeno da Imigração Ilegal - Consequências para Angola, no dia 04 de Janeiro de , 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: Mestre Fernando Paulo Faria, 1º Vogal: Mestre Fernando Muquepe, 2º Vogal: Mestre Miguel Bembe. O acto de defesa teve lugar no dia 04 de Janeiro de 2013. O Candidato aprovou com 16 Valores.
38. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Sérgio Manuel Nongo. Implementação das Autarquias Locais em Angola - Oportunidades e Desafios, no dia 09 de Julho de, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente dó júri: Mateus Paulo Sebastião dos Santos, Ph.D., 1.º vogal: Ilonka de Assis, M.Sc., 2.º Vogal: Miguel Bembe, M.Sc. Segunda-feira, 09 de Julho de 2013 (17 Valores).
39. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Miguel Capapinha. A Transição Democrática em Angola (1975-1992), no dia 18 de Dezembro de, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública -Esp. em Administração da Saúde) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada em 18.12.2013, tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Mateus Paulo dos Santos, Ph.D. (Presidente), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), Mário Pinto de Andrade, M.Sc. (2.º Vogal).
40. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de António Saúde Cabina. Dinâmicas das Classes Sociais na Vida Político-Partidária em Angola, no dia 05 de Novembro de , 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
A defesa deste Trabalho de Fim do Curso teve lugar no dia 05 de Novembro de 2013. O Júri foi constituído por Doutor Conceição Paula Faria (Presidente), Mestre Fernandes Paulo Faria (1º Vogal) e Mestre Miguel Bembe (2.º Vogal). O Candidato foi aprovado com 15 valores.
41. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Olívio Afonso Panda. O Impacto da Globalização na SADC - Sua repercursões na Sociedade Angolana (2002-2010), no dia 05 Abril de , 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Defesa realizada em 05 Abril de 2013, com o seguinte Júri: ___________ (Presidente), Miguel Domingos Bembe (1.º Vogal) e Mário Pinto de Andrade (2.º Vogal).
42. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Maria de Fátima António. Evolução do Sistema do Governo em Angola (1992-2010), 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: _______________________, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Mestre Fernando Paulo Faria. A candidata aprovou com 13 Valores. .
43. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Anselmo Kondumula. Processo de Desconcentração e Descentralização Política e Administrativa em Angola - Caso da Província do Kuando-Kubango (2002-2010), 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do juri: Mário Pinto de Andrade, M.Sc. 1.º Vogal (Arguente): Miguel Domingos Bembe, M.Sc. 2.º Vogal (Orientador): Pedro José Katchiungo (em representação do Mestre Domingos Pedro João Diogo. Secretário: Malundama Panda, Lic. .
44. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Esperança dos Anjos Gime Bernardo Gonçalves. A Importância do Pacto de Cooperação Mútua da SADC em matéria de Defesa e Segurança para a Política Externa de Angola (2000-2011), no dia 05 de Novembro de, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente: Conceição Paulo Faria, Ph.D., 1º Vogal: Miguel Domingos Bembe, M.Sc., 2.º Vogal: Mário Pinto de Andrade, M.Sc., Data: 05 de Novembro de 2013, Terça-Feira.
45. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Lopo Loureiro Fortunato e Silva. A Pobreza em Angola: Causas e Consequências - Caso do Município de Cazenga (2008-2013), no dia 01 de Novembro de, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente: Ilonka da Costa Assis, M.Sc., 1º Vogal: Miguel Domingos Bembe, M.Sc., 2.º Vogal: David Leão Faria, Ph.D., Data: 01 de Novembro de 2013, Sexta-Feira, 14h00-15h00 (16 Valores).
46. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Quércia Agnela Peres Zage. Participação Política e Cidadania em Angola (2008-2012), no dia 18 de Dezembro de, 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Cìência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Provas Públicas realizadas em 18.12.2013, tendo obtido 16 valores/20, com o seguinte Júri: Mateus Paulo dos Santos, PH.D. (Presidente), Ilonka Assis e Costa, M.Sc. (1º Vogal), Miguel Bembe, M.Sc. (2.º Vogal).
47. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Nsessani Afonso Francisco Vemba. O Papel da Opinião Pública no Processo Democrático Angolano (1992-2002), no dia 26 de Janeiro de, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciencia Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Fernando Paulo Faria, M.Sc. (Presidente do Júri), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), Adélia de Carvalho, M.Sc. (2º Vogal). O acto de defesa teve lugar no dia 26 de Janeiro de 2012.
48. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Sandra Marina Lopes Daniel. A Mulher nos Órgãos de Tomada de Decisão em Angola ( 2006-2011), no dia 26 de Janeiro de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Fernando Paulo Faria, M.Sc. (Presidente do Júri), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), Mário Pinto de Andrade, M.Sc. (2º Vogal). O acto de defesa teve lugar no dia 26 de Janeiro de 2012.
49. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Ana Palmira Dinis Quicomo. Marketing Político no Contexto Angolano, no dia 08 de Agosto de, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 08 de Agosto de 2012, tendo obtido 13 Valores/20 com o seguinte Júri: Estevão Katchiungo (Presidente), Miguel Domingos Bembe (Vogal) e José Joaquim Maria Pedro (Secretário).
50. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de António Pedro José. O Papel da Inteligência das Decisões Estratégicas do Estado Angolana – Uma Análise de 2002 a 2008, no dia 09 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 09 de Agosto de 2012, tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Miguel Bembe (Presidente), José Joaquim Maria Pedro (Vogal) e Estevão Katchiungo (Secretário). .
51. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de José Muhanda Candeeiro. O Ecoturismo, uma Alternativa ao Desenvolvimento Sustentável - Estudo de Caso da Ilha do Mossulo, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente: Miguel Domingos Bembe, 1.º Vogal:_____________________________ e 2.º Vogal: Raimundo Capitão. O Candidato aprovou com 14 Valores.
52. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de António Domingos André Lucas. O Estado Moderno e as Novas Ameaças – O Caso de Angola (2008-2011), no dia 03 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 03 de Agosto de 2012, tendo obtido 16 Valores/20 com o seguinte Júri: Luís Miguel de Barros (Presidente), José Joaquim Maria Pedro (Vogal) e Miguel Domingos Bembe (Secretário).
53. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Lucas Pedro Bona de Almeida. A Integração de Angola na SADC de 2002 a 2007 – Uma breve abordagem contextual, no dia 08 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 08 de Agosto de 2012, tendo obtido 13 Valores/20 com o seguinte Júri: Miguel Bembe (Presidente), Estevão Katchiungo (Vogal) e José Joaquim Maria Pedro (Secretário). .
54. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Nélson José do Couto Fontoura. A Primavera Árabe em África – O Caso da Tunísia, Egipto e Líbia (2010-2011), no dia 26 de Junho de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
A apreciação deste trabalho foi realizada no dia 26 de Junho de 2012, pelo Júri constituído por, Vlademiro Alves Fernandes (Presidente), José Joaquim Maria Pedro (1º Vogal) e Miguel Domingos Bembe (Secretário). O Candidato reprovou com 5 (cinco) Valores, tendo sido proposto a reformulação do respectivo Trabalho de Conclusão do Curso. .
55. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Emílio Miguel de Carvalho Sobrinho. A Importância da Implementação das Autarquias Locais em Angola - Caso do Município da Quibala), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: Doutor Mateus Paulo dos Santos, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Mestre Estevão Pedro Katchiungo. O Candidato sido aprovado com 17 Valores.
56. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Manuel Martins. As Causas de Crises e Conflitos Políticos nas Democracias Africanas (1998-2008), no dia 26 de Janeiro de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Fernando Paulo Faria, M.Sc. (Presidente do Júri), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), António Nhaga, Ph.D. (2º Vogal). O acto de defesa teve lugar no dia 26 de Janeiro de 2012.
57. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Lucas Teixeira. A Política Externa de Angola (1975-2011), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: Mestre Miguel Bembe, 1.º Vogal__________________, 2.º Vogal: Doutor David Leão Faria.
58. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Adérito Pilartes Henrique Miguel. Os Malefícios da Corrupção Política na Concretização do Estado Democrático de Direito: Algumas implicações para o Sistema Político Angolano, no dia 18 de Maio de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública -Esp. em Administração da Saúde) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: Mestre Fernando Paulo Faria, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Mestre Mário Pinto de Andrade. O acto de defesa teve lugar no dia 18 de Maio de 2011.
59. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Danilson Jorge de Oliveira Silvestre. O Papel da Polícia Nacional nos Processos Eleitorais em Angola (1992-2008), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
O Júri foi constituído por Presidente: Doutor Mateus Paulo dos Santos, 1.º Vogal: Mestre Miguel Bembe, 2.º Vogal: Doutor David Leão Faria.
60. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Agostinho Inock de Oliveira Cassange. A Comunicação como Veículo para a Resolução de Conflitos em Luanda (2008-2011), no dia 03 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 03 de Agosto de 2012, tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Miguel Bembe (Presidente), Yannick Bernardo Joaquim (Vogal) e José Joaquim Maria Pedro (Secretário).
61. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de José Cordeiro Chimo. O Poder da Autoridade Tradicional em Angola (2002-2010), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: _____________________, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Mestre Fernando Paulo Faria. O Candidato aprovou com 17 valores.
62. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Fernandes Assunção Daniel Fazenda. Relações Diplomáticas e Económicas entre Angola e China (2006-2010), no dia 11 de Julho de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: _______________________________, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Doutor David Leão Faria. O Acto de defesa teve lugar no dia 11 de Julho de 2013, tendo o Candidato obtido 14 Valores.
63. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Hamilton Sebastião de Figueiredo. A Educação no Processo de Democratização de Angola (2002-2011), 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Miguel Bembe, M.Sc. (Presidente do Júri), ___________________(1º Vogal), Fernando Paulo Faria, M.Sc. (2º Vogal). O candidato aprovou com 17 Valores .
64. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Tânia Manuela Ferreira Mangueira. O Papel de Angola na Resolução do Conflito nos Grandes Lagos, no dia 03 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 03 de Agosto de 2012, tendo obtido 14 Valores/20 com o seguinte Júri: Abel Paxe (Presidente), Miguel Domingos Bembe (Vogal) e José Joaquim Maria Pedro (Secretário).
65. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Agostinho Miguel. O Papel de Angola na Resolução dos Conflitos em África no âmbito da SADC e CEEAC, no dia 03 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 03 de Agosto de 2012, tendo obtido 13 Valores/20 com o seguinte Júri: Alexandre Tshingana Massuela (Presidente), José Joaquim Maria Pedro (Vogal) e Miguel Domingos Bembe (Secretário). .
66. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Neusa de Fátima Conceição António. Análise das Políticas de Selecção e Recrutamento de Pessoal na Clínica Sagrada Esperança (2008-2011), no dia 17 de Agosto de, 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: Miguel Bembe, 1º Vogal: David Leão Faria, 2º Vogal: José Canga. O acto de defesa teve luagar no dia 17 de Agosto de 2012. .
67. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Pedro António Munzemba. Sociedade Civil e Participação Política em Angola (1992-2002), no dia 28 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
O Acto de defesa teve lugar no dia 28 de Agosto de 2012. O Candidato aprovou com 17 Valores.
68. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Marcolino Magalhães Barreto. O Marketing Político no Processo Eleitoral Angolano de 2008, no dia 09 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 09 de Agosto de 2012, tendo obtido 15 Valores/20 com o seguinte Júri: Miguel Bembe (Presidente), José Joaquim Maria Pedro (Vogal) e Vlademiro Alves Fernandes (Secretário).
69. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Manuel Marcelino Canhão. Acções da União Africana na Região de CEDEAO - Estudo Caso Guiné-Bissau, no dia 09 de Agosto de , 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais.
Defesa realizada em 09 de Agosto de 2012, tendo obtido 17 Valores/20 com o seguinte Júri: Almerindo Jaka Jamba (Presidente), Miguel Domingos Bembe (Vogal) e José Joaquim Maria Pedro (Secretário). .
70. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Seydú Paulo Guimarães . Os Conflitos Eleitorais na África Austral (Caso de Angola entre 1992 e 2008), 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Mateus Paulo dos Santos, Ph.D. (Presidente do Júri), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), Adélia de Carvalho, M.Sc. representada por Eduardo Peres Alberto, Lic. (2º Vogal). O Candidato aprovou com 13 Valores.
71. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de João Alexandre Cafala . As Políticas Migratórias do Estado Angolano e a Defesa Nacional (2002-2007), no dia 08 de Dezembro de , 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Fernando Muquepe, M.Sc. (Presidente do Júri), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), Fernando Paulo Faria, M.Sc. (2º Vogal). A prova teve lugar no dia 08 de Dezembro de 2011. O Candidato aprovou com 16 Valores.
72. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Nélson Hélder Dambi. Estratégia para o Desenvolvimento Sócio-Económico de Angola, no dia 07 de Setembro de , 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
A defesa deste Trabalho de Fim do Curso teve lugar no dia 07 de Setembro de 2011. O Júri foi constituído por Doutor Mateus Paulo dos Santos (Presidente), Mestre Miguel Bembe (1º Vogal) e Mestre Mário Pinto de Andrade (2.º Vogal).
73. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Manuel Martins. Causas de Crises e de Conflitos Políticos nnas Democracias Africanas (1998-2008), 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: _____________________________, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Doutor António Nhaga.
74. BEMBE, Miguel Domingos. Participação no júri de Alberto Mateus Domingos. A influência dos Dois Congos no Processo da Luta de Libertação de Angola, 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Presidente do Júri: _____________________________, 1º Vogal: Mestre Miguel Domingos Bembe, 2º Vogal: Doutor David Leão Faria.
75. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Eraldite António Van-Dúnem Masseca. Política Americana para o Médio-Oriente e a sua Relação com o Terrorismo Islâmico (1990-2002), no dia 10 de Agosto de, 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Mestrado em Ciência Política e Adm. Pública -Esp. em Administração da Saúde) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Mateus Paulo dos Santos, Ph.D. (Presidente do Júri), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), Mário Pinto de Andrade, M.Sc. (2º Vogal). Defendeu no dia 10 de Agosto de 2011.
76. Bembe, Miguel César Domingos. Participação no júri de Domingos Fernando Kinankazi . O Papel de Angola na Independência da Namíbia entre 1975-1990, 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelato/Licenciatura em Ciência Política) - Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.
Fernando Paulo Faria, M.Sc. (Presidente do Júri), Miguel Domingos Bembe, M.Sc. (1º Vogal), Mário Pinto de Andrade, M.Sc. (2º Vogal).


Participação em outros júris
Other jury participation


Concursos de aquisição
Aquisition concourse
1. BEMBE, Miguel Domingos. Atribuição do prémio de formação em língua francesa, a 3 melhores estudantes, dos 30 que participaram na Sessão de Simulação da 7ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana-União Europeia, sobre a Juventude, Migração e Crescimento Económico, organizada na Delegação da União Europeia em Angola (DELUE) em pareceria com o Departamento de Ciência Política da FCS da UAN, 18 de Maio de, 2017.



Participação em eventos
Event participation
Participação como Keynote Speaker
Participation as Keynote Speaker
1. 1ª Conferência Internacional da Academia de Ciências Sociais e Tecnologias sobre o Terrorismo, 19 e 20 de Março de , 2018 (Conferência).
Nome do evento: Terrorismo no século XXI: Um Desafio à Segurança e ao Desenvolvimento Global; Nome da Instituição: Academia de Ciências Sociais e Tecnologias (ACITE); Cidade do evento: Luanda - Angola / Anfiteatro Principal da ACITE.
Foram abordados os seguintes temas: Iº Painel: Globalização e Terrorismo. - A Globalização do Terrorismo ou o Terrorismo Global? (Prof. Doutor André de Oliveira João Sango, FDUAN /ACITE. - Os Dilemas e desafios da globalização na era do Terrorismo (Prof.ª Doutora Catarina Gomes / ACITE). - Culturas, Religiões e Terrorismo no Séc. XXI (Prof.ª Doutora Teresa Almeida e Silva ISCSP / ULisboa. Moderador: Prof. Doutor Manuel Tchissingui /ACITE. IIª Painel: Segurança e Terrorismo no Séc. XXI. - Segurança e Terrorismo no Mundo Contemporâneo (Prof. Doutor Heitor Barras Romano / ISCSP-ULisboa. - Ameaça Terrorista na Europa: Estratégias de Combate ao Terrorismo da EU (Prof.ª Doutora Sagrario Morán Blanco / Univ. Rey Juan Carlos, Espanha. - Ameaça Terrorista na América do Sul: Desafios Políticos e Estratégicos de Prevenção (Prof. Doutor Marcial Garcia Suarez / Univ. Federal Fluminense. Moderador: Prof. Doutor Paulo Conceição Faria/ FCS UAN / ACITE. IIIº Painel: Ameaça Terrorista em África. - África do Norte (Tenente-coronel Larry Anthony Koku Gbelo / Director do CAERT). - África Oriental e Ocidental (Coronel Cristhian Emmanuel Mouaya Puyi). - África Austral (Prof. Doutor Ngonozidashe Marongwe/Great Zimbabwe University; MsC. Estáquio Quibato; MsC. José Paulino e Prof. Doutor Miguel Bembe/ FCS UAN/ACITE. Moderador: Prof. MsC. Luciano Tânio da Silva UniPiaget/ACITE. IVº Painel: Economia Internacional e Financiamento ao Terrorismo. - Dinâmicas Económicas e Financeiras internacionais na era do Terrorismo (Prof. Doutor Pedro Dozi / FE UAN). - Crimes Económicos e Financiamento ao Terrorismo (Prof. Doutor Francisco Jiménez Garcia / Univ. Rey Juan Carlos Moderador: Prof. Doutor Augusto C. João UPRA/ACITE. Vº Painel: As TIC's e o Terrorismo. - Novas TIC's e o Terrorismo Contemporâneo (Prof. Doutor Mateus C. Padoca, UAN /ACITE). - Ciber Terrorismo e Cibersegurança na era da Comunicação e da Informação (Prof. Doutor Pedro Veiga / FCUL / CNCS. Moderador: Prof. Doutor Lopes Baptista.
2. 7º Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), de 25 e 26 de Outubro de, 2017 (Conferência).
Nome do evento: Democracia e Eleições nos 25 anos do Sistema Multipartidário em Angola; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN); Cidade do evento: Luanda - Angola / Anfiteatro Principal da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN).
Participei no 7.º Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, com uma comunicação intitulada: "Os Desafios dos Governos Africanos para o Século XXI”, apresentada no dia 26 de Outubro de 2017. O texto desta comunicação já está editada pela Mulemba - Revista Angolana de Ciências Sociais, FCS-UAN, Luanda.
3. 5º Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), de 29 e 30 de Outubro de , 2015 (Conferência).
Nome do evento: subordinado ao tema principal “Angola 40 Anos de Independência: Memórias, Identidades, Cidadania e Desenvolvimento; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), ; Cidade do evento: Luanda-Angola / Anfiteatro da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN), .
Participei no V Colóquio com uma comunicação intitulada: "Participação Política e Cidadania em Angola: Doutrina e Prática”, apresentada no dia 29 de Outubro de 2015, estando em vias de edição e publicação na Mulemba - Revista Angolana de Ciências Sociais, Vol. V, n.º 10, Novembro de 2015, FCS-UAN, Luanda.
4. Apresenção e Lançamento da Obra "A África face aos seus Problemas de Segurança e de Defesa" (Autores: Mwayila Tshiyembe e Mayele Bukasa), 03 de Março de, 2014 (Outra).
Nome do evento: Abertura do Ano Lectivo de 2014 da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN); Nome da Instituição: Direccção da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto; Cidade do evento: Luanda-Angola / Anfiteatro Principal da FCS-UAN.
Este importante trabalho de Mwayila Tshiyembe e Mayele Bukasa foi originalmente publicado em francês (com título "L'Afrique face à ses Problèmes de Sécurité et de Defense, Paris, Présence Africaine, 1989") num momento histórico preciso. Em pouco tempo caiu Muro de Berlim, desencadeou-se o processo de desintegração da União Soviética e precipitou-se o fim da Guerra Fria. É partindo deste contexto histórico e político determinado que o estudo apresentado neste livro deve ser lido e interpretado. A influência Ocidente em África, bem como da Rússia e da China, não sessou naquele período, muito pelo contrário. Para entender o presente e perspetival o futuro será então necessário olhar para esse período e relacioná-lo tanto com os acontecimentos subsequentes, como com os que se têm vindo a desenrolar na atualidade, sendo precisamente aí, nessa leitura comparativa, reside a riqueza desta obra e a pertinência da sua publicação em Língua Portuguesa. Trata-se de uma perspetival africana sobre os próprios problemas de segurança e de defesa.
5. Apresenção e Lançamento da Obra "Elementos de Geopolítica e Geoestratégia" (Autor: Gilberto Veríssimo), 11 de Dezembro de, 2013 (Outra).
Nome do evento: Encerramento do 2.º Curso de Estratégia, Organização Militar e Arte Operativa dos Oficiais Generais e Almirantes das Forças Armadas Angolanas; Nome da Instituição: Escola Superior de Guerra do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (ESG-EMGFAA); Cidade do evento: Luanda / Auditorio Principal da ESG-EMGFAA.
A Sessão do lançamento foi incluída nas actividades do Encerramento do 2.º Curso de Estratégia, Organização Militar e Arte Operativa dos Oficiais Generais e Almirantes das Forças Armadas Angolanas, realizado na Escola Superior de Guerra do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (ESG-EMGFAA). Presidiu o Evento, S.E. o Senhor General do Exército, Geraldo Sachipengo Nunda, Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas.
6. 3º Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, 24 a 25 de Outubro de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Estado, Nação, Nacionalismo e Identidade Nacional nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP); Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto; Cidade do evento: Luanda - Angola / Anfiteatro Principal da FCS-UAN.
Apresentou uma comunicação sobre "Os vectores da Construção da 'Nação-Angolana' e a Função do Estado", no I.º Painel: Estado e Nação nos PALOP, 24 de Outubro de 2013.
7. 2ª Jornada Científica de Ciência Política, 16 de Outubro de , 2012 (Conferência).
Nome do evento: O Político e a Ciência da Política: Uma perspectiva Epistemológica e Metodológica ; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN); Cidade do evento: Luanda, Angola / Anfiteatro da Sede da FCS-UAN, AV. Ho Chi Min, n.º 56, Município da Maianga.
Dissertei o tema "O Carácter Científico da Politologia e a Autonomia da Ciência Política".
8. 1ª Jornada Científica de Ciência Política, 05 de Outubro de, 2011 (Conferência).
Nome do evento: A Realidade Sócio-Política de Angola: Perspectivas Futuras ; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN); Cidade do evento: Luanda, Angola / Anfiteatro da Sede da FCS-UAN, AV. Ho Chi Min, n.º 56, Município da Maianga.
Dissertei o tema "Participação Política e Democracia".
9 Cinco Anos depois da Assinatura do Memorando de Entendimento para a Paz e Reconciliação na Província de Cabinda: Desafios e Perspectivas, 18 de Julho de, 2011 (Mesa-Redonda).
Nome do evento: Mesa Redonda (Debate & Análises); Nome da Instituição: Fórum Cabindês para o Diálogo (FCD); Cidade do evento: Luanda, Angola / União dos Escritores Angolanos (UEA).
Participaram no evento, na mesa, Miguel Bembe, Domingos Simões Pereira, Simão Congo e Marcos Mavungo. Sábado, 23 de Julho de 2011.
10. Power Sharing in the Angolan Enclave of Cabinda: Model and Process, November 16 , 2010 (Conferência).
Nome do evento: LisbonDebates 2010 - States, Culture & Society in Africa: Continuities and Changes ; Nome da Instituição: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-UL) e Centro de Estudos Africanos do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-CEA-IUL); Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Sala Polivalente do ICS/UL .
11. A construção da Nação Angolana e a função do Estado. Temas & Debates, 06 de Dezembro de , 2010 (Simpósio).
Nome do evento: Trabalhos de Investigação. Programa Doutoral em Ciência Politica. ; Cidade do evento: Lisboa / Pólo Universitário do Alto da Ajuda - Rua Almerindo Lessa. ISCSP/UTL.
12 A figura do Poder Local em Angola: Oportunidades e desafios. Temas & Debates, 10 de Dexembro de , 2010 (Mesa-Redonda).
Nome do evento: Trabalhos de Investigação. Programa Doutoral em Ciência Politica. ; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Pólo Universitário do Alto da Ajuda - Rua Almerindo Lessa. ISCSP/UTL.
13. O Terrorismo em África: Breve enquadramento do fenómeno em Angola, 2010 (Seminário).
Nome do evento: Seminário Sobre o Terrorismo Exclusivo aos Oficiais Generais e Superiores das Forças Armadas e Órgãos e Serviços de Segurança Nacional ; Nome da Instituição: Serviço de Inteligência Militar (SIM); Cidade do evento: Cidade Alta, Luanda / Ministério da Defesa Nacional.
14. O Terrorismo Transnacional: Sistematização do Fenómeno e Estratégias para o seu Combate, 06 de Janeiro de, 2010 (Conferência).
Nome do evento: Conferência sobre Terrorismo Transnacional; Nome da Instituição: Gabinete do Ministro Sem Pasta (GMSP) e União dos Escritores Angolanos (UEA); Cidade do evento: Luanda / AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas 1.º de Maio..
Conferências-debate promovidas na perspectiva de enriquecer o trabalho apresentado num dos módulos do Curso de Informações e Segurança, para a sua publicação.

Participação como Membro da Comissão Científica
Participation as Member of the Program Committee
1. 7.º Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, de 25 a 26 de Outubro de, 2017 (Conferência).
Nome do evento: Democracia e Eleições nos 25 anos do Sistema Multipartidário em Angola; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN); Cidade do evento: Luanda - Angola / Anfiteatro Principal da Faculdade de Ciências Sociais da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN).
O 7º Colóquio  da Faculdade de Ciências Sociais tinha como objectivos principais,  promover uma reflexão sobre as profundas transformações políticas ocorridas no Estado e na sociedade angolana nestes 25 anos do processo democratizador; identificar e analisar os grandes avanços e desafios que se colocam ao nosso processo democrático; estimular a análise fundamentada e crítica sobre os processos eleitorais já realizados até hoje e o seu reconhecimento como instrumento útil para a consolidação do processo democrático; partilhar resultados da investigação em Ciências Sociais e Humanas relacionada com os temas do Colóquio; criar oportunidades de diálogo entre as áreas que compõem as Ciências Sociais e Humanas. Este evento foi estruturado em (5)  cinco painéis, nomeadamente: Painel 1. Génese e evolução da democracia em Angola; Painel 2. Processos Eleitorais: Reformas e Transformações; Painel 3. Sistema eleitoral e qualidade de democracia; Painel 4. O futuro das eleições e democracia em Angola e Painel 5. Aberto que colheu as demais propostas de comunicações, que não encontrem enquadramento nos painéis temáticos pré-definidos. O 7º Colóquio foi particularmente dedicado aos docentes e estudantes da Faculdade de Ciências Sociais, tendo estado aberto a participantes oriundos de outras instituições académicas e de representantes de partidos políticos e da sociedade em geral. A abertura dos trabalhos do 7º Colóquio foi marcada por de uma Conferência inaugural relacionada com o tema geral “Democracia e Eleições nos 25 anos do Sistema Multipartidário em Angola”.
2. 3ª Jornada Ciêntífica de Ciência Política, 30 de Maio de , 2013 (Conferência).
Nome do evento: Democracia e Desenvolvimento em África – situação actual e perspectivas futuras; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (FCS-UAN); Cidade do evento: Luanda - Angola / Anfiteatro da Sede da FCS-UAN, AV. Ho Chi Min, n.º 56, Município da Maianga..
3. Conferência sobre a Paz e Reconciliação Nacional em Angola, 10 de Abril de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Conferência sobre a Paz e Reconciliação Nacional em Angola; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto; Cidade do evento: Luanda - Angola / Campus Universitário do Kamama.

Participação como Moderador
Participation as Chairman
1. Palestra sobre a Diplomacia como Ferramenta para a Luta Contra o Terrorismo, 19 de Agosto de, 2015 (Conferência).
Nome do evento: Palestra sobre a Diplomacia como ferramenta para a Luata contra o Terrorismo; Nome da Instituição: Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) do Ministério das Relações Exteriores (MIREX); Cidade do evento: Luanda - Angola / Sala de Conferências do ISRI, Edifício I do MIREX, 7º Andar.
Foi palestrante o Senhor Embaixador Doutor Itzhak Gerberg, Director para África Austral do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) do Estado de Israel. Mestre em Ciência Política pela Haifa University e Doutor em Política Internacional pela South-Africa University, o Doutor Itzhak Gerberg foi Embaixador do Estado de Israel na Georgia, Mozambique, Namíbia, Zambia, Botswana, Malawi e Índia e Consul Geral de Israel no Shanghai (China) e Bombay (Índia). Foi Ministro Conselheiro no Gabinete de Planeamento da Política do MNE de Israel e Segundo Secretário na Embaixada de Israel em Manila (Filipinas).

Outro tipo de participação
Other kind of participation
1. 37ª Sessão do Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas, de 26 de Fevereiro a 23 de Março de , 2018 (Conferência).
Nome do evento: Oportunidades e Desafios em matéria de promoção e protecção dos Direitos Humanos no contexto do Mecanismo de Exame Periódico Universal; Nome da Instituição: Organização das Nações Unidas (ONU); Cidade do evento: Genebra, Confederação Suíça, entre os dias / Sala dos Direitos do Homem e da Aliança das Civilizações (Sala nº XX) .
A delegação de Angola foi chefiada por Sua Excelência Manuel Domingos Augusto, Ministro das Relações e integrada por S.E. Ana Celeste Januário, Secretária de Estado dos Direitos Humanos e Cidadania, Embaixador Apolinário Correia, Representante Permanente de Angola junto dos Escritórios da ONU em Genebra e Senhor Luís de Assunção Pedro da Mota Liz, Procurador-Geral-Adjunto da República. Durante a sua intervenção, o chefe da diplomacia angolana salientou que o Governo angolano, nas suas acções, tem dedicado uma maior atenção aos direitos económicos, sociais e culturais, incluindo o direito ao desenvolvimento, através da adopção de políticas públicas baseadas na Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 das Nações Unidas, na Agenda 2063 da União Africana e noutros Programas e Planos de acção da ONU que visam melhorar a qualidade da vida das populações mais vulneráveis. Reconheceu, entretanto, que apesar dos progressos alcançados, Angola tem ainda um longo caminho a percorrer para garantir o bem-estar e os direitos fundamentais a todos os cidadãos, razão pela qual continua a trabalhar diariamente nos programas de diversificação da economia, na criação de um melhor ambiente de negócios que atraia o investimento privado nacional e estrangeiro, garantindo assim, o emprego à juventude e reduzindo drasticamente a pobreza. No fianal, reiterou o compromisso de Angola em continuar a envidar esforços para aprofundar a cooperação internacional com o Alto Comissariado para os Direitos Humanos e de fortalecer as capacidades nacionais no âmbito da implementação das recomendações aceites durante o Exame Periódico Universal.
2. Reunião do Comité África da Internacional Socialista, 12 e 13 de Dezembro de , 2017 (Encontro).
Nome do evento: Desafios económicos e questões de conflitos em África ; Nome da Instituição: MPLA - Movimento Popular de Libertação de Angola; Cidade do evento: Luanda / Hotel Diamante.
Este encontro que contou com a participação de 18 países africanos, abordou temas como “Políticas humanas, justas e democráticas” e “O papel do comité no envolvimento em África”. Foi também discutida a necessidade de "Asseguramento de Paz e Resolução dos Conflitos na Região dos Grandes Lagos", que contou com uma intervenção proferida por Sua Excelência o Senhor Manuel Domingos Augusto, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola. Na sua intervenção, o chefe da diplomacia angolana reafirmou o compromisso da República de Angola de continuar a ser um actor empenhado na busca de soluções pacíficas e construtivas para os diversos desafios que se colocam, assegurando a Paz e a Resolução dos Conflitos na Região dos Grandes Lagos, através de aceleração da efectiva implementação do Pacto e dos Protocolos Regionais para uma maior Democracia e Segurança e facilitar a Cooperação e o Desenvolvimento tão desejado. A Internacional Socialista (IS) é uma organização internacional que busca a divulgação e implementação do Socialismo democrático através da união de partidos políticos social-democratas, socialistas e trabalhistas. A organização mundial foi fundada em 1951 com a denominação Internacional Operária e Socialista e actualmente possui 160 partidos de mais de 100 países do mundo. É a terceira vez que Angola acolhe uma reunião da Internacional Socialista. .
3. 37ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), 19 e 20 de Agosto de, 2017 (Conferência).
Nome do evento: Estabelecer Parcerias com o Sector Privado no Desenvolvimento da Indústria e das Cadeias de Valor Regionais; Nome da Instituição: Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC); Cidade do evento: Pretória - República da África do Sul / Departamento das Relações Internacionais e Cooperação (DIRCO).
Para além de Angola, a Cimeira contou com a participação das delegações dos restantes catorze (14) Estados-Membros, chefiadas pelos respectivos Chefes de Estado e de Governo ou seus representantes, nomeadamente Sua Majestade, o Rei Mswati III, do Reino da Suazilândia; Suas Excelências Presidentes Jacob Zuma, da África do Sul; Seretse Khama Ian Khama, do Botswana; Hage Geingob, da Namíbia; Danny Faure, das Seychelles; Edgar Chagwa Lungu, da Zâmbia; Robert Gabriel Mugabe, do Zimbabwe; Sua Excelência Vice-Presidente Samia Suluhu Hassan, da Tanzânia; Suas Excelências Primeiro-Ministros Bruno Tshibala, da RD-Congo; Olivier Mahafaty Solonandrasana, de Madagáscar; Motsoahae Thomas Thabane, do Lesotho, S.Excias. Emmanuel Fabiano, Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Malawi; Oldemiro Júlio Marques Baloi, Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique e Dwarka Canabady, Secretaria para os Negócios Estrangeiros das Maurícias. A agenda abrangeu entre outras matérias: a) Eleições do Presidente e Vice-Presidente da SADC; b) Eleição do Presidente e Vice-Presidente do Órgão de Cooperação nas áreas de Política, Defesa e Segurança; c) Situação política e de segurança na Região, em especial no Lesotho e na RDC; d) Progressos registados na implementação da Estratégia e Roteiro para a Industrialização da SADC (2015-2063); e) Progressos alcançados na operacionalização da Universidade de Transformação da SADC; f) Pedidos de admissão na SADC apresentados pelas Comores e pelo Burundi; g) Implementação do Regime de Livre Circulação de Pessoas em África; h) Reformas Institucionais da União Africana; i) Realização da Conferência de solidariedade da SADC para com o Sahara Ocidental; e j) Realização da Conferência sobre Segurança Marítima nas Maurícias. A Cimeira admitiu a União das Comores como novo Membro da SADC e notou que está em curso a avaliação do Burundi. Novos pedidos de admissão serão considerados depois da conclusão da revisão dos critérios de adesão.
4. Ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, deslocou-se à Pretória-África do Sul, portador de Mensagem para o Presidente Jacob Zuma, na qualidade do Enviado Especial de Sua Excelência Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, de 11 a 12 de Setembro de , 2017 (Encontro).
Nome do evento: Georges Chikoti, portador de mensagem dirigida por José Eduardo dos Santos ao seu homólogo sul-africano, Jacob Zuma; Nome da Instituição: Presidente de Angola e Presidente exercício da Órgão da SADC; Cidade do evento: Pretória - República da África do Sul / Palácio Presidencial.
Georges Chikoti foi recebido, em audiência, por Sua Excelência Jacob Gedleyihlekisa Zuma, Presidente da República da África do Sul e Presidente em exercício da SADC, tendo procedido à entrega da mensagem do Presidente José Eduardo dos Santos, sobre a situação no Reino do Lesotho. Por seu lado e em consonância com a proposta de José Eduardo dos Santos, o Presidente Jacob Zuma convocou a Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Dupla Troika da SADC, para o dia 15 de Setembro de 2017, que foi precedida pela Reunião dos Chefes de Estado Maior General das Forças Armadas e de Inteligência Militar e do Comité Ministerial do Órgão de Cooperação nas áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC.
5. Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Dupla Troika da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), 15 de Setembro de , 2017 (Conferência).
Nome do evento: Apreciar o relatório da Missão Ministerial da Dupla Troika, enviada ao Reino do Lesotho, nos dias 06 e 07 de Setembro de 2017; Nome da Instituição: Chefes de Estado e de Governo da Dupla Troika da SADC; Cidade do evento: Pretória, República da África do Sul / Departamento ddas Relações Internacionais e Cooperação (DIRCO).
S.E. Georges Chikoti, Representou o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, nesta Cimeira que serviu para apreciar o relatório da Missão Ministerial da Dupla Troika, enviada ao Reino do Lesotho, nos dias 06 e 07 de Setembro de 2017, pelo Presidente angolano José Eduardo dos Santos, na qualidade de Presidente em exercício do Órgão de Cooperação nas áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC, com o objectivo de verificar os factos e as circunstâncias do assassinato do Senhor Tenente-General Khoantle Motšomotšo, Comandante da Força de Defesa do Lesotho (LCF), em 05 de Setembro de 2017. Os trabalhos da Cimeira foram conduzidos por Sua Excelência Jacob Gedleyihlekisa Zuma, Presidente da República da África do Sul e Presidente em exercício da SADC, auxiliado pelo Senhor Ministro Georges Chikoti, em representação do Presidente José Eduardo dos Santos e pela Senhora Stergomena Lawrence Tax, Secretária Executiva da SADC. A Cimeira contou igualmente com a participação das delegações dos restantes membros da Dupla Troika, nomeadamente, Sua Majestade, o Rei Mswati III, do Reino da Suazilândia; Sua Excelência Saara Kuugongelwa-Amadhila, Primeira-Ministra da República da Namíbia; S.Excia. Davis Chama, Ministro da Defesa da República da Zâmbia e Vice-Presidente do Órgão e Senhor Silvester M. Ambokite, Embaixador da República Unida da Tanzânia na República da África do Sul, em representação do Presidente Cessante do Órgão. Estiveram também presentes Sua Excelência Motsoahae Thomas Thabane, Primeiro-Ministro do Reino do Lesotho, na qualidade de convidado e Sua Excelência Cyril Ramaphosa, Vice-Presidente da República da África do Sul, como Facilitador da Crise no Reino do Lesotho. .
6. Missão da Dupla Troika da SADC ao Reino do Lesotho para a verificação dos factos e das circunstâncias do assassinato do Tenente-General Khoantle Motšomotšo, Comandante da Força de Defesa do Lesotho (CLDF), de 06 a 07 de Setembro de , 2017 (Outra).
Nome do evento: Verificação das circunstâncias que rodearam o assassinato do Comandante da Força de Defesa do Lesoto, no dia 05 de Setembro de 2017; Nome da Instituição: Presidente José Eduardo dos Santos, na qualidade de Presidente em exercício do Órgão de cooperação nas áreas de política, Defesa e Segurança da SADC; Cidade do evento: Maseru, Lesotho / Visita de cortesia ao Rei e ao Primeiro Ministro, encontros com o Governo, Militares, Polícia, Inteligência e Sociedade Civil alargada, incluindo partidos políticos, igrejas, ONG's,.
Esta missão enviada ao Reino do Lesotho, nos dias 06 e 07 de Setembro de 2017, pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na sua qualidade de Presidente em exercício do Órgão de Cooperação nas áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC, tinha por objectivo principal verificar os factos e as circunstâncias do assassinato do Senhor Tenente-General Khoantle Motšomotšo, Comandante da Força de Defesa do Lesotho (LCF), em 05 de Setembro de 2017, foi chefiada por S.E. Georges Chikoti, na qualidade de Ministro das Relações Exteriores de Angola e Presidente do Comité Ministerial do Órgão da Cooperação nas áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC, Maseru, de 06 a 07 de Setembro de 2017. Para além de Angola, a missão de verificação de factos no Lesotho, apoiada pelo Secretariado da SADC, representado pela respectiva Senhora Stergomena Lawrence Tax, Secretária Executiva, contou com a participação de S.Excia. Harry Kalaba, Ministro dos Negócios Estrangeiros da Zâmbia e Vice-Presidente do Órgão, Embaixador Inocente Shiyo, da Director de Cooperação Regional do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional da República Unida da Tanzânia, em representação do Presidente Cessante do Órgão; Senhor Sello Moloto, Embaixador da República da África do Sul no Reino do Lesotho, em representação do Presidente da SADC.
7. Em representação do Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, Ministros das Relações Exteriores Georges Chikoti, participou na Cerimónia de Tomada de Posse do Presidente eleito da República Islâmica do Irão, Hassan Rouhani, 05 de Agosto de , 2017 (Outra).
Nome do evento: Cerimónia de Investidura do Presidente eleito iraniano, Hassan Rouhani; Nome da Instituição: Governo da República Islâmica do Irão; Cidade do evento: Teerão - Irão / Parlamento do Irão.
Presidente da República Islâmica do Irão, Hassan Rouhani, tomou posse no âmbito das eleições de 20 de Maio de 2017, vencidas pela segunda vez consecutiva pelo Partido de Moderação e Desenvolvimento que lidera, com 57% dos votos válidos. Cento e cinco (105) delegações internacionais, representando os quatro continentes mundiais, assistiram à referida cerimónia de tomada de posse, realizada no Parlamento do Irão, após ratificação do novo mandato de quatro anos do Presidente Hassan Rouhani, pelo Líder Supremo, Ali Khamenei. Neste contexto, destacamos, sobretudo a presença do Presidente Fuad Masum, do Iraque; Presidente Ashraf Ghani Ahmadzai, do Afeganistão; da Senhora Federica Mogherini, Alta Representante da União Europeia (UE) e oito (8) dos 14 (catorze) Estados-Membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), nomeadamente Angola, África do Sul, Lesotho, Namíbia, Republica Democrática do Congo, Suazilândia, Tanzânia e Zimbawe, salientando a participação do Presidente Robert Mugabe, do Zimbabwe e de Sua Majestade o Rei Letsie III, do Lesotho. O evento foi presidido pelo Líder Supremo, aiatolá Ali Khamenei, que durante a sessão de abertura enalteceu o excelente trabalho desenvolvido no primeiro mandato do Presidente Hassan Rouhani, tendo ressaltado a unificação dos iranianos, a reforma do Estado, a estabilidade político-económica e o relacionamento saudável entre o Governo, o Parlamento e outras instituições do país, que garantiram a sua reeleição. A cerimónia contou igualmente com discursos do Presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani e do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Sadeq Larijani. Ambos agradeceram a presença massiva de personalidades estrangeiras no evento e reconheceram que a elevada participação registada nas eleições presidenciais realizadas no mês de Maio de 2017, com 73% de eleitores, evidencia a força da democracia no Irão e a confiança do povo iraniano ao sistema da República Islâmica.
8. 19ª Reunião do Comité Ministerial do Órgão da Cooperação em matéria de Política, Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), de 17 a 21 de Julho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Avaliação da situação política e de segurança na Região, em especial na República Democrática do Congo (RDC) e no Reino do Lesotho; Nome da Instituição: Estados-Membros da SADC; Cidade do evento: Dar-es-Salaam, República Unida da Tanzânia / Centro de Convenção Internacional Julius Nyerere.
O Comité Ministerial do Órgão (CMO) considerou que, do modo geral a região mantém-se pacífica e estável, não obstante, constatou a existência de desafios de segurança no Reino do Lesotho, em relação à implementação das recomendações do Relatório da Comissão de Inquérito da SADC, bem como a permanência de focos de insegurança causada pelas forças negativas no Leste da República Democrática do Congo (RDC).
9. Reunião Ministerial da Iniciativa Africana para a Paz e Reconciliação na República Centro-Africana (RCA), 17 de Julho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Análise da situação política e de segurança na República Centro-Africana (RCA) e concepção do Roteiro para a Paz e Reconciliação Nacional na República Centro-Africana; Nome da Instituição: Comissão da União Africana (UA) com o apoio da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC); Cidade do evento: Libreville, República Gabonesa / Sede da CEEAC .
A reunião foi organizada pela Comissão da União Africana (UA) com o apoio da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), com o objectivo de analisar a situação na RCA e reunir os projectos de roteiro elaborados pelo Governo da RCA e pelos integrantes da Iniciativa Africana para a Paz e Reconciliação na RCA (UA, CEEAC e CIRGL, apoiados por Angola, Congo, Chade e Gabão), num único documento designado por “Roteiro para a Paz e Reconciliação Nacional na República Centro-Africana”. Para além da delegação de Angola chefiada por S.Excia. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, participaram também na Reunião, S.Excias. Charles-Armel Doubane, Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Integração Africana e dos Centro-Africanos no Estrangeiro da RCA; Pacôme Moubelet-Boubeya, Ministro de Estado, Ministro dos Negócios Estrangeiros da Integração Regional da República Gabonesa; Jean-Claude Gakosso, Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação da República do Congo; Ahmat Mahamat Bêchir, Ministro da Segurança Pública e da Imigração da República do Chade; Embaixador Smaïl Chergui, Comissário de Paz e Segurança da UA e Embaixador Ahmad Allam-Mi, Secretário-Geral da CEEAC.
10. 4ª Sessão da Comissão de Cooperação Bilateral entre as Repúblicas de Angola e da África do Sul, de 11 a 14 de Julho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: 4ª Sessão da Comissão de Cooperação Bilateral entre as Repúblicas de Angola e da África do Sul, de 11 a 14 de Julho de; Nome da Instituição: Ministérios angolano das Relações Exteriores e sul-africana das Relações Internacionais e Cooperação; Cidade do evento: Luanda - República de Angola / Hotel Convenções do Talatona (HCTA).
Cada uma das duas delegações foram chefiadas, por Suas Excelências Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola e Senhora Maite Nkoana-Mashabane, Ministra das Relações Internacionais e Cooperação da República da África do Sul. As duas delegações foram integradas pelos respectivos Ministros, Embaixadores acreditados nos respectivos países e altos funcionários e técnicos dos diversos departamentos ministeriais dos dois países.
11. 1ª Reunião Extraordinária do Conselho de Ministros dos Negócios Extrangeiros do Mecanismo Tripartido de Diálogo e Cooperação entre Angola, África do Sul e RDC, 13 de Julho de, 2017 (Congresso).
Nome do evento: Análise da organização e o funcionamento do Secretariado Executivo do Mecanismo Tripartido e criar as condições necessárias para a concretização dos objectivos definidos; Nome da Instituição: Ministerios dos Negócios Estrangeiros de Angola, África do Sul e RDC; Cidade do evento: Luanda - Angola / Hotel Convenções do Talatona (HCTA).
Cada uma das três delegações presentes foram chefiadas por Suas Excelências Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola; Senhora Maite Nkoana-Mashabane, Ministra das Relações Internacionais e Cooperação da República da África do Sul e Senhor Léonard She Okitundu, Vice-Primeiro-Ministro e Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Integração Regional da República Democrática do Congo. Durante a sessão de abertura, o ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, recordou que, "o Mecanismo Tripartido foi criado há quatro anos (2013), com o objectivo de concertar e articular melhor a nossa acção no domínio político, diplomático, económico, social e cultural, com benefícios recíprocos para os nossos povos", sem nunca perder de vista que os três países desejam conjugar esforços no sentido de consolidar a paz e estabilidade na República Democrática do Congo, tendo igualmente sublinhado as palavras de Sua Excelência Senhor José Eduardo dos Santos, Presidente da República de Angola, aquando da Primeira Cimeira dos Chefes de Estado do Mecanismo realizada, em Luanda, no dia 12 de Março de 2013, “os nossos países têm interesses específicos comuns a proteger que podem configurar uma parceria estratégica duradoura” e concluído que "É, pois este, o sentimento que deve nortear a acção dos três Estados". .
12. S.Excia. Georges Chikoti escala em N'Djamena, a convite do Presidente Idris Déby Itno, da República do Tchad, no dia 05 de Julho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Em audiência, abordaram a situação política e de segurança da República do Chade e outros assuntos de carácter bilateral e regional de interesse comum; Nome da Instituição: Presidente da República do Chade; Cidade do evento: N'Djamena - República do Chade / Palácio Presidencial.
Por iniciativa de Sua Excelência Idriss Déby Itno, Presidente da República do Chade, Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, fez uma escala em N'Djamena, no dia 05 de Julho de 2017, para abordar assuntos de interesse bilateral e regional entre Angola e Chade, durante o seu regresso à Angola, depois de ter participado nos trabalhos da 29.ª Sessão da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), que decorreram entre os dias 03 e 04 de Julho de 2017, em Adis Abeba, Etiópia. .
13. 29ª Sessão Ordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana, entre 03 e 04 de Julho de, 2017 (Conferência).
Nome do evento: Aproveitamento do Dividendo Demográfico através do Investimento na Juventude; Nome da Instituição: Estados-Membros da União Africana; Cidade do evento: Adis Abeba, República Federal Democrática da Etiópia / Sede da União Africana.
A delegação angolana foi chefiada por S.Excia. João Manuel Gonçalves Lourenço, Ministro da Defesa Nacional e Candidato do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) ao cargo de Presidente da República de Angola, na qualidade de Enviado Especial do Presidente da República e foi integrado por S.Excias. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, Rui Mangueira, Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Albino da Conceição Manuel, Ministro da Juventude e Desporto, Manuel Domingos Augusto, Secretário de Estado das Relações Exteriores; Embaixadores Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais; Arcanjo do Nascimento, Representante Permanente de Angola na Etiópia junto da União Africana e outros funcionários do MIREX e do MINDN. À margem da Cimeira, S.Excia. João Manuel Gonçalves Lourenço foi recebido, em audiência, por Suas Excelências Paul Kagame, Presidente da República do Ruanda; Alpha Condé, Presidente da República da Guiné e Presidente em exercício da União Africana (UA); Ali-Ben Bongo Ondimba, Presidente da República Gabonesa e Presidente em exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Centra (CEEAC); Nana Addo Dankwa Akufo-Addo, Presidente da República do Ghana; Faure Essozimna Gnassingbé, Presidente da República do Togo; Abdemalek Sellal, Primeiro-Ministro da República Argelina Democrática e Popular, em representação do Presidente argelino, Abdelaziz Bouteflika; Yoweri Kaguta Museveni, Presidente da República do Uganda; Léonard She Okitundu Lundula, Vice-Primeiro-Ministro e Ministro dos Negócios Estrangeiros e Integração Regional da República Democrática do Congo (RDC), representante do Presidente Joseph Kabila Kabange; Senhor Ibrahim Roshdy Mahlab, antigo-Primeiro-Ministro, actual Assistente do Presidente da República Árabe do Egipto para os Assuntos Estratégicos, em representação do Presidente egípcio, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi.
14. 31ª Sessão Ordinária do Conselho Executivo da União Africana, entre 30 de Junho e 01 de Julho de , 2017 (Conferência).
Nome do evento: Preparação da 29ª Sessão Ordinária da Conferencia dos Chefes de Estado e de Governo da UA, prevista para 03 e 04JUL2017, com o tema “Aproveitamento do Dividendo Demográfico através do Investimento na Juventude; Nome da Instituição: Estados-Membros da União Africana; Cidade do evento: Adis Abeba, República Federal Democrática da Etiópia / Sede da União Africana.
À margem do Conselho da UA, foi realizado, no dia 30 de Junho, na Embaixada da África do Sul, um pequeno-almoço dos Ministros dos Negócios Estrangeiros da África Austral sobre os principais assuntos que serão abordados na Cimeira, pelos Chefes de Estado e de Governo, nomeadamente, a implementação da reforma institucional da União Africana e a constituição do Fundo da Paz da União Africana. Realizou-se também no dia 02 de Junho, na Embaixada de Angola na Etiópia, o pequeno-almoço dos Ministros dos Negócios Estrangeiros dos PALOP, que contou com a presença do Ministro dos Negócios Estrangeiros de São Tomé e Príncipe e da Vice-Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, tendo abordado a situação político-económica nos respectivos países, reflectido sobre o novo acordo ortográfico e outros assuntos de interesse comum (lamentaram as ausências de Cabo Verde e Guiné-Bissau). S.Excia. Georges Chikoti, reuniu-se no dia 30 de Junho com o seu homólogo da Etiópia, Workeneh Gebeyehu, com quem abordou assuntos da cooperação bilateral e de interesse regional, especialmente sobre o diferendo da demarcação da fronteira entre a Etiópia e a Eritreia. No primeiro dia do Conselho Executivo da UA, foi reservado para as eleições, tendo a candidata angolana, Manuela Maria Teresa, Magistrada do Ministério Público, ter sido eleita com 49 votos, como membro da Comissão da UA dos Direitos Humanos e dos Povos.
15. Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti à Minsk, República da Belarus (ou Bielorrússia), de 25 a 28 de Junho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Relançar e reforçar as relações de amizade e cooperação bilaterais entre os dois países e no âmbito regional, internacional ou multilateral; Nome da Instituição: Ministérios angolano das Relações Exteriores e bielorrussa dos Negócios Estrangeiros; Cidade do evento: Minsk, Belarus (ou Bielorrússia) / Palácio Presidencial e Ministérios dos Negócios Estrangeiros da Bielorrússia.
Durante a visita à Minsk, Belarus, S.Excia. Georges Rebelo Pinto Chikoti, foi recebido, em audiência por Sua Excelência Alexander Lukashenko, Presidente da República e realizou encontros de trabalho com S.Excia. Vladimir Makel, Ministro dos Negócios Estrangeiros; S.Excia. Vladimir P. Andreytchenko, Presidente da Câmara dos Representantes e S.Excia. Sviderpskii Genadii Bronislavovitsh, Primeiro Vice-Ministro da Indústria.
16. Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti à Vilnius, República da Lituânia, de 23 a 25 de Junho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Relançar e reforçar as relações de amizade e cooperação bilaterais entre os dois países e no âmbito regional, internacional ou multilateral; Cidade do evento: Vilnius - Lituânia / Ministério dos Negócios Estrangeiros da Lituânia .
Durante a visita à Lituânia, foram realizados um encontro com S.Excia. Linas Linkevicius, Ministro dos Negócios Estrangeiros lituano e um almoço de trabalho com S.Excia. Simonas Satúnas, Vice-Ministro da Energia da Lituânia.
17. Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti à Budapeste, Hungria, de 21 a 23 de Junho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Celebração do 40º aniversário do estabelecimento das relações político-diplomática entre os dois países e com o objectivo de relançar e reforçar as relações de amizade e cooperação bilaterais existentes ; Nome da Instituição: Ministérios angolano das Relações Exteriores e húngaro dos Negócios Estrangeiros e Comércio; Cidade do evento: Budapeste - Hungria / Ministérios dos Negócios Estrangeiros e Comércio da Hungria.
No âmbito da celebração do 40º aniversário do estabelecimento das relações político-diplomática entre os dois países, durante a visita foram realizados quatro (4) encontros de trabalho com S.Excia. István Lepsényi, Secretário de Estado para o Desenvolvimento Económico e Regulamentação do Ministério da Economia Nacional; S.Excia. Zsolt Németh, Presidente da Comissão dos Negócios Estrangeiros; S.Excias. Gábor Staudt e S.E. Zsolt Csenger-Zalán, Presidente e Vice-Presidente do Grupo de Amizade Húngaro-Subsaariano da União Interparlamentar, respectivamente, Membros da Assembleia Nacional e S.Excia. Péter Szijjártó, Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comércio.
18. Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti à Rabat, Reino de Marrocos, de 18 a 19 de Junho de , 2017 (Encontro).
Nome do evento: Relançar e reforçar as relações de amizade e cooperação bilaterais entre os dois países e no âmbito regional, internacional ou multilateral; Nome da Instituição: Ministérios angolano das Relações Exteriores e marroquino dos Negócios Estrangeiros; Cidade do evento: Rabat - Marrocos / Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino de Marrocos.
Durante a visita foram realizados um encontro de trabalho com S.Excia. Nasser Bourita, Ministro marroquino dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação Internacional e reuniões, em separado, com S.Excia. Habib El Malki, Presidente da Câmara dos Representantes (Parlamento de Marrocos), Senhor Mustapha Bakkoury, Presidente da Agência marroquina para a Energia Sustentável (MASEN) e o Grupo dos Embaixadores Africanos acreditados no Reino de Marrocos.
19. 16º Encontro Africano-Nórdico dos Ministros dos Negócios Estrangeiros, de 09 a 10 de Junho de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Garantir o Desenvolvimento Sustentável através do Comércio e Investimento; Nome da Instituição: Países do continente africano e da região nórdica europeia; Cidade do evento: Abuja, República Federal da Nigéria / Congress Hall Transcorp Hilton Hotel.
O encontro tinha como objectivo principal reflectir e discutir sobre as questões relacionadas com a paz e segurança, o desenvolvimento sustentável e a parceria de cooperação entre os países nórdicos e africanos. Foram apresentados e debatidos quatro sub-temas, nomeadamente, (i) A promoção de negócios e investimentos como ferramenta para o desenvolvimento sustentável; (ii) A consolidação da paz e segurança no continente africano e na região nórdica - o papel das organizações regionais, (iii) A cooperação nos domínios de agricultura e mineração - lições aprendidas pela África e Europa e, (iv) A defesa da igualdade de género e dos direitos humanos. Os trabalhos do evento foram presididos por S.Excia. Jeoffrey Onyeama, Ministro dos Negócios Estrangeiros da Nigéria e contaram com a presença e participação de mais de vinte (20) ministros e/ou representantes oficiais dos países africanos e nórdicos, nomeadamente, Angola, Argélia, África do Sul, Benin, Botswana, Camarões, Côte d’Ivoire, Dinamarca, Egipto, Finlândia, Gana, Islândia, Mali, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Noruega, Ruanda, Senegal, Suécia, Tanzânia e Zâmbia. A delegação angolana foi chefiada por S.Excia. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores e integrou o Senhor Eustáquio Januário Quibato, Embaixador de Angola na Nigéria, Sr. Amilcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação e da Informação Institucional do MIREX e Sr. Conselheiro Miguel Bembe, Consultor do Gabinete do Ministro das Relações Exteriores. À margem do evento, S.Excia. Ministro Georges Chikoti, realizou, em separado, encontros bilaterais com Suas Excias. Borge Brende, Ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino da Noruega e Sra. Margot Wallstrom, Ministra dos Negócios Estrangeiros do Reino da Suécia e Sra. Maite Emily Nkoana-Mashabane, Ministra das Relações Internacionais e Cooperação da República da África do Sul, com os quais abordou assuntos de cooperação bilateral, regional e internacional. .
20. Missão oficial da delegação de Alto Nível dos garantes do Acordo-Quadro de Paz, Segurança e Cooperação para a República Democrática do Congo (RDC) e a Região, constituída pela União Africana (UA), Nações Unidas (ONU), Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL) e Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) à Kinshasa, nos dias 29 e 30 de Maio de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Encorajar políticos da RDC a aplicar o Acordo Político Global e Inclusivo de 31DEZ2016, segundo a Resolução 2348, de 31MAR2017, do CS-NU e as decisões da UA, CIRGL e SADC e abordar os preparativos das eleições e a situação no Kassai e Kassai Central; Nome da Instituição: ONU, UA, CIRGL e SADC; Cidade do evento: Kinshasa - RDC / Presidente da República, Primeiro-Ministro, MAE, AN, CENI e UA.
Para além de Angola, na qualidade de Presidente em exercício da CIRGL, representada por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, acompanhado pelo Embaixador Joaquim do Espírito Santo e pelo Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, integraram também a delegação o Embaixador Smaïl Chergui, Comissário para a Paz e Segurança da UA; o Embaixador Saïd Djinnit, Enviado especial do Secretário-Geral da ONU para a Região dos Grandes Lagos; o Embaixador Maman Sidikou, Representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas na RDC e Chefe da MONUSCO; o Embaixador Abdou Abarry, Representante especial da UA na RDC e o Sr. Celistine Kakele, Segundo Secretário da Embaixada da Tanzânia na RDC (em representação do Ministro dos Negócios Estrangeiros, Presidente do Órgão para Cooperação Politica, Defesa e Segurança da SADC). Durante a visita, a delegação foi recebida, em audiência, por Sua Excelência Joseph Kabila Kabange, Presidente da RDC, Sua Excelência Bruno Tshibala Nzenze, Primeiro-Ministro da RDC, depois do encontro de concertação com Sua Excelência Léonard She Okitundu, Vice-Primeiro-Ministro e Ministro dos Negócios Estrangeiros e Integração Regional da RDC. Reuniu-se igualmente com Sua Excelência Aubain Minaku Ndjalandjoko, Secretário-Geral da Maioria Presidencial (MP) e Presidente de Assembleia Nacional (AN) e alguns políticos signatários do Acordo de 31 de Dezembro de 2016, nomeadamente, Sr. Félix Tshisekedi Tshilombo, Presidente do Reagrupamento das Forças Políticas e Sociais para a Mudança (RFPSAC) e Sr. Jacques Lunguana Matumona, Secretário-Geral Adjunto para os Assuntos Financeiros e Logísticos do Movimento de Libertação do Congo (MLC) e Sr. Fidèle Babala Wandu, Deputado desse mesmo partido. Realizou-se também encontros com o Sr. Corneille Nangaa Yobeluo, Presidente da Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI), o Grupo dos Embaixadores Africanos na RDC e com os Embaixadores da União Europeia acreditados na RDC.
21. Visita de S.Excia. Excelência Léonard She Okitundu, Vice-Primeiro-Ministro e Ministro dos Negócios Estrangeiros e Integração Regional da República Democrática do Congo (RDC) ao Dundo, Provínica da Lunda Norte com passagem em Maurímo, Província da Lunda Sul, na companhia do seu homólogo angolano Georges Chikoti, 19 e 20 de Maio de, 2017 (Congresso).
Nome do evento: Inteirar-se e debater a situação dos 24.434,00 cidadãos refugiados da RDC, provenientes das Províncias do Kassai e Kassai Central, concentrados nos Centros de Acolhimento Provisório de Cacanda e de Mussungue, na Lunda Norte; Nome da Instituição: Governo da República de Angola e Governo da República Democrática do Congo; Cidade do evento: Dundo - Província da Lunda Norte, República de Angola / Governo da Província da Lunda Norte, Centro de Acolhimento Provisório de Cacanda e os refugiados internados no Hospital Dr. David Bernardino.
A visita tinha como objectivo principal, inteirar-se e debater a situação dos 24.434,00 cidadãos refugiados da RDC, provenientes das Províncias do Kassai e Kassai Central, concentrados nos Centros de Acolhimento Provisório de Cacanda e de Mussungue, na Lunda Norte. As delegações visitaram o Centro de Acolhimento Provisório de Cacanda e os refugiados internados no Hospital Dr. David Bernardino, na companhia dos Membros da Comissão Multissectorial de Recepção e Apoio dos Refugiados da RDC e dos representantes de algumas agências especializadas das Nações Unidas, nomeadamente, S.Excias Gonçalves Manuel Muandumba, Ministro da Assistência e Reinserção Social; Ernesto Muangala, Governador Provincial da Lunda Norte; José Bamókina Zau, Secretário de Estado do Interior para os Serviços Penitenciários; Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em Angola (PNUD) e Aylara Rierine, Representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados em Angola (ACNUR). No final da visita, realizou-se um encontro de trabalho com as referidas entidades, durante o qual, foram apresentados o ponto de situação dos refugiados da RDC na Lunda Norte e as tarefas desenvolvidas pela Comissão Multissectorial, no período de 17 de Março a 18 de Maio de 2017, bem como as necessidades urgentes para fazer face à difícil situação do fluxo de refugiados e deslocados congoleses que continuam a procurar refúgio em Angola, fenómeno que tenderá a aumentar enquanto durar o conflito político-étnico e tribal nas Províncias do Kassai e Kassai Central da RDC.
22. Mesa Redonda - Dos ideais do Panafricanismo ao Desenvolvimento de África, 26 de Maio de , 2017 (Mesa-Redonda).
Nome do evento: Comemoração do Dia de África; Nome da Instituição: Rendez-vous Diplomático e Ministério das Relações Exteriores; Cidade do evento: Luanda - Angola / Anfiteatro Afonso Van-Dúnem Mbinda do Ministério das Relações Exteriores.
Abertura: S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores; Apreentação da Iniciativa "Rendez-Vous Diplomático, Conselheiro Salvador de Jesus Allende, Director do Gabinenete do Secretário de Estado das Relações Exteriores do MIREX; Painel 2: Recursos naturais em África - Um continente, uma variedade de oportunidades - ênfase na Agenda 2063 da União Africana, Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR/MIREX), Moderador: Jornalista Amílcar Xavier, Director da Direcção da Comunicação e Informação Institucional do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX).
23. Workshop sobre a Paz e Segurança na Região dos Grandes Lagos, 27 de Fevereiro de, 2017 (Conferência).
Nome do evento: Rumo à uma Resposta Colectiva mais Eficaz às ameaças de Paz e Segurança na Região dos Grandes Lagos; Nome da Instituição: Ministério dos Negócios Estrangeiros do Egipto, Centro do Cairo para a Resolução de Conflitos e a Manutenção da Paz em África (CCCPA), Agência Egípcia de Parceria para o Desenvolvimento (EAPD) e Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos; Cidade do evento: Cairo, República Árabe do Egipto.
O papel que Angola desempenha na presidência da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL) recebeu no dia 25FEV2017 (Sábado), no Cairo, o reconhecimento e apoio do Egipto. A posição foi manifestada durante um encontro que o ministro egípcio dos Relações Exteriores, Sameh Shoukry, manteve com jornalistas e membros seniores de órgãos de comunicação africanos que se encontram neste país do norte de África, à convite das autoridades locais. Dirigindo-se aos presentes, o vice-ministro egípcio das Relações Exteriores para África, Mohamed Edrees, disse que o seu pais aprecia e apoia os esforços de Angola na República Democrática do Congo, República Centro-africana e Sudão do Sul. O diplomata que ladeava o ministro das Relações Exteriores, Sameh Shoukry, disse que o seu país tem testemunhado os bons resultados obtidos na abordagem da situação nos Grandes Lagos. Recordou, à propósito, que o Egipto albergou, recentemente, no Cairo, um workshop especificamente dedicado à situação na Região dos Grandes Lagos, ao qual participou o ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, e vice-ministros dos países da região. Durante o encontro com os profissionais da comunicação que, segundo disse, foi organizado com o concurso da Agência de Parceria para o Desenvolvimento (EAPD) local, o ministro egípcio reafirmou a disposição do seu pais continuar a promover a cooperação com todos os países do continente em todos os domínios possíveis. Disse também que o Egipto apoia a criação da força “Stand-By” continental, estando presentemente engajado na definição da composição norte dessa força, para a qual já se comprometeu a organizar um contingente, com vista a criar capacidades de intervenção na resolução de conflitos, desafios e ameaças em qualquer país membro. Angola preside, por um mandato consecutivo, a CIRGL, uma organização sub-regional integrada também por Burundi, RCA, R.D-Congo, Quénia, Ruanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda e Zâmbia.
24. Reunião do Comité Inter-estatal de Política e Diplomacia do Órgão de Cooperação da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), nas áreas de Política, Defesa e Segurança, 24 de Fevereiro de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Reunião do Comité Inter-estatal de Política e Diplomacia do Órgão de Cooperação da SADC, nas áreas de Política, Defesa e Segurança; Nome da Instituição: Ministros das Relações Exteriores da SADC; Cidade do evento: Dar-es-Salaam, República Unida da Tanzânia / Palácio Presidencial.
25. Visita de S.Excia. Augusto Santos Silva, Ministro português dos Negócios Estrangeiros às Provínicas de Huambo e Benguela na companhia do seu homólogo angolano Georges Chikoti, 11 e 12 de Fevereiro de , 2017 (Congresso).
Nome do evento: Reforço das relações de cooperação existentes entre Angola e Portugal; Nome da Instituição: Governos de Angola e Portugal; Cidade do evento: Luanda, Huambo e Catumbela / MIREX, Palácios Presidencial e do Governo do Huambo e Catumbela .
Augusto Santos Silva chegou no dia 10 de Fevereiro de 2017 (sexta-feira) a Luanda numa visita de estado para reforçar a cooperação bilateral e já manteve encontros com o seu homólogo angolano, Georges Chikoti, com o Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, e com o ministro da Defesa de Angola, João Lourenço, que é também o cabeça-de-lista do partido governamental nas eleições presidenciais deste ano. O principal objectivo da visita está relacionado com a preparação das viagens a Angola, este ano, do primeiro-ministro português, António Costa, e do Presidente da República, Marcelo de Sousa. .
26. 28ª Sessão Ordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), de 30 a 31 de Janeiro de, 2017 (Conferência).
Nome do evento: Aproveitamento do Dividendo Demográfico através de Investimento na Juventude; Nome da Instituição: Estados-Membros da União Africana; Cidade do evento: Adis Abeba - Etiópia / Sala Nelson Mandela da Sede da União Africana.
A delegação de Angola foi chefiada por Sua Excelência Manuel Domingos Vicente, Vice-Presidente da República e integrada por Suas Excelências Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, Filomena Delgado, Ministra da Família e Promoção da Mulher; Carolina Cerqueira, Ministra da Cultura; Manuel Domingos Augusto, Secretário de Estado das Relações Exteriores; Senhores Arcanjo do Nascimento, Embaixador da República de Angola na Etiópia e Missão Permanente na UA e UNECA; Joaquim do Espírito Santo, Director África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX); Dombele Mbala Bernardo, Embaixador Itinerante de Angola; Margarida Izata, Directora para os Assuntos Multilaterais do MIREX; Sandro de Oliveira, Director do Gabinete SADC do MIREX; Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do MIREX; José Luís de Carvalho, Director do Gabinete do Vice-Presidente da República; André Ventura, Ministro Conselheiro da Embaixada de Angola na Etiópia, José Calunga, Director Adjunto do Gabinete da Ministra da Cultura; Agostinho Van-Dúnem, Assistente da Secretaria para os Assuntos Diplomáticos do Presidente da República de Angola; Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do MRE; Maria Medina, Consultora da MFPM; Almeida Luzitu Júnior, Consultor do SERE; Primeira Secretária Maria Filomena António, Chefe de Departamento da União Africana da DAMOOR/MIREX; Wenzi Salomão, Primeira Secretária; Bernardo Laurindo, Primeiro Secretário; Agostinho Ginga, Segundo Secretário; Adilson José, Terceiro Secretário; Sayonara Joaline Sardinha Mualubambo, Terceira Secretária; Tenente Coronel Bernabé Linguenhe, Adido de Defesa Adjunto e Sebastião Adérito Ferreira, Adido de Imprensa, da Embaixada de Angola na Etiópia. O Rei Mohammed VI, deslocou-se, pela primeira vez à UA, onde assistiu a cerimónia de enceramento e discursou por ocasião da reintegração de Marrocos como 55º Estado-Membro.
27. 30ª Sessão Ordinária do Conselho Executivo da União Africana (UA), de 25 a 27 de Janeiro de , 2017 (Conferência).
Nome do evento: Preparação da 28ª Sessão Ordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da UA, prevista para os dias 30 e 31 de Janeiro de 2017; Nome da Instituição: Estados-Membros da União Africana; Cidade do evento: Adis Abeba / Sala Nelson Mandela da União Africana .
A delegação de Angola foi chefiada por Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, e integrada por Suas Excelências Filomena Delgado, Ministra da Família e Promoção da Mulher; Carolina Cerqueira, Ministra da Cultura; Manuel Domingos Augusto, Secretário de Estado das Relações Exteriores; Senhores Arcanjo do Nascimento, Embaixador da República de Angola na Etiópia e Missão Permanente na UA e UNECA; Joaquim do Espírito Santo, Director África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX); Dombele Mbala Bernardo, Embaixador Itinerante de Angola; Margarida Izata, Directora para os Assuntos Multilaterais do MIREX; Sandro de Oliveira, Director do Gabinete SADC do MIREX; Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do MIREX; André Ventura, Ministro Conselheiro da Embaixada de Angola na Etiópia, José Calunga, Director Adjunto do Gabinete da Ministra da Cultura; Agostinho Van-Dúnem, Assistente da Secretaria para os Assuntos Diplomáticos do Presidente da República de Angola; Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do MRE; Maria Medina, Consultora da MFPM; Almeida Luzitu Júnior, Consultor do SERE; Primeira Secretária Maria Filomena António, Chefe de Departamento da União Africana da DAMOOR/MIREX; Wenzi Salomão, Primeira Secretária da Embaixada de Angola na Etiópia; Bernardo Laurindo, Primeiro Secretário da Embaixada de Angola na Etiópia; Agostinho Ginga, Segundo Secretário de Angola na Etiópia; Adilson José, Terceiro Secretário da Embaixada de Angola na Etiópia; Sayonara Joaline Sardinha Mualubambo, Terceira Secretária da Embaixada de Angola na Etiópia; Tenente Coronel Bernabé Linguenhe, Adido de Defesa Adjunto da Embaixada de Angola na Etiópia e Sebastião Adérito Ferreira, Adido de Imprensa da Embaixada de Angola na Etiópia. .
28. Presidente da República Centro-Africana (RCA), Faustin-Archange Touadéra recebe o Ministro Georges Chikoti, na qualidade do enviado especial do Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, 09 de Janeiro de, 2017 (Encontro).
Nome do evento: Abordar as diligências levadas a cabo por Angola para contribuir na consolidação da paz e estabilidade na República Centro-Africana; Nome da Instituição: Presidentes de Angola e da RCA; Cidade do evento: Bangui - República Centro-Africana / Palácio Presidencial centro-africano.
Para além de Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, acompanharam a audiência, Sra. Ministra Conselheira Teresa Fontes Pereira, Chefe de Departamento da Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX) e Sr. Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX). Da parte centro-africana, para além de Sua Excelência Faustin-Archange Touadéra, Presidente da República, estiveram, igualmente, presentes Charles-Armel Doubane, Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Integração Africana e dos Centro-Africanos no Estrangeiro do seu país e Embaixador Hamilton Houphout-Boigny, Conselheiro Especial do Presidente da RCA. .
29. Sessão de trabalho entre S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, ministro angolano das Relações Exteriores com S.E. Jean-Claude Gakosso, ministro congolês dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação e dos Congoleses no Exterior, 14 de Dezembro de, 2016 (Encontro).
Nome do evento: Análise dos principais desafios da República Centro Africana (RCA) e identificação das acções que podem ser desenvolvidas para ajudar as autoridades centro-africanas no processo de consolidação de paz e reconciliação no país; Nome da Instituição: Governos das Repúblicas de Angola e do Gongo; Cidade do evento: Brazzaville - Congo / Ministério dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação e dos Congoleses no Exterior da República do Congo.
30. 4º Seminário de Alto Nível sobre a Paz e Segurança em África, de 17 a 19 de Dezembro de, 2016 (Seminário).
Nome do evento: “Ajudar os países africanos que iniciam o mandato no Conselho de Segurança das Nações Unidas a abordar as questões de paz e segurança no Continente”; Nome da Instituição: Governo da Argélia, em colaboração com a Comissão da União Africana (CUA) e o Instituto das Nações Unidas para a Formação e Investigação (UNITAR); Cidade do evento: Oran - Argélia / Oran - Argélia / Hotel Méridien.
No âmbito do reforço dos laços de amizade, solidariedade e cooperação existentes entre os Povos e Governos de Angola e Argélia, o Ministro das Relações Exteriores Georges Rebelo Pinto Chikoti realizou no dia 19 de Dezembro de 2016, um encontro bilateral com S.E. Ramtane Lamanra, Ministro de Estado, dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional da República Argelina Democrática e Popular, à margem do Seminário de Alto Nível. Acompanharam o Ministro Georges Rebelo Pinto Chikoti, Sr. Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX); Sr. Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX) e Sr. Conselheiro Miguel César Domingos, Consultor do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX). .
31. Presidente da República da Guiné-Equatorial, Obiang Nguema Mbasogo recebe o Ministro Georges Chikoti, na qualidade do enviado especial do Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, 15 de Dezembro de, 2016 (Encontro).
Nome do evento: Assuntos de Cooperação Bilateral e de interesse regional; Nome da Instituição: Presidente da República de Angola e Presidente da República da Guiné Equatorial; Cidade do evento: Mongomo, Guiné -Equatorial / Residência do Presidente da República .
Para além de Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, acompanharam a audiência, Sr. Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX) e Sr. Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX). Da parte da Guiné Equatorial, para além de Sua Excelência Obiang Nguema Mbasogo, Presidente da República, esteve igualmente presente o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação.
32. Presidente da República do Tchad, Idriss Déby Itno recebe o Ministro Georges Chikoti, na qualidade do enviado especial do Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, 15 de Dezembro de, 2016 (Encontro).
Nome do evento: Concertação sobre assuntos de cooparação bilateral e de interesse regional; Nome da Instituição: Pridente da República de Angola e Presidente da República do Tchad; Cidade do evento: N'Djamena - Tchad / Palácio Presidencial da República da República do Tchad.
Para além de Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, acompanharam a audiência, Sr. Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX) e Sr. Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX). Da parte do Chade, para além de Sua Excelência Idriss Déby Itno, Presidente da República, esteve igualmente presente Sr. Muhamat Hissène, Director do Gabinete Civil do Presidente da República.
33. Presidente do Congo, Deny Sassou-N'Guesso recebe o Ministro Georges Chikoti, na qualidade do enviado especial do Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, 01 de Dezembro de , 2016 (Encontro).
Nome do evento: Situação de paz e segurança na sub-região da África Central; Nome da Instituição: Presidentes de Angola e do Congo; Cidade do evento: Brazzaville - Congo / Palácio Presidencial da República do Congo.
Para além de Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, acompanharam a audiência, Sr. Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX); Sr. Ministro Conselheiro André Panzo, Director do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (DGMRE-MIREX) e Sr. Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX). Da parte do Congo, para além de Sua Excelência Deny Sassou N'Guesso, Presidente da República do Congo, esteve igualmente presente Sua Excelência Jean-Claude Gakosso, Ministro congolês dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação. .
34. 8ª Sessão Extraordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), 30 de Novembro de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: Análise da situação Política e de Segurança na Sub-região da África Central; Nome da Instituição: Governo da República Gabonesa; Cidade do evento: Libreville - Gabão / Presidência do Gabão .
Os Chefes de Estado e de Governo da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), mostraram-se preocupados com a situação política e de segurança na África Central e reconheceram a sua implicação a estabilidade política e no desenvolvimento sócio-económico da sub-região, bem como o seu impacto sobre a segurança continente africano e do mundo. A VIII Conferência da CEEAC, abordou de forma pormenorizada assuntos relacionados com o terrorismo; eleições; consolidação da paz na República do Burundi, República Centro-Africana e República Democrática do Congo; operações internacionais de paz; integração sub-regional; Juventude; questões humanitárias; e protecção e segurança marítima. A delegação de Angola foi chefiada por Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, em representação de Sua Excelência José Eduardo dos Santos, Presidente da República de Angola e Presidente em exercício da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL) e integrou Senhor Embaixador Toko Diakenga Serão, Embaixador de Angola no Gabão, Sr. Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX); Sr. Ministro Conselheiro André Panzo, Director do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (DGMRE-MIREX); Sr. Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX); Sr. Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX). .
35. 4ª Cimeira África-Mundo Árabe, 23 de Novembro de, 2016 (Encontro).
Nome do evento: Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável e Cooperação Económica; Nome da Instituição: Estados-Membros da União Africana (UA) e da Liga dos Estados Árabes; Cidade do evento: Malabo - Guiné Equatorial / Centro de Conferências de Sipopo.
A Cimeira foi precedida pelas Reuniões dos Oficiais Séniores e do Conselho de Ministros conjunto, realizadas, respectivamente, nos dias 19 e 21 de Novembro. No final da 4ª Cimeira foram adoptados três documentos: a Declaração de Malabo, a Declaração sobre a Situação na Palestina e a Resoluções da 4ª Cimeira África-Mundo Árabe. Os dois mil milhões de dólares norte-americanos disponibilizados pelo Kuwait para financiar alguns projectos de desenvolvimento dos Estados-Membros da União Africana e da Liga Árabe. A V Cimeira terá lugar em 2019 na Arábia Saudita. .
36. Conferência de Bruxelas para a República Centro-Africana, 17 de Novembro de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: Conferência Internacional de Doadores sobre a República Centro-Africana; Nome da Instituição: União Europeia (UE) e o Governo da República Centro-Africana (RCA) em parceria com o Banco Mundial (BM) e a Organização das Nações Unidas (ONU); Cidade do evento: Bruxelas, Reino da Bélgica / Sede da União Europeia.
A Conferência tinha como objectivo reafirmar o compromisso político e financeiro da comunidade internacional para ajudar as autoridades centro-africanas na implementação do Plano Nacional de Reconstrução e Consolidação de Paz (RCPCA). Este Plano estabelece três prioridades essenciais, nomeadamente, restaurar a paz, segurança e reconciliação; renovar o contrato social entre o Estado e os cidadãos; e promover o crescimento económico e relançar o sector produtivo da República Centro-Africana. A Conferência conseguiu angariar o montante global de 2.9 mil milhões de dólares norte-americanos. Sua Excelência o Senhor Ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti representou a República de Angola na Conferência e a Presidência da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL). Integraram a delegação angolana, Sra. Maria Elizabeth Simbrão, Embaixadora de Angola no Reino da Bélgica e Junto da União Europeia; Sr. Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores (DAMOOR-MIREX); Sr. Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX) e Sr. Conselheiro Miguel César Domingos, Consultor do Gabinete do Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX). Á margem da Conferência o Senhor Ministro Georges Chikoti, mantive um encontro com a Senhora Federica Mogherini, Alta Representante da União Europeia para a Política Externa e Segurança e Vice-Presidente da Comissão da União Europeia (UE), no qual abordaram assuntos de carácter bilateral e regional com destaque para a República Centro-Africana (RCA) e a República Democrática do Congo (RDC). .
37. Encontro Alargado com os Militantes do MPLA nas Instituições de Ensino Superior e Investigação Científica da Região Académica I, 01 de Outubro de, 2016 (Encontro).
Nome do evento: Promover a Divulgação da Moção de Estratégia do Líder do Partido, aprovada pelo 7.º Congresso Ordinário do MPLA, sobre a Educação e o Ensino e Reforçar a inserção do MPLA junto da Comunidade Académico-Científica; Nome da Instituição: Secretariado do Bureau Político do Comité Central do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) ; Cidade do evento: Luanda - Angola / Centro de Conferências de Belas (CCB).
O Secretariado do Bureau Político do Comité Central (SBP-CC) do MPLA promoveu no dia 01OUT2016 (sábado), no Centro de Conferências de Belas (CCB), em Luanda, um Encontro Alargado com os Militantes do Partido nas Instituições de Ensino Superior e Investigação Científica da Região Académica 1. O encontro orientado pelo Camarada Vice-Presidente do MPLA, João Lourenço, realizou-se no quadro do Plano de Visitas de Ajuda e Controlo às Estruturas Intermédias e de Encontros com Entidades e Organizações da Sociedade Civil aprovado em 20SET2016 pelo SBP-CC do MPLA. Pretende-se assim promover a divulgação da Moção de Estratégia do Líder do Partido, Camarada José Eduardo dos Santos, aprovada pelo 7º Congresso Ordinário do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), sobre a de Educação e o Ensino, e contribuir para o reforço da inserção do MPLA junto da Comunidade Académico-Científica. Pretende-se também sensibilizar a Comunidade Académica e Científica para uma maior participação nas tarefas inerentes ao processo eleitoral e na defesa dos ideais do Partido. Participaram no encontro os membros do Secretariado do Bureau Político do Comité Central, o primeiro-secretário do Comité Provincial de Luanda, os Directores do Comité Central e os membros da Comissão Executiva do Comité Provincial de Luanda. Pelas Instituições Públicas e Privadas do Ensino Superior, participaram Docentes, Investigadores e Funcionários administrativos. O MPLA continua a defender que uma educação universal e de qualidade constitui uma das alavancas de desenvolvimento, visando a sua maior inserção na sociedade. Considera, por isso, a educação como chave do desenvolvimento económico de Angola e condição fundamental para os cidadãos tirarem proveito das oportunidades disponíveis na sociedade. O sistema educativo angolano estrutura-se em seis subsistemas: Pré-Escolar, Ensino Geral, Ensino Técnico-Profissional, Formação de Professores, Educação de Adultos e Ensino Superior.
38. 6º Colóquio da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, de 25 a 26 de Outubro de , 2016 (Conferência).
Nome do evento: Os Desafios da Sociedade angolana no século XXI - População, Dinâmicas Sociais e Fluxos Migratórios; Nome da Instituição: Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Agostinho Neto (UAN); Cidade do evento: Luanda-Angola / Anfiteatro Principal da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) .
O Colóquio teve como objectivos: Promover uma reflexão sobre as profundas transformações ocorridas na sociedade angolana nos primeiros dezasseis anos do séc. XXI; Identificar e analisar os desafios actuais da sociedade, sobretudo, em consequência da actual crise económica financeira e partilhar resultados de investigação sobre diversos fenómenos sociais que afectam a estrutura demográfica do País. Durante dois dias foram debatidos no Anfiteatro Principal da Faculdade de Ciências Sociais, temas como “A crise económica e os desafios do desenvolvimento”, “A morbilidade e a mortalidade infantil em Luanda”, “Fecundidade e desenvolvimento de Angola”, “A Família numa sociedade em mudança”, Movimentos transfronteiriços e integração sub-regional”, População e política social em tempo de desenvolvimento sustentável”.
39. 7ª Reunião do Alto Nível do Mecanismo Regional de Supervisão do Acordo-Quadro para a paz, segurança e cooperação na República Democrática do Congo e na Região, 24 a 26 de Outubro de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: Paz, Estabilidade e Prosperidade ; Nome da Instituição: Angola, Nações Unidas, SADC e CIRGL ; Cidade do evento: Luanda / Centro de Conveções Talatona (CCTA).
A 7ª Reunião de Alto Nível do ROM realizada em Luanda-Angola, foi organizada conjuntamente pelas Nações Unidas, União Africana, CIRGL e SADC e dedicou-se à análise da situação que prevalece na República Democrática do Congo, República Centro-Africana, Sudão do Sul e República do Burundi, depois das reuniões que tiveram lugar em Addis Abeba (3 reuniões) e Nova Iorque (3 Reuniões) em anos anteriores, sendo que Angola é o primeiro país signatário do Acordo-Quadro que alberga a reunião. Seguir-se-á a República do Congo em 2018.
40. 71ª Sessão do Debate Geral da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU), de 20 de Setembro a 29 de Outubro de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: Objectivos de Desenvolvimento Sustentável: Um impulso universal para transformar o mundo ; Nome da Instituição: Organização das Nações Unidas; Cidade do evento: Nova Iorque / Sede das Nações Unidas.
41. 1ª Visita Oficial do Ministro das Relações Exteriores de Angola à República Oriental do Uruguai, de 11 à 13 de Setembro de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: 1ª Reunião de Consultas Políticas; Nome da Instituição: Ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Rebelho Pinto Chikoti e Ministro uruguaio das Relações Exteriores, Rodolfo Nin Novoa; Cidade do evento: Montevidéu / Ministério das Relações Exteriores da República Oriental do Uruguai.
Durante esta visita, foi realizado no dia 12 de Setembro de 2016, na Sede do Ministério das Relações Exteriores da República Oriental do Uruguai, a Primeira Reunião do Mecanismo de Consultas Políticas Uruguai-Angola, prevista no Memorando de Entendimento assinado entre os dois países. As delegações oficiais de ambos os países foram chefiadas pelo Ministro das Relações Exteriores da República Oriental do Uruguai, Rodolfo Nin Novo e Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti. As relações diplomáticas entre Angola e Uruguai foram formalizadas em 1987.
42. 17ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo do Movimento dos Países Não-Alinhados (MPNA), de 17 a 18 de Setembro de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: Paz, Soberania e Solidariedade para o Desenvolvimento; Nome da Instituição: Governo da República Bolivariana de Venezuela; Cidade do evento: Ilha Margarita / Centro de Convenções Hugo Chavéz.
A Delegação da República de Angola foi chefiada por Sua Excelência o Senhor Manuel Domingos Vicente, Vice-Presidente da República em Representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, acompanhado entre outros, por S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti, Senhora Embaixadora Teodolinda Coelho, Directora da Direcção América, Senhora Embaixadora Filomena de Fátima Santana de Sousa Cunha, Cônsul Geral de Angola em Caracas, na República Bolivariana da Venezuela e Sr. Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor do Gabinete do Ministro das Relações Exteriores.
43. 36ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), de 22 a 31 de Agosto de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: Mobilização de Recursos para o Investimento em Infra-estruturas de Energia Sustentável Rumo à uma Industrialização Inclusiva da SADC e à Prosperidade da Região; Nome da Instituição: Governo do Reino da Suazilândia/Estados Membros da SADC; Cidade do evento: Mbabane, Reino da Suazilândia / Lozitha Palace.
A Delegação da República de Angola foi chefiada por Sua Excelência o Senhor Manuel Domingos Vicente, Vice-Presidente da República em Representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, acompanhado, entre outros, por S.E. os Senhores Ministros das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti, do Planeamento e do Desenvolvimento Territorial, Job Graça, da Agricultura, Afonso Pedro Canga, dos Secretários de Estado para o Comércio Externo Alexandre David de Sousa Costa e do Tesouro, João Boa Francisco Quipipa, do Embaixador de Angola em Moçambique, Brito António Sozinho e outros funcionários Sénior dos Ministérios das Relações Exteriores, do Planeamento e Desenvolvimento Territorial, da Agricultura, das Finanças e do Comércio. .
44. 27ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), realizada nos dias 17 e 18 de Julho de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: "Ano Africano dos Direitos Humanos com Particular ênfase sobre os Direitos das Mulheres"; Nome da Instituição: Comissão da União Africana e Governo da República do Ruanda; Cidade do evento: Kigali - República do Ruanda / The Rwanda Kigali Convention Complex .
No dia 16, foi realizada a Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo sobre o financiamento da União Africana (UA). A sessão do dia 17 iniciou à porta fechada e serviu para analisar a Integração da Zona de Comércio Livre Continental, a Reforma do Sistema das Nações Unidas e a Eleições dos principais órgãos da União Africana. Para além da realização da Reunião dos Chefes de Estado e de Governo sobre o Observatório Africano da SIDA, a cerimónia de abertura oficial da Cimeira foi marcada pelas intervenções de Suas Excelências Paul Kagame, Presidente da República do Ruanda, que deu as boas-vindas; Senhora Francine Muyumba, Presidente da União Pan-africana dos Jovens; Nkosazana Dlamini-Zuma, Presidente da Comissão da UA; Mahmoud Abbas, Presidente da Autoridade Nacional Palestiniana e Presidente da Organização para a Libertação da Palestina e Idris Déby Itno, Presidente da República do Chade e Presidente da UA, que declarou aberta a sessão. Durante a última sessão da Cimeira que terminou no dia 18 de Julho, foram realizadas as eleições dos principais órgãos da UA sem vencedor. A delegação da República de Angola foi chefiada por S.Excia. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, em representação de Sua Excelência Presidente da República, José Eduardo dos Santos e, integrada por S.Excias. Manuel Domingos Augusto, António Bento Bembe e Ana Paula Sacramento, respectivamente, Secretário de Estado das Relações Exteriores para assuntos políticos, Secretário de Estado da Justiça para os Direitos Humanos e Secretária de Estado da Família e Promoção da Mulher, Embaixadores Joaquim do Espírito Santo, Arcanjo Maria do Nascimento, Emilio Guerra e Director Amílcar Xavier. O MRE teve encontros, em separado, com os Presidentes do Congo, Denis Sassou Nguesso, da Guiné-Conacri, Alpha Condé e da Guiné-Bissau, José Mário Vaz. Decorreram algumas consultas sobre o eventual regresso do Reino de Marrocos à União Africana (UA), onde se retirou em 12 de Novembro de 1984.
45. 110º Retiro Espiritual - 110th Special 40-Day Workshop for Blessed Wives (202st Cheongpyeong 40-Day Workshop), de 27 de Fevereiro e 6 de Abril de, 2016 (Seminário).
Nome do evento: 110 Blessed Wives 40-Day Workshop; Nome da Instituição: Federação das Famílias para Unificação e Paz Mundial (FFUPM); Cidade do evento: Cheongpyeong - República da Correia (Coreia do Sul) / Cheongpyeong Heaven and Earth Training Center (CHETC).
No dia 22 de Fevereiro de 2016, deslocou-se à cidade de Cheongpyeong, onde participou no 110th Special 40-Day Workshop for Blessed Wives (202st Cheongpyeong 40-Day Workshop), na Coreia do Sul e regressou ao país no dia 10 de Abril de 2016. Via Dubai, Emirados Árabes Unidos (EAU). .
46. 6ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos, sob o lema “Aceleremos a Efectiva Implementação do Pacto e seus Protocolos para Maior Democracia e Estabilidade na Região dos Grandes Lagos”, de 10-14 de Junho de , 2016 (Conferência).
Nome do evento: 6.ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos ; Nome da Instituição: Governo da República de Angola; Cidade do evento: Luanda - Angola / Centro de Convenções Talatona (CCTA).
O Presidente da República de Angola, Eng.º José Eduardo dos Santos, presidiu os trabalhos da 6.ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos realizada, em Luanda, no 14 de Junho de 2016, sob o lema: “Aceleremos a Efectiva Implementação do Pacto e seus Protocolos para Maior Democracia e Estabilidade na Região dos Grandes Lagos”. A 6.ª Cimeira foi antecedida pela 7.ª Reunião do Ordinária do Comité Regional Interministerial, orientada pelo ministro angolano das Relações Exteriores, Dr. Georges Rebelo Pinto Chikoti, que avaliou os resultados alcançados nos últimos dois anos (2014-2016) e analisou a situação na Região dos Grandes Lagos, num contexto marcadamente caracterizado pela existência de uma série de desafios que requerem uma redobrada atenção e resposta por parte da nossa organização.
47. 6ª Reunião Ordinária do Comité Regional Interministerial da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), 11 de Fevereiro de, 2016 (Conferência).
Nome do evento: Reunião Preparatória da 6.ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos: “Aceleremos a Efectiva Implementação do Pacto e seus Protocolos para Maior Democracia e Estabilidade na Região dos Grandes; Nome da Instituição: Governo da República de Angola; Cidade do evento: LUanda - Angola / Centro das Convenções Talatona (CCTA).
A 6.ª Reunião Interministerial Regional foi presidida, em Luanda, por S.Excia. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola (11 de Fevereiro de 2016. Todavia, a agenda dos Chefes de Estados e de Governo dos Grandes Lagos, ocasionou o adiamento da 6.ª Cimeira Regional para o mês de Junho do mesmo ano.
48. Em representação do Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, Ministro das Relações Exteriores Georges Chikoti, participa na Cerimónia de Investidura do Presidente eleito da República da Zâmbia, Edgar Lungu, 25 de Janeiro de , 2015 (Outra).
Nome do evento: Cerimónia Oficial de Tomada de Posso do Presidente eleito zambiano Edgar Lungu; Nome da Instituição: República da Zâmbia; Cidade do evento: Lusaka, Zâmbia / Estado Nacional dos Heróis.
Na cerimónia, que teve lugar no Estádio Nacional dos Heróis, Edgar Lungu, depois de cumprir todas as formalidades que a ocasião exige, proferiu um discurso onde fez apelo à unidade da Zâmbia. Garantiu que o seu partido e governo vão continuar a trabalhar para o desenvolvimento do país e bem-estar dos zambianos, cumprindo assim o programa do falecido presidente Michael Sata. O líder do Partido Frente Patriótica ( PF) e agora presidente da Zâmbia vai governar o pais por 18 meses, preenchendo assim a vacatura deixada pela morte de Michael Sata. Depois deste processo de eleição presidencial antecipada, a Zâmbia terá eleições gerais em 2016. Edgar Lungu, o sexto presidente da Zâmbia, tem 58 anos, é formado em direito e antes de ser eleito presidente acumulava as funções de Ministro da Defesa e da Justiça. .
49. Visita de S.Excia. Jean-Claude Gakosso, Ministro congolês dos Negócios Estarngeiros e Cooperação às Províncias da Malanje e Cuando Cubango na companhia do seu homólogo angolano Georges Chikoti, 13 e 14 de Dezembro de , 2015 (Encontro).
Nome do evento: Reforço das reçaões de amizade e de cooperação bilaterais e regionais entre Angola e Congo-Brazzaville; Nome da Instituição: Governos de Angola e do Congo; Cidade do evento: Luanda, Malanje e Menongue / MIREX, Palácio Presidencial, Palácios dos Governos de Malanje e Cuando Cubango.
50. Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti à República Federativa do Brasil, de 12 a 15 de Novembro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: Comemoração do 40.º Aniversário da Proclamação da Independência Nacional e do Estabelecimento das Relações Diplomáticas entre Angola e Brasil; Nome da Instituição: Governo de Angola e Governo do Brasil; Cidade do evento: Brasília-Brasil / Ministério das Relações Exteriores do Brasil.
51. 3º Seminário de Alto Nível sobre a Paz e Segurança em África, de 20 a 22 de Dezembro de, 2015 (Seminário).
Nome do evento: “Ajudar os países africanos que iniciam o mandato no Conselho de Segurança das Nações Unidas a abordar as questões de paz e segurança no Continente”; Nome da Instituição: Governo da Argélia, em colaboração com a Comissão da União Africana (CUA) e o Instituto das Nações Unidas para a Formação e Investigação (UNITAR); Cidade do evento: Oran - Argélia / Hotel Méridien.
No âmbito do reforço dos laços de amizade, solidariedade e cooperação existentes entre os Povos e Governos de Angola e Argélia, o Ministro das Relações Exteriores Georges Rebelo Pinto Chikoti realizou no dia 21 de Dezembro de 2015, um encontro bilateral com S.E. Ramtane Lamanra, Ministro de Estado, dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional da República Argelina Democrática e Popular, à margem do Seminário de Alto Nível.
52. Ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, deslocou-se à Bujumbura-Burundi, Kigali-Ruanda e Kampala-Uganda, como Enviado Especial de S.Excia. Presidente da República, José Eduardo dos Santos, de 17 a 19 de Dezembro de , 2015 (Encontro).
Nome do evento: Entregue de Mensagens do Presidente angolano aos seus Homólogos do Burundi, Ruanda e Uganda no âmbito da CIRGL. ; Nome da Instituição: Presidente da República de Angola; Cidade do evento: Bujumbura, Kigali e Kampala / Palácio Presidencial-Bujumbura, Kigali Serena Hotel & Kampala Serena Hotel.
53. 7ª Reunião Anual de Embaixadores, de 14 a 16 de Dezembro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: “40 Anos de Diplomacia, Afirmação, Continuidade e Visão Estratégica” ; Nome da Instituição: Ministério das Relações Exteriores - Governo da República de Angola; Cidade do evento: Luanda - Angola / Anfiteatro Afonso Van-Dúnem “M’binda” do Ministério das Relações Exteriores .
Angola perspectiva durante a presidência do Conselho de Segurança das Nações Unidas em Março de 2016 contribuir para a promoção de uma agenda internacional de prevenção e resolução de conflitos no mundo, tendo em conta a experiência nacional e a liderança do Chefe de Estado, particularmente no actual contexto em que preside à Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos. Este pronunciamento é do ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, quando discursava na abertura da VII Reunião anual de embaixadores, que decorre em Luanda, sob o lema “ 40 anos de diplomacia: afirmação, continuidade e visão estratégica”. Cfr. http://www.portalangop.co.ao/angola/pt_pt/noticias/politica/2015/11/51/Angola-perspectiva-contribuir-para-prevencao-resolucao-conflitos-mundo,ac074217-7ce5-4f08-b7c9-3d20392429db.html O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, disse nesta quarta-feira, em Luanda, que apesar da difícil situação económico-financeira que o país viveu em 2015, o seu pelouro conseguiu alcançar resultados muito positivos no âmbito da implementação dos objectivos definidos no plano de acção. O governante fez esta avaliação quando discursava no encerramento da VII Reunião Anual de embaixadores da República de Angola, que vinha decorrendo desde segunda-feira, na capital do país, sob o lema “40 anos da diplomacia, afirmação, continuidade e visão estratégica”. Cfr. http://www.portalangop.co.ao/angola/pt_pt/noticias/politica/2015/11/51/Angola-Accao-diplomatica-com-resultados-positivos-2015,2955f819-7b7e-4242-99b5-bebc38e808cb.html .
54. 2ª Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti aos Estados Unidos da América (EUA), de 16 a 19 de Novembro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: Sesão sobre o Diálogo de Parceria Estratégica Angola-EUA; Nome da Instituição: Ministério das Relações Exteriores de Angola (MIREX) e United State Departament of State; Cidade do evento: Washington, D.C. / Sala de Reuniões do Secretário de Estado, Departamento do Estado dos Estados Unidos.
O encontro entre as duas delegações (Angola e EUA), dirigidas por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti e S.E. John Kerry, realizou-se no Departamento de Estado dos Estados Unidos da América, especialmente, na Sala de Conferências do Secretário de Estado, no dia 18 de Dezembro de 2015. Foram abordados assuntos de carácter bilateral, regional e internacional no contexto do Acordo do Diálogo de Parceria Estratégica Angola-EUA, assinado em 08 de Julho de 2010. Para além de S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, integraram a Delegação Angolana: Exmo. Senhor Agostinho Tavares da Silva Neto, Embaixador de Angola nos Estados Unidos; Exmo. Senhor Embaixador Ismael Martins, Representante Permanente de Angola nas Nações Unidas; Exmo. Senhor Ministro Conselheiro Francisco da Cruz, Director da Direcção América do Ministério das Relações Exteriores (DA-MIREX); Exmo. Senhor Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX); Exmo. Senhor Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores (CGMRE-MIREX); Exmo Senhor Frederico da Silva, Conselheiro da Embaixada de Angola nos Estados Unidos. [http://www.state.gov/secretary/remarks/2015/11/249667.htm].
55. A Conversation With Georges Rebelo Pinto Chikoti, The Council on Foreign Relations (CFR), Washington, D.C., 19 de Novembro de, 2015 (Mesa-Redonda).
Nome do evento: A Conversation with Minister of External Relations of Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti ; Nome da Instituição: The Council on Foreign Relations (CFR) and United States-Angola Chamber of Commerce (USACC); Cidade do evento: Washington, D.C., / The Council on Foreign Relations (CFR).
Membros da Delegação de Angola: S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Agostinho Tavares da Silva Neto, Embaixador de Angola nos Estados Unidos; Exmo. Senhor Ministro Conselheiro Francisco da Cruz, Director da Direcção América do Ministério das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX); Exmo. Senhor Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores; Exmo Senhor Frederico da Silva, Conselheiro da Embaixada de Angola nos Estados Unidos.
56. Angolan Foreign Minister Marks - Forty Years of Independence and Looks Ahead, Washington, D.C., African Center of Atlantic Council, 16 de Novembro de, 2015 (Mesa-Redonda).
Nome do evento: Pequeno-Almoço Debate Interactivo de Alto Nível, Centro Africano do Atlantic Council, no âmbito das actividades das celebrações do 40.º Aniversário da Proclamação da Independência Nacional; Nome da Instituição: Embaixada de Angola nos Estados Unidos; Cidade do evento: Washington, D.C. / Atlantic Council.
Membros da Delegação de Angola: S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Agostinho Tavares da Silva Neto, Embaixador de Angola nos Estados Unidos; Exmo. Senhor Ministro Conselheiro Francisco da Cruz, Director da Direcção América do Ministério das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX); Exmo. Senhor Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores; Exmo Senhor Frederico da Silva, Conselheiro da Embaixada de Angola nos Estados Unidos.
57. Angola Day (Dia de Angola), Washington, D.C./Woodrow Wilson Center, 18 de Novembro de , 2015 (Conferência).
Nome do evento: Angola Forty Years of Independence: Progress, Challenges and Opportunities; Nome da Instituição: Embaixada de Angola nos Estados Unidos e Câmara do Comércio Angola-EUA; Cidade do evento: Washington, D.C. / Woodrow Wilson Center.
Membros da Delegação de Angola: S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Agostinho Tavares da Silva Neto, Embaixador de Angola nos Estados Unidos; Exmo. Senhor Embaixador Ismael Martins, Representante Permanente de Angola nas Nações Unidas; Exmo. Senhor Ministro Conselheiro Francisco da Cruz, Director da Direcção América do Ministério das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Amílcar Xavier, Director da Direcção de Comunicação Institucional e de Informação do Ministério das Relações Exteriores (DCII-MIREX); Exmo. Senhor Conselheiro Miguel César Domingos Bembe, Consultor de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores; Exmo Senhor Frederico da Silva, Conselheiro da Embaixada de Angola nos Estados Unidos.
58. Conferência Internacional sobre a Segurança Marítima e Energética, de 07 a 09 de Outubro de , 2015 (Conferência).
Nome do evento: Conferência Internacional; Nome da Instituição: o Governo Angolano, com o apoio dos Estados Unidos da América (EUA) e da República da Itália.; Cidade do evento: Luanda / Centro das Convenções do Talatona (CCTA).
Durante a sua intervenção na sessão de abertura, S.E. Sr. Ministro Georges Rebelo Pinto Chikoti sublinhou que "As ideias e experiências que serão recolhidas durante este evento, poderão servir para adequar a Estratégia de Segurança Marítima Nacional, com o objectivo de continuar a empregar as potencialidades para explorar as eventualidades, corrigir as vulnerabilidades e superar os problemas". Por outro lado, Sua Excelência Senhor Vice Presidente da República, Manuel Vicente que fez a abertura oficial da Conferência Internacional sobre Segurança Marítima e Energética chamou atenção pelo facto de o espaço marítimo da África Ocidental e Central, enquanto um dos catalisadores do comércio e desenvolvimento das economias do continente, estar confrontado com uma situação de insegurança e com o aumento da criminalidade, particularmente, na região do Golfo da Guiné. Salientou que estas acções desestabilizadoras incluem a pirataria e assaltos à mão armada no mar, o tráfico de seres humanos, a imigração ilegal, o contrabando de drogas e armas, bem como o branqueamento de capitais através das fronteiras terrestres e marítimas permeáveis e vulneráveis. Para o efeito, adianta, os nossos governos devem manter a estrutura e a função dos ecossistemas e desenvolver acções não só de apoio, não só a pesquisa marinha, mas também de capacitação dos seus recursos humanos para incrementar potencialidades susceptíveis de apoiar o uso sustentável dos oceanos. Chamou ainda atenção dos estados para problemas como as descargas ilegais de resíduos, a poluição e degradação ambiental e a deficiente protecção das infra-estruturas portuárias e petrolíferas que constituem também desafios à segurança marítimas e energética, requerendo respostas regionais e internacionais complementares para garantir a estabilidade e desenvolvimento. International Conference on Maritime Security, Conférence Internationale sur la Sécurité Maritime et Energetique. .
59. 70ª Sessão da Assembleia Geral e da Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo dos Estados Membros das Nações Unidas, 25 de Setembro de, 2015 (Conferência).
Nome do evento: Adopção da Agenda de Desenvolvimento para Além de 2015; Nome da Instituição: Nações Unidas; Cidade do evento: Nova Iorque / Nações Unidas.
Durante a intervenção de Sua Santidade Papa Francisco, inscrita no âmbito do Septuagésimo Aniversário da Organização das Nações Unidas (ONU), Santo Padre exortou a comunidade internacional a preservar os seus compromissos de defesa da dignidade humana, da justiça social, da tolerância e da compreensão entre os povos do mundo. Deste modo, salientou a necessidade de os governantes fazerem o máximo possível para que todos os cidadãos possam dispor da base mínima absoluta, do ponto de vista material (casa, trabalho e terra) e no plano espiritual (liberdade do espírito, que inclui a liberdade religiosa, o direito à educação e os outros direitos civis) para tornar efectiva a sua dignidade e para formar e manter uma família, que é a célula primária de qualquer desenvolvimento social. Entre outros homólogos, Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti recebeu em audiência Rodolfo Nin Novoa, Ministro das Relações Exteriores do Uruguai; Daniel Mitov, Ministro das Relações Exteriores da Bulgária; Giorgi Kvirikashvili, Primeiro Ministro e Ministro das Relações Exteriores da Geórgia; Reyad Yassin Abdullah, Ministro dos Negócios Estrangeiros do Iémen; Alain Amie Nyamitwé, Ministro das Relações Exteriores do Burundi; Miroslav Lajcák, Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Relações Exteriores da Eslováquia; Osman Saleh Mohammed, Ministro das Relações Exteriores da Eritreia; Nikola Poposki, Ministro das Relações Exteriores da Macedónia; Sheikh Abdullah bin Zayed bin Sultan Al Nahyan, Ministro dos Negócios Estrangeiros dos Emirados Árabes Unidos; Simom Adam, Director Executivo do “Centro Global para a Responsabilidade”; Jean-Marie Guéhenno, presidente da organização não-governamental “Internacional Crises Group”; Yun Byung-se, Ministro dos Negócios Estrangeiros da República da Coreia (Coreia do Sul); Delcy Rodríguez, Ministra das Relações Exteriores da Venezuela; Senhor Aaron Jacob, Director para os Assuntos Internacional da Global Jewish Advocacy (AJC).
60. 70ª Sessão do Debate Geral da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU), de 28 de Setembro a 3 de Outubro de , 2015 (Conferência).
Nome do evento: Nações Unidas aos 70 – Um novo Compromisso de Acção; Nome da Instituição: Nações Unidas; Cidade do evento: Nova Iorque / Nações Unidas.
À margem dos trabalhos da 70.ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas foram várias reuniões e concertações, nomeadamente: 1) A Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo dos Estados Membros das Nações Unidas discutiu e adoptou a Agenda de Desenvolvimento para Além de 2015 (25 de Setembro); 2) A 10.ª Reunião Extraordinária do Comité Interministerial Regional (CIMR) da CIRGL (25.09.2015), serviu para analisar a situação política e de segurança no Burundi, na RCA e no Sudão do Sul; 3) A Reunião de Alto Nível sobre o Sudão do Sul (29.09.2015), com a co-presidência do Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon e do Vice-Presidente da Comissão da União Africana (UA); 4) Reunião de Alto Nível do Mecanismo de Supervisão Regional do Acordo-Quadro para a Paz, Segurança e Cooperação para a República Democrática do Congo e a Região dos Grandes Lagos (29.09.2015) sob a co-presidência do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon e do Vice-Presidente da Comissão da União Africana; 5) Reunião de Alto Nível sobre Novas Abordagens em relação à Construção da Paz (29.09); 6) Debate Aberto do Conselho de Segurança sobre a Manutenção da Paz e Segurança Internacional – Resolução de Conflitos no Médio Oriente e Norte de África e a Ameaça do Terrorismo na Região (30.09); 7) Reunião de Alto Nível sobre o Processo de Paz da República Centro-Africana (RCA). Sua Excelência o Senhor Ministro Georges Rebelo Pinto Chikoti, foi recebido em audiência por S.E. Ban Ki-moon, Secretário-Geral da ONU (01.10.2015), por outro lado, recebeu em audiência Samuel Rangba, Ministro dos Negócios Estrangeiros da República Centro-Africana; Barnaba Marial Benjamin, Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional do Sudão do Sul; Rui Machete, Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal; Vesna PUSIC, Vice-Primeira Ministra e Ministra de Assuntos Exteriores e Europeus da Croácia; Ri Su Yong, Ministro das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coreia (do Norte).
61. Encontro de Trabalho entre Delegações dos Ministérios das Relações Exteriores da República de Angola e dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional da República do Botswana, 13 de Setembro de, 2015 (Congresso).
Nome do evento: Preparação da Visita Oficial de Sua Excelência Senhor Presidente Seretse Khama Ian Khama à Angola; Nome da Instituição: Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional da República do Botswana; Cidade do evento: Phakalane, Gaborone, Botsuana / Aeroporto Internacional Sir Seretse Khama .
Presidiram o Encontro S.Excia. Pelonomi Venson-Moitoi, Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional da República do Botswana e S.Excia. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola.
62. 3ª Sessão da Reunião Ministerial do Mecanismo Tripartido de Diálogo e Cooperação entre a República de Angola, a República da África do Sul e a República Democrática do Congo, 12 de Setembro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: Reunião Ministerial do Mecanismo Tripartido; Nome da Instituição: Ministério das Relações Internacionais e Cooperação da República da África do Sul; Cidade do evento: Pretória / Ministério das Relações Internacionais e Cooperação da República da África do Sul.
O Conselho de Ministros do Mecanismo Tripartido de Diálogo e Cooperação foi co-presidido por Suas Excelências Senhores Nkoana-Mashabane, Ministra das Relações Internacionais e Cooperação da República da África do Sul; Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola; e Raymond Tshibanda, Ministro dos das Relações Exteriores e da Cooperação da República Democrática do Congo.
63. Conferência Internacional de Paris sobre a Protecção de Vítimas de Violência Étnica e Religiosa no Médio Oriente, 08 de Setembro de , 2015 (Conferência).
Nome do evento: Conferência Internacional de Paris; Nome da Instituição: Ministério francês dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional e Ministério jordano dos Negócios Estrangeiros e dos Expatriados; Cidade do evento: Paris / Centre de Conférence ministériel - MAEDI (Paris XVe).
A conferência teve como objectivo principal definir medidas necessárias para responder aos desafios humanitários, que os conflitos no Iraque e na Síria representam para as populações ameaçadas e facilitar o regresso daqueles que fugiram das perseguições. Serviu também para preservar a diversidade no Médio Oriente, através da promoção de opções políticas inclusivas e da protecção do património cultural, bem como combater a impunidade dos autores de crime, alguns dos quais podem constituir-se crimes de guerras contra a humanidade. Esta Conferência foi organizada em três mesas-redondas. A primeira dedicou-se à questões humanitárias e abordou as medidas necessárias para preparar e facilitar o regresso voluntário e seguro das pessoas em risco e que fugiram as perseguições; a segunda mesa-redonda reservada a assuntos políticos, analisou a necessidade de promover soluções políticas inclusivas e preservar a diversidade cultural no Médio Oriente; a terceira e última mesa especializada em questões judiciais, discutiu sobre como lutar contra a impunidade de pessoas que cometeram crimes contra as populações por motivos de pertença étnica ou religiosa, através de mecanismos judiciais nacionais e internacionais pertinentes. A cerimónia de abertura da Conferência foi presidida por Sua Excelência o Senhor François Hollande, Presidente da República francesa e contou com as intervenções de S.Excia. Laurent Fabius, Ministro francês dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional; S.Excia. Nasser Judeh, Ministro jordano dos Negócios Estrangeiros e dos Expatriados e Senhor Jan Eliason, Vice-Secretário-Geral das Nações Unidas. S.E. o Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, representou Angola.
64. Reunião Especial do Comité de Contra-Terrorismo do Conselho de Segurança das Nações Unidas (CTC-CSNU), 28 de Julho de , 2015 (Encontro).
Nome do evento: Debate sobre as medidas de prevenção e combate do fenómeno de Combatentes Terroristas Estrangeiros (CTE ou FTF’s); Nome da Instituição: Governo do Reino de Espanha em coordenação com a Direcção Executiva do Comité de Contra-Terrorismo do Conselho de Segurança da ONU; Cidade do evento: Madrid / Ministério dos Assuntos Exteriores e Cooperação da Espanha.
O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon considerou que nenhum país está livre de um golpe da fera do terrorismo e reiterou que a resposta contra o fenómeno requer uma estratégia integrada e que o terrorismo só poderá ser vencido se nos mantivermos determinados e unidos. Apelou, igualmente, que o combate se faça respeitando plenamente os direitos humanos e as liberdades fundamentais. O Presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy considerou ser impossível dialogar com os terroristas, devido ao seu carácter totalitário e excludente, ao mesmo tempo que apostam em substituir a política pela violência extrema para tentar exterminar o adversário. De uma forma geral, os participantes partilharam as experiências dos seus países e as medidas de prevenção desenvolvidas e implementadas para fazer face ao terrorismo internacional, em todas as suas formas. Neste âmbito, apresentaram algumas medidas e acções de carácter político-diplomático, sócio-económico, financeiro, educacional e jurídico-administrativo, sem descurar a opção militar. O Ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti sublinhou a necessidade de os Estados continuarem a mobilizar a população e a sociedade civil em geral para a não aderência ao recrutamento, denunciando os grupos terroristas pela prática das suas acções e, salientou ser importante a adopção e o reforço de instrumentos jurídicos e outras medidas internas para combater o terrorismo. No final da Reunião Especial, foi recomendada às Nações Unidas, às Organizações internacionais e regionais, à sociedade civil, às academias e aos institutos de investigação para desempenharem um papel importante na construção de um entendimento sobre a ameaça que representa o fenómeno dos Combatentes Terroristas Estrangeiros, bem como os factores que contribuem à radicalização e violência extrema com vista à avaliar o impacto das políticas desenvolvidas para prevenir e combater as ameaças, em outras sugestões.
65. 20ª Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (XX ROCM CPLP), 24 de Julho de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: “A Visão Estratégica da CPLP no Pós-2015”; Nome da Instituição: Governo do Timor-Leste na qualidade de Presidente em exercício da CPLP; Cidade do evento: Díli / Salão Nobre e Instituto Diplomático do Ministério dos Negócios Extrangeiros e Cooperação.
Foi aprovado um comunicado final, onde os ministros consideram que a Globalização gera desafios e oportunidades para a criação de sinergias, que podem potenciar a complementaridade económica e a liberalização dos mercados, através da multilateralização das relações económicas e financeiras no espaço da CPLP, destacando a necessidade de estimular os negócios quer entre os agentes económicos da organização, inseridos em diferentes espaços regionais, quer destes com agentes económicos de fora do espaço da CPLP. Os ministros reiteraram a necessidade de um maior compromisso dos Estados-membros na promoção da Mobilidade dos cidadãos, pelo impacto directo no seu quotidiano e, consequentemente, pelo contributo para a interiorização do sentimento de pertença destes a Comunidade. Reiteraram, igualmente, a necessidade de acelerar a aplicação dos Acordos de Brasília e dos Acordos de Concessão de Vistos para Estudantes Nacionais dos Estados-membros da CPLP e sobre a Cooperação Consular entre os seus Estados-membros, com vista a facilitar a circulação de pessoas no Espaço da CPLP, etapa fundamental para tornar a Comunidade um espaço de afirmação da cidadania. Registaram com agrado, os esforços empreendidos pelas autoridades timorenses para a abertura da Representação da CPLP, em Dili, dia 23 de Julho de 2015, que contribuirá para o reforço das relações entre a CPLP e Timor-Leste, através da promoção e realização de actividades no âmbito dos pilares da organização, com especial enfoque na promoção da diversidade cultural da Comunidade. Decidiu-se realizar, sob proposta de Angola, no 1.º trimestre de 2016, em Portugal, país sede, uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros da CPLP, para ajustarem o documento sobre «a Nova Visão Estratégica da CPLP no pós 2015», para ser apresentado na XI Conferencia de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, que terá lugar no Brasil, em 2016, ano em que se celebra o vigésimo aniversário da sua criação e assume a presidência rotativa da CPLP.
66. Fórum Económico Angola-França, realizado à margem da Visita Oficial de sua Excelência o Senhor François Hollande, Presidente da República francesa à República de Angola (02-03JUL2015), 03 de Julho de , 2015 (Mesa-Redonda).
Nome do evento: Para Uma Parceria Económica Reforçada; Nome da Instituição: Ministérios das Relações Exteriores de Angola (MIREX) e dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional da França (MNEDI); Cidade do evento: Luanda-Angola / Hotel Epic Sana.
No seu discurso de abertura do Fórum Económico Angola-França, S.E. o Senhor Ministro da Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti manifestou o seu regozijo pela realização do evento, numa altura em que o Executivo Angolano está empenhado na busca de sinergias no âmbito do processo de diversificação da economia nacional. Disse que Angola gostaria de contar com os parceiros internacionais, nomeadamente o Governo e a classe empresarial francesa para a materialização deste objectivo, através da realização de investimentos directos em diversas áreas no nosso país. Manifestou-se ainda satisfeito, pois em curto espaço de tempo, as relações de cooperação entre Angola e França ganharam um novo rumo e dinamismo. Recordou que durante a Visita Oficial à França de Sua Excelência o Senhor Presidente da República Engenheiro José Eduardo dos Santos, em Abril de 2014, os Chefes de Estado decidiram criar um Grupo de Trabalho para se ocupar dos Assuntos Económicos Angola-França, Coordenado pelos Ministros das Relações Exteriores e dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional dos respectivos Países. O Fórum Económico Angola-França foi definido nessa altura e abordará três temas essenciais, em Mesas Redondas: Como as Empresas Francesas podem contribuir para superar os Desafios do desenvolvimento da Cidade Sustentável em Angola; A Produção Energética e os Desafios Ambientais Globais; e, A Diversificação Industrial e Agrícola de Angola. Tratam-se de temas bastante relevantes e actuais que se enquadram nos objectivos que os dois Governos pretendem materializar e que constam do Plano de Acção Conjunta Angola-França 2015-2017, para uma Parceria Económica Reforçada. Este Plano foi assinado em Paris, em Dezembro de 2014 e identifica sete (7) áreas prioritárias de cooperação, com destaque para a Agricultura e Indústria Agro-alimentar, o Planeamento Urbano, os Transportes, Energia e Águas, a Construção de Infra-estruturas, as Comunicações e Geologia e Minas.
67. 40ª Reunião do Comité Consultivo Permanente das Nações Unidas para a Segurança na África Central (UNSAC), 01 - 05 de Junho de, 2015 (Conferência).
Nome do evento: Análise da situação geopolítica e de segurança na África Central, com destaque para os recentes acontecimentos na República do Burundi e a consequente crise humanitária causada; Nome da Instituição: Ministros dos Negócios Estrangeiros da CEEAC e Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para a África Central; Cidade do evento: Luanda - Angola / Centro das Convenções do Talatona (CCTA).
O Discurso de abertura foi proferido por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores. Durante a sessão Angola assumiu a presidência Comité Ministerial Consultivo Permanente das Nações Unidas encarregue às questões de Segurança na África Central. Cessou o mandato de Presidente em exercício de Presidente do Comité Consultivo Permanente, S.E. Alain Aimé Nyamitwe, Ministro das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional do Burundi.
68. 9ª Cimeira Extraordinária da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos, 18 de Maio de, 2015 (Conferência).
Nome do evento: Análise da situação de paz, segurança e humanitária nos Estados-Membros, com especial atenção nas Repúblicas do Burundi, Centro-Africana, Democrática do Congo, Sudão do Sul e a ameaça de terrorismo na região; Nome da Instituição: Chefes de Estado e de Governo da CIRGL; Cidade do evento: Luanda / Centro das Convenções do Talatona (CCTA.
A Cimeira presidida por Sua Excelência o Senhor José Eduardo dos Santos, Presidente da República de Angola e Presidente em Exercício da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), serviu para avaliar a situação de segurança e humanitária na Região dos Grandes Lagos, com especial atenção sobre a República do Burundi, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, República do Sudão do Sul e a ameaça do terrorismo. A Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), é constituída por doze países: Angola, Burundi, República Centro Africana, República do Congo, República Democrática do Congo, Kenya, Rwanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda e Zâmbia. A CIRGL foi criada em 1994, após os conflitos políticos que marcaram esta região do continente africano e levaram ao reconhecimento da sua dimensão e a necessidade de um esforço conjugado para a promoção da paz e o desenvolvimento regional. .
69. Participação na Cerimónia de tomada de posse do Presidente da República da Zâmbia, Sua Excelência o Senhor Edgar Lungu, 25 de Janeiro de, 2015 (Outra).
Nome do evento: Investidura do Novo Presidente na base das eleições realizadas devido ao passamento físico do ex-Presidente Michael Sata; Nome da Instituição: Estado Zambiano; Cidade do evento: Lusaka / Estádio Nacional dos Heróis .
A Cerimónia de investidura ocorreu em dois momentos. Um de tomada de posse, no Estádio Nacional dos Heróis e outro de confraternização, no Palácio Presidencial. No seu dicurso, o Presidente Edgar Lungu fez apelo à unidade da Zâmbia e garantiu que o seu partido e governo vão continuar a trabalhar para o desenvolvimento do país e bem-estar dos zambianos, cumprindo assim o programa do falecido presidente Michael Sata. Robert Mugabe agradeceu a maturidade democrática dos zambianos e felicitou os onze (11) candidatos ao cargo de Presidente da República pelo seu contributo para o continuo enriquecimento do processo democrático zambiano, bem como por terem aceite os resultados finais do pleito eleitoral. Durante o seu muito aplaudido discurso, o Presidente Mugabe considerou também que com o Presidente Lungu, iniciou-se uma nova liderança na Zâmbia e exprimiu o seu optimismo de que esta liderança estará a altura dos desafios que lhe esperam e que a região da SADC considerará a ser uma referência da paz e estabilidade. A Delegação da República de Angola foi chefiada por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores em representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República José Eduardo dos Santos, acompanhado do Senhor Embaixador Joaquim do Espírito Santos, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais (DAMOR) do Ministério das Relações Exteriores (MIREX) e da Senhora Yara Domingos Silva, 3.º Secretário da DAMOR/MIREX.
70. 32ª Cimeira Extra-Ordinária dos Chefes de Estado da Comunidade da África do Leste (EAC), 12-13 de Maio de , 2015 (Conferência).
Nome do evento: Procura de soluções para a saída da grave crise política reinante no Burundi desde 26 de Abril de 2015.; Nome da Instituição: EAC - Chefes de Estado da Comunidade da África do Leste ; Cidade do evento: Dar-es-Salaam / Palácio Presidencial - República Unida da Tazânia.
Esta Cimeira proposta pela Reunião dos Ministros dos Negócios Estrangeiros da Tanzânia, Ruanda, Uganda e Burundi, realizada em Bujumbura (Burundi), foi precedida do Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros da EAC, que decorreu em 12 de Maio, em Dar-es-Salaam, República Unida da Tanzânia. A Cimeira pretendeu encontrar soluções para uma saída da grave crise política no Burundi, iniciado desde 26 de Abril de 2015, depois do Presidente Pierre Nkurunziza, no poder desde 2005, ter anunciado a intenção de concorrer a mais um mandato, considerado inconstitucional pelos seus adversários. A Delegação da República de Angola foi chefiada por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores em representação de Sua Excelência o Senhor José Eduardo dos Santos, Presidente da República convidado na qualidade de Presidente em Exercício da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL), acompanhado do Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do MIREX.
71. Debate Temático de Alto Nível sobre o Fortalecimento da Cooperação entre as Nações Unidas e as Organizações Regionais e Sub-regionais, 4 de Maio de, 2015 (Conferência).
Nome do evento: Fortalecimento da Cooperação entre as Nações Unidas e as Organizações Regionais e Sub-regionais; Nome da Instituição: Nações Unidas; Cidade do evento: Nova Iorque / Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).
A sessão de abertura contou com intervenções de S.E. o Senhor Sam Kutesa, Presidente da 69.ª Sessão da Assembleia-Geral das Nações Unidas; S.E. o Senhor Ban Ki-moon, Secretário-Geral da ONU e Sua Excelência o Senhor Yoweri Museveni, Presidente da República do Uganda. A Delegação da República de Angola foi chefiada por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores em representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos.
72. Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), 25 a 29 de Abril de, 2015 (Conferência).
Nome do evento: “Estratégia e o Roteiro para a Industrialização Regional - 2015-2063” e apreciação do "Plano Estratégico Indicativo de Desenvolvimento Regional Revisto – 2015-2020”; Nome da Instituição: Chefes de Estado e de Governo da SADC; Cidade do evento: Harare / Zimbabwe.
A Cimeira inteirou-se sobre o lançamento das negociações da Zona de Comércio Livre Continental (ZCLC), durante a Cimeira da União Africana (UA), a organizar-se em Junho de 2015, na República da África do Sul e sobre os preparativos da Cimeira Tripartida SADC-COMESA-EAC, respectivamente, Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA) e Comunidade da África Oriental (EAC), com o objectivo de lançar a segunda fase das negociações para a instauração da Zona de Comércio Livre Tripartida (ZCL), a realizar-se em Junho de 2015, em Sharm el-Sheikh, República Árabe do Egipto. A Delegação da República de Angola foi chefiada por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores em representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, acompanhado, entre outros, por S.E. a Senhora Bernarda Gonçalves Martins, Ministra da Indústria e S.E. a Senhora Rosa Pacavira, Ministra do Comércio.
73. Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo de Ásia-África-2015, no quadro das comemorações do 60º Aniversário da Conferência de Bandung de 19-24 de Abril de 1955, 22 a 23 de Abril de , 2015 (Conferência).
Nome do evento: “Reforçando a Cooperação Sul-Sul para Promover a Paz e a Prosperidade Mundial”; Nome da Instituição: Chefes de Estado e de Governo de Ásia e África; Cidade do evento: Jakarta e Bandung / Indonésia.
Durante a Cimeira, foram aprovados pelos Chefes de Estado e de Governo: 1. A Declaração de Bandung 2015, através da qual foi reafirmado o compromisso e a disposição dos países da África e da Ásia no reforço da Cooperação Sul-Sul, em prol da promoção da Paz e Prosperidade mundial; 2. A Declaração sobre a necessidade de Reforço e revitalização da Nova Parceria Estratégica África-Ásia e; 3. A Declaração de apoio à autodeterminação e independência da Palestina, um posicionamento que decorre da aplicação efectiva dos princípios basilares proclamados, há 60 anos, na histórica Conferência realizada de 19 a 24 de Abril de 1955, na cidade de Bandung, República da Indonésia. A Delegação da República de Angola foi chefiada por Sua Excelência o Senhor Manuel Domingos Vicente, Vice-Presidente da República em Representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, acompanhado, entre outros, por S.E. os Senhores Ministros das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti, e da Economia, S.E. o Senhor Abrahão Pio dos Santos Gourgel. .
74. Reunião de Concertação dos Chefes de Estado e do Governo da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), 31 de Janeiro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: "Avaliação da situação política, de segurança e humanitária na sub-região, designadamente a situação na República Centro-Africana (RCA) e a ameaça do grupo terrorista Boko Haram sobre a paz, segurança e estabilidade"; Nome da Instituição: Sua Excelência o Senhor Idriss Deby Itno, Presidente da República do Tchad e Presidente em Exercício da CEEAC; Cidade do evento: Addis Abeba, Etiópia / Embaixada da República do Tchad .
A Reunião realizou-se à margem da 24ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), que decorreu entre 29-31 de Janeiro sob o lema "2015, Ano do Empoderamento da Mulher e Desenvolvimento, Rumo à Agenda 2063 de África". S.E. o Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores representou Sua Excelência o Senhor José Eduardo dos Santos, Presidente da República de Angola. .
75. 5ª Reunião do Mecanismo Regional de Supervisão do Acordo-Quadro para a Paz, Segurança e Cooperação na República Democrática do Congo e na Região dos Grandes Lagos, 31 de Janeiro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: "Análise do estado da implementação dos compromissos assumidos pelos países signatários do Acordo-Quadro"; Nome da Instituição: Presidente da Comissão da UA, S.E. Nkosazana Dlamini-Zuma e Secretário-Geral das Nações Unidas, S.E. Ban Ki-Moon; Cidade do evento: Addis Abeba, na Etiópia / Sede da União Africana (UA).
A Reunião realizou-se à margem da 24ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), que decorreu entre 29-31 de Janeiro sob o lema "2015, Ano do Empoderamento da Mulher e Desenvolvimento, Rumo à Agenda 2063 de África". A Delegação da República de Angola foi chefiada por Sua Excelência o Senhor Manuel Domingos Vicente, Vice-Presidente da República em Representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos e integrou S.E. o Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, Senhora Sandra Teresa dos Santos, 1º Secretário da Embaixada de Angola na Etiópia e Senhora Yara Domingos Silva, 3.º Secretário da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais (DAMOR) do Ministério das Relações Exteriores (MIREX).
76. 484ª Reunião do Conselho de Paz e Segurança (CPS) dos Chefes de Estado e do Governo da União Africana (UA), 29 de Janeiro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: "Análise da epidemia do vírus da ébola, da situação no Sudão do Sul e da ameaça do grupo terrorista nigeriano Boko Haram"; Nome da Instituição: Conselho de Paz e Segurança da União Africana (CPS-UA); Cidade do evento: Addis Abebeba, Etiópia / Sede da União Africana.
O Conselho realizou-se à margem da 24ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), que decorreu entre 29-31 de Janeiro sob o lema "2015, Ano do Empoderamento da Mulher e Desenvolvimento, Rumo à Agenda 2063 de África". A Delegação da República de Angola foi chefiada por Sua Excelência o Senhor Manuel Domingos Vicente, Vice-Presidente da República em Representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos e integrou, entre outros, S.E. o Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores. .
77. Reunião Informal de Associação dos Países Africanos Produtores do Petróleo, 26 de Janeiro de, 2015 (Encontro).
Nome do evento: "Análise da situação dos Países Africanos Produtores do Petróleo face à problemática actual do preço"; Nome da Instituição: Governo da República Democrática e Popular da Argélia; Cidade do evento: Addis Abeba, Etíopia / Embaixada da República Democrática e Popular da Argélia.
Presidiu a Reunião, S.E. Ramtane Lamamra, Ministro dos Negócios Estrangeiros da República Democrática e Popular da Argélia. A Reunião realizou-se à margem dos trabalhos preparatórios da 24ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), que decorreu entre 29-31 de Janeiro sob o lema "2015, Ano do Empoderamento da Mulher e Desenvolvimento, Rumo à Agenda 2063 de África". .
78. 2ª Reunião Extraordinária do Conselho de Ministros do Fórum dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (FÓRUM PALOP), 29 de Janeiro, 2015 (Encontro).
Nome do evento: "Análise da situação nos Países Membros, Institucionalização do dia dos PALOP e Criação do Secretariado permanente dos PALOP e sua orçamentação"; Nome da Instituição: Ministros dos Negócios Exterangeiros dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP); Cidade do evento: Addis Abeba, Etiópia / Hotel Sharaton.
O Conselho de Ministros presidido por S.E. o Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores de Angola, realizou-se à margem dos trabalhos preparatórios da 24ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), que decorreu entre 29-31 de Janeiro sob o lema "2015, Ano do Empoderamento da Mulher e Desenvolvimento, Rumo à Agenda 2063 de África". No dia 30 de Junho de 2014, foi assinada a Declaração Constitutiva do Fórum dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (FÓRUM PALOP), em Luanda (Hotel das Convenções do Talatona. Angola preside o Fórum num período de dois anos (2014-2016). .
79. 24ª Sessão Ordinária da Cimeira dos Chefes de Estado e do Governo da União Africana (UA), 29-31 de Janeiro, 2015 (Conferência).
Nome do evento: "2015, Ano do Empoderamento da Mulher e Desenvolvimento, Rumo à Agenda 2063 de África"; Nome da Instituição: Chefes de Estado e do Governo da União Africana; Cidade do evento: Adis Abeba, Etiópia / Sede da União Africana.
A Delegação da República de Angola foi chefiada por Sua Excelência o Senhor Manuel Domingos Vicente, Vice-Presidente da República em Representação de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos e integrou, entre outros, S.E. o Senhor Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores. .
80. 4ª Cimeira África/União Europeia, de 2 e 3 de Abril de, 2014 (Conferência).
Nome do evento: Investir nas Pessoas, na Prosperidade e na Paz; Nome da Instituição: União Europeia (UE), África, Presidente do Conselho Europeu, Presidente da Comissão da União Europeia, Presidente da União Africana (UA) e Presidente da Comissão da União Africana (CUA) ; Cidade do evento: Bruxelas - Reino da Bélgica / Edifício Justu Lipsius.
A 4ª Cimeira UE-África reuniu mais de 60 dirigentes da UE e da África, e um total de 90 delegações, para debater o futuro das relações UE-África e reforçar os laços entre os dois continentes. Na declaração da cimeira, os dirigentes destacaram as relações estreitas que existem entre a UE e a África e os valores partilhados da democracia, do respeito pelos direitos humanos, do Estado de direito e da boa governação, bem como o direito ao desenvolvimento. .
81. 1ª Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti à Federação da Rússia, de 05 a 09 de Abril de, 2014 (Encontro).
Nome do evento: Reforço das Relações de amizade e coperação bilaterais e internacionais entre os dois países e povos; Nome da Instituição: Governos de Angola e da Rússia; Cidade do evento: Moscovo - Rússia / Palácio do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação da Rússia.
Durante a sua visita as duas delegações efectuaram um encontro de trabalho sob a orientação dos dois homólogos Georges Chikoti e Serguei Lavrov, tendo assinado um Memorando de Entendimento Mútuo de Consultas Políticas e Diplomáticas Regulares entre Angola e Rússia. O Ministro Chikoti reuniu-se ainda com o Sr. Serguei E. Donskoy, Ministro dos Recursos Naturais e Co-Presidente russo da Comissão Bilateral Angola-Rússia, realizou uma Palestra sobre a Política Externa de Angola na Universidade MGIMO (Moscow State Institute of International Relations), visitou o Museu das Armas no Kremlin. .
82. Fórum de Negócios França-Angola, 18 de Dezembro de , 2014 (Conferência).
Nome do evento: "Angola - Potência Africana Emergente"; Nome da Instituição: Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional da França (MAEDI), URIFRANCE-ANGOLA e MEDEF Internacional; Cidade do evento: Paris, França / Centre de Conferências Ministerial.
As relações políticas entre Angola e França "estão ao melhor nível de sempre", disse hoje o ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius, que participou no encerramento de um fórum de negócios França-Angola ao lado do chefe da diplomacia angolana, Georges Chikoti. "Angola : Potência Africana Emergente" foi o título escolhido para o fórum de negócios França-Angola, que reuniu cerca de 250 pessoas em Paris, incluindo António Carlos Sumbula, o presidente da Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama), a empresária angolana Isabel dos Santos e dirigentes de empresas do setor petrolífero como a Total e a BP. O fórum foi encerrado pelos chefes da diplomacia angolana e francesa. Laurent Fabius qualificou o encontro como "uma etapa essencial de reforço das relações económicas", destacando que "as relações políticas entre Angola e França são absolutamente excelentes" e que "estão ao melhor nível de sempre". Num francês fluente, Georges Chikoti falou em "cerimónia importante porque, pela primeira vez, os empresários angolanos e franceses puderam encontrar-se para pensar em projetos que podem realizar juntos – seja em França ou em Angola ". Cfr. URL: [http://www.portugues.rfi.fr/africa/20141218-angola-e-franca-reforcam-parceria-economica]. Plenários, Ateliers e Mesas Redondas Sectoriais desenvolvidos no Fórum: 1.º Alcançar o seu desenvolvimento em Angola; 2.º Tema: Crescimento e Diversificação da Economia angolana - Que oportunidades para as Empresas francesas? Mesa Redonda 1: Desenvolvimento Urbano (Infra-estruturas, Transportes, Electricidade, Água, Saneamento, Saúda, Tecnologias de Informação e Comunicação, ...). Mesa Redonda 2: Agricultura e Transformação Agro-alimentar. .
83. 1ª Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Rebelo Pinto Chikoti aos Estados Unidos da América (EUA), de 15 a 17 de Dezembro de, 2014 (Encontro).
Nome do evento: "Encontros Bilaterais no âmbito do Acordo do Diálogo de Parceria Estratégica Angola/EUA de 08 de Julho de 2010"; Nome da Instituição: Departamento de Estado dos EUA e Ministério das Relações Exteriores da República de Angola; Cidade do evento: Washington D.C. / Sala de Conferências do Secretário de Estado dos EUA.
O encontro entre as duas delegações (Angola e EUA) chefiadas por S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti e S.E. John Kerry realizou-se no Departamento de Estado dos Estados Unidos, na Sala de Reuniões do Secretário de Estado, no dia 17 de Dezembro de 2014. Foram abordados questões de carácter bilateral, regional e internacional no contexto do Acordo do Diálogo de Parceria Estratégica existente entre Angola e os EUA. Para além de S.E. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, integraram a Delegação Angolana: Exmo. Senhor Agostinho Tavares da Silva Neto, Embaixador de Angola nos Estados Unidos; Exmo. Senhor Embaixador Ismael Martins, Representante Permanente de Angola nas Nações Unidas; Exmo. Senhor Ministro Conselheiro Francisco da Cruz, Director da Direcção América do Ministério das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Embaixador Joaquim do Espírito Santo, Director da Direcção África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores; Exmo. Senhor Mário Constantino de Azevedo, Ministro Conselheiro da Embaixada de Angola nos EUA; Exmo. Senhor 1.º Secretário Miguel César Domingos Bembe, Assessor Principal de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores; Exmo Senhor Frederico da Silva, Conselheiro da Embaixada de Angola nos Estados Unidos [http://www.state.gov/secretary/remarks/2014/12/235374.htm].
84. 2º Seminário de Alto Nível sobre a Paz e Segurança em África, de 9 à 11 de Dezembro de , 2014 (Seminário).
Nome do evento: "Ajudar os países africanos que iniciam o mandato no Conselho de Segurança das Nações Unidas a abordar as questões de paz e segurança no Continente"; Nome da Instituição: Governo da Argélia, em colaboração com a Comissão da União Africana (UA) e o Instituto das Nações Unidas para a Formação e Investigação (UNITAR); Cidade do evento: Oran, Argélia / Hôtel Le Méridien.
1. As sessões de trabalho do II Seminário foram orientadas por S.E. Ramtane Lamamra, Ministro dos Negócios Estrangeiros da Argélia, país anfitrião e promotor do evento, auxiliado por S.E. Moussa Faki Mahamat, Ministro dos Negócios Estrangeiros do Chade, país com assento no Conselho de Segurança e nós próprios, representando o país que inicia o mandato no Conselho de Segurança das Nações Unidas (CS-NU). Participaram também no Seminário os representantes da Nigéria, país africano com assento no Conselho de Segurança das Nações Unidas, do Ruanda, país que terminou o mandato no Conselho de Segurança, e da Gâmbia, país que preside o Conselho de Paz e Segurança da União africana para o mês de Dezembro de 2014. Estiveram igualmente presentes o Comissário para a Paz e Segurança da União Africana, S.E. Smaïl Chergui, os Enviados Especiais e Representantes das Nações Unidas e da União Africana e da UNITAR. Em termos de objectivos, o II Seminário de Alto Nível, baseando-se no princípio de «soluções africanas para os problemas africanos», serviu para reforçar as bases lançadas pelo Seminário Inaugural de Dezembro de 2013, sobre a necessidade de articulação e coordenação eficaz, da promoção e defesa das posições comuns da África sobre a paz e segurança no continente, no âmbito da tomada de decisões no Conselho de Segurança das Nações Unidas, como principal órgão responsável pela manutenção da paz e segurança internacionais. Este Seminário visou igualmente adaptar os instrumentos empregues e optimizar as abordagens africanas em benefício do interesse comum da África para reforçar o seu peso e a sua voz no Conselho de Segurança e mobilizar o continente contra os flagelos da instabilidade e do terrorismo que ameaçam o seu pleno desenvolvimento económico, político e social. 2. O Primeiro Seminário do género foi realizado na cidade de Argel, na Argélia, de 08 a 10 de Dezembro de 2013, no âmbito da implementação do processo da Arquitectura de Paz e Segurança em África (APSA).
85. 1ª Reunião Ministerial do "Caminho Conjunto Angola/União Europeia, 16-17 de Outubro de , 2014 (Encontro).
Nome do evento: 1ª Reunião Ministerial sobre o Acordo de Cooperação "Caminho Conjunto Angola/União Europeia", assinado em 23 de Julho de 2012; Nome da Instituição: Governo da República de Angola e União Europeia; Cidade do evento: Bruxelas / Edifício SEAE, Rond Point Shuman 9A, 6.º Andar Joye.
O encontro foi realizado no âmbito do documento Caminho Conjunto EU-Angola, que se pretende venha a ser a base de um pro-cesso permanente e inclusivo de diálogo e cooperação a vários níveis e em áreas diversificadas. A ambi-ção é expandir progressivamente essas áreas de forma a tornar o processo tão abrangente quanto pos-sível. O processo é baseado no reconhecimento de interesses comuns e na procura das formas mais eficazes para se atingirem os melhores resultados com vantagens reciprocas para as Partes. A reunião ministerial entre Angola e a União Europeia (UE) foi Co-presidida por S. Exa. Georges Rebelo Chicoty, Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, S. Exa. Job Graça, Ministro do Plane-amento e do Desenvolvimento Territorial da República de Angola, e S. Exa. Lapo Pistelli, Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional da República da Itália, representando a Alta Re-presentante da UE para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança e Vice-Presidente da Comis-são Europeia, e S. Exa. o Comissário para o Desenvolvimento, Andris Piebalgs.
86. Sessão Eleitoral de Angola à Membro Não Permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, 16 de Outubro de , 2014 (Outra).
Nome do evento: 69.ª Assembleia Geral das Nações Unidas; Nome da Instituição: Organização das Nações Unidas; Cidade do evento: Nova Iorque, Estados Unidos da América / Nações Unidas.
Angola foi eleita, no dia 16 de Outubro de 2014, a categoria de Membro Não Permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, para um mandato de dois anos, 2015-2016, com 190 votos, o que representa 98,96 porcento dos votos. Recorda-se que para a eleição de Angola, Grupo A, África, Ásia e Pacífico, estiveram presentes na sessão eleitoral, 193 Estados Membros da ONU, dos quais votaram 192, uma abstenção, tendo ultrapassado a maioria requerida dos dois terços (128) dos votos exigidos no artigo 94, do Regulamento da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), na primeira volta.
87. 69ª Sessão do Debate Geral da Assembleia Geral das Nações Unidas, Nova Iorque, de 24 de Setembro à 6 de Outubro de , 2014 (Congresso).
Nome do evento: "Realizar e Implementar uma Agenda Transformadora Pós-2015"; Nome da Instituição: Oraganização das Nações Unidas (ONU); Cidade do evento: Nova Iorque, Estados Unidos da América / Sede das Nações Unidas.
Durante a 69ª Sessão da Assembleia Geral das Nacões Unidas decorreram Reuniões de Alto Nível, nomeadamente: A Cimeira do Clima (para garantir o apoio político para acelerar as negociações do protocolo pós-Quioto); A Conferência Mundial sobre os Povos Indígenas (para promover a sua protecção e os seus direitos); A Revisão da Conferência Internacional sobre a População e o Desenvolvimento (para avaliar o estado de implementação das decisões da Conferência sobre o mesmo tema realizada em 1994); O Reforço dos Mecanismos de Prevenção e Resolução de Conflitos em África e, finalmente, A Resolução do Conflito no Médio Oriente, especialmente, o conflito na Síria e o conflito Israelo-Palestino. .
88. Cerimónia de Inauguração Oficial do Consulado Geral da República de Angola em Los Angeles, Califórnia, EUA, 08 de Agosto de , 2014 (Congresso).
Nome do evento: Inauguração do Novo Consulado Geral de Angola nos Estados Unidos da América; Nome da Instituição: Ministério das Relações Exteriores da República de Angola; Cidade do evento: Los Angeles, Califórnia.
É o terceiro Consulado Geral de Angola nos EUA, depois da Nova Iorque e de Houston.
89. Cimeira de Líderes EUA-África, Washington, de 4 à 6 de Agosto de , 2014 (Conferência).
Nome do evento: Investir na Próxima Geração; Nome da Instituição: Casa Branca; Cidade do evento: Washington D.C.
O programa da Cimeira incluiu três sessões plenárias: 1.ª Sessão - Investir no Futuro de África; 2.ª Sessão - Paz e Estabilidade Regional e 3.ª Sessão - Governar para a Próxima Geração.
90. Cimeira sobre a Segurança Humana, Abuja, Nigéria, de 26 a 27 de Fevereiro de , 2014 (Conferência).
Nome do evento: Celebração do Centenário da União entre os Povos do Norte e Sul da República Federal da Nigéria; Nome da Instituição: Presidência da República nigeriana; Cidade do evento: Abuja.
91. Visita de S.Excia. Bruno Rodriguez Parrilla, Ministro cubano das Relações Exteriores à Provínica da Huíla/Lubango na companhia do seu homólogo angolano Georges Chikoti, 03 de Dezembro de , 2013 (Encontro).
Nome do evento: Visita Oficial do Ministro das Relações Exteriores da República de Cuba à República de Angola; Nome da Instituição: Governos de Angola e Cuba; Cidade do evento: Luanda e Lubango / MIREX e Palácio GPH.
O governante cubano chegou no dia 02 de Dezembro de 2013 (segunda-feira) a Luanda, para uma visita de trabalho de quatro dias, destinada ao reforço da amizade e cooperação entre os dois Estados. Segunda-feira, em Luanda, o visitante foi recebido em audiência pelo ministro de Estado e Chefe da Casa Civil, Edeltrudes Costa, encontrou-se com o seu homólogo angolano, Georges Rebelo Pinto Chikoti, além de ter participado numa cerimónia por ocasião do 57º aniversário das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba, promovida pela Embaixada de Cuba em Angola. As relações entre Angola e Cuba têm sido profícuas e com benefícios recíprocos, mantendo a mesma vitalidade desde que elas foram estabelecidas (15 de Novembro de 1975), tendo os dois países reiterado a sua vontade de continuar a fortalecer os laços históricos de irmandade e cooperação bilateral, respeitando os princípios do direito internacional e da reciprocidade de vantagens. No plano internacional, Angola tem vindo a apelar ao fim do bloqueio económico, comercial e financeiro contra Cuba, imposto pelos EUA há mais de 50 anos. (portalangop.co.ao) .
92. Reunião ministerial Tripartida entre a República de Angola, a República da África do Sul e a República Democrática do Congo, 28 de Outubro de, 2013 (Encontro).
Nome do evento: Identificação de Projectos para a Implementação do Mecanismo Tripartido de Diálogo e Cooperação entre os três Países; Nome da Instituição: Ministérios dos Negócioes Extrangeiros de Angola, África do Sul e RD-Congo; Cidade do evento: Kinshasa, RD-Congo / Hôtel Fleuve Congo.
93. 7ª Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado e de Governo da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL), 27 a 31 de Julho de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Análise da Situação prevalecente na Região dos Grandes Lagos, em especial, na República Democrática do Congo; Nome da Instituição: Governo da República do Quénia; Cidade do evento: Nairobi, Quénia / Windsor Golf Hotel and Country Club and United Nations Complex.
A Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL) foi criada em 1994, após conflitos que marcaram esta parte do continente africano, visando um esforço concentrado para a promoção da paz e o desenvolvimento sustentado. A CIRGL é constituída por 12 Estados, designadamente, Angola, Congo-Kinshasa, Congo-Brazzaville, República Centro Africana, Zâmbia, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Quénia, Burundi, Rwanda e Uganda.
94. 18ª Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), de 11 a 18 de Julho de, 2013 (Encontro).
Nome do evento: Reunião de Conselho de Ministros da CPLP; Nome da Instituição: Secretariado Executivo da CPLP; Cidade do evento: Maputo, Moçambique / Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano (CICJC).
95. 50º Aniversário de Sua Majestade o Rei Letsie III, 16 a 17 de Julho de, 2013 (Outra).
Nome do evento: Banquete de Estado Oferecido por Sua Majestade ; Nome da Instituição: Governo do Reino do Lesoto; Cidade do evento: Maseru, Lesoto / Sun Cabanas.
His Majesty King Letsie III is the first son of the late King Moshoeshoe II and Queen Mother 'Mamohato Bereng Seeiso. He was born at Scott Hospital in Morija on July 17 1963 and named Mohato Bereng Seeiso. He was christened into the Roman Catholic Church as David. .
96. A Política Externa de Angola, 23 de Julho de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: No âmbito da Primeira Visita Oficial de S.E. o Senhor Ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoty à República da Argentina, de 21 a 24 de Julho de 2013; Nome da Instituição: Governo da República da Argentina; Cidade do evento: Buenos Aires, Argentina / Consejo Argentino Para Las Relaciones Internacionales (CARI).
Sesión académica a cargo de Su Excelencia D. Georges Rebelo Pinto Chikoti, Canciller de la República de Angola.
97. Reunião de Alto Nível de Líderes Africanos e Internacionais sobre o Combate à Fome em África, de 29 de Junho a 01 de Julho de, 2013 (Encontro).
Nome do evento: Rumo ao Renascimento Africano - Uma Parceria Renovada para uma Abordagem Unificada para a Erradicação da Fome em África até 2025, no âmbito do Programa Integrado para o Desenvolvimento da Agricultura em África (CAADP); Nome da Instituição: União Africana, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura e o Instituto Lula; Cidade do evento: Addis Abeba, República Federal Democrática da Etiópia / Sede da União Africana.
A reunião visou explorar formas inovadoras e adequadas para erradicar a fome em África, continente onde cerca de 25% das populações (aproximadamente 245 milhões de pessoas) carecem de alimentos suficientes para satisfazer as suas necessidades nutricionais básicas e entre 30 e 40 por cento das crianças menores de 5 anos continuam a sofrer de subnutrição crónica, incluindo deficiências de macronutrientes.
98. 17th Saint Petersburg International Economic Forum 2013 (SPIEF), June 20-22, 2013 (Mesa-Redonda).
Nome do evento: Finding Resolve to Build the New Global Economy; Nome da Instituição: Government of the Russian Federation ; Cidade do evento: Saint Petersburg, Rússia / Lenexpo Exhibition Complex, 103 Bolshoy Prospekt, Vasilievsky Island .
XVII.º Fórum Económico Internacional de São Petersburgo - «Perspectivas Económicas Globais», 20 a 22 de Junho de 2013. Trata-se de encontrar soluções para os problemas ligados à estagnação e restauração do crescimento económico global.
99. Cimeira Extraordinária de Chefes de Estados e de Governo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), 15 de Junho de , 2013 (Conferência).
Nome do evento: Análise do acordo político global no Zimbabwé, Avaliação da situação política da República Democrática do Congo e do Madagáscar; Nome da Instituição: Governo da República de Moçambique; Cidade do evento: Maputo, Moçambique / Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano (CICJC).
.
100. Reunião ministerial Tripartida entre a República de Angola, a República da África do Sul e a República Democrática do Congo, 13 de Maio de , 2013 (Encontro).
Nome do evento: Estabelecimento do Mecanismo Tripartido de Diálogo e Cooperação entre os três Países; Nome da Instituição: Ministérios dos Negócioes Extrangeiros de Angola, África do Sul e RD-Congo; Cidade do evento: Joanesburgo, África do Sul / Hotel Intercontinental Johannesburg Sandton.
101. 21ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana, Celebração do 50.º Aniversário da Fundação da Organização de Unidade Africana / União Africana, de 19 a 27 de Maio de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Pan-Africanismo e Renascimento Africano; Nome da Instituição: União Africana; Cidade do evento: Addis Abeba, Etiópia / Sede da União Africana.
102. 5ª Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento Africano de Tóquio (TICAD V), de 01 a 3 de Junho de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: De mãos dadas com uma África mais Dinâmica; Nome da Instituição: Government of Japan, United Nations Development Programme, Office of the Special Advisor on Africa, The World Bank, African Union; Cidade do evento: Yokohama, Japão / Intercontinental Hotel Yokohama Grand.
The Fifth Tokyo International Conference on African Development(TICAD V). June 1 to 3, 2013, in Yokohama, Japan. ~Hand in Hand with a More Dynamic Africa~.
103. Conferência Internacional sobre o Atlântico - Uma Via Estratégica para a Ligação dos Povos e das Nações, 10 de Abril de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Conferência Internacional sobre o Atlântico - Uma Via Estratégica para a Ligação dos Povos e das Nações; Nome da Instituição: Centro de Estudos Estratégicos de Angola (CEEA); Cidade do evento: Luanda, Angola / Centro das Convenções de Talatona.
Conferencistas convidados: Dr. José Bono Martinez, antigo Presidente do Congresso dos Deputados de Espanha, e Dr. Victor Borges, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde. .
104. Cimeira de Chefes de Estados e de Governo da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), sobre a crise na República Centro Africana, de 02 a 03 de Abril de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Análise da situação de desordem prevalecente na República Centro-Africana, desde 24.03.2013, com a tomada do poder pela força, pela rebelião Séléka, subscritora do Acordo de Paz de Libreville de 11.01.2013 ; Nome da Instituição: Presidente da República do Tchad e Presidente em Exercício da CEEAC, S.E. Idriss Deby Itno; Cidade do evento: N’Djamena / Palácio Presidencial.
105. Fórum PanaAfricano para uma Cultura de Paz, de 26 a 28 de Março de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Fórum PanaAfricano - Fundamentos e Recursos para uma Cultra de Paz; Nome da Instituição: Organização das Nações Unidas para a Educação e Ciência (UNESCO), União Africana (CJP), Executivo da República de Angola; Cidade do evento: Luanda / Centro das Convenções do Talatona.
Centro das Convenções de Talatona, em Luanda, 26-28 de Março de 2013.
106. Grandes Opções do Conceito Estratégico de Defesa Nacional, 19 de Fevereiro de, 2013 (Conferência).
Nome do evento: Colóquio - Grandes Opções do Conceito Estratégico de Defesa Nacional ; Nome da Instituição: Comissão de Defesa Nacional ; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Sala do Senado da Assembleia da República.
No âmbito da apreciação das Grandes Opções do Conceito Estratégico de Defesa Nacional, a Comissão de Defesa Nacional promoveu no dia 19 de Fevereiro de 2013, um Colóquio em que foram oradores Prof. Doutor Luís Fontoura, Mestre Carlos Gaspar, Dr. Miguel Monjardino, General Pinto Ramalho e Prof. Doutor Jaime Nogueira Pinto.
107. 7ª Cimeira dos Chefes de Estado e Governo dos Países de África, das Caraíbas e do Pacífico (Grupo ACP), de 13 a 14 de Dezembro de, 2012 (Conferência).
Nome do evento: O Futuro do Grupo ACP num Mundo em Mudança: Desafios e Oportunidades; Nome da Instituição: Governo de Guiné Equatorial; Cidade do evento: Malabo, Guiné Equatorial / Palácio de Conferências de Sipopo.
108. 50 Anos das Independências Africanas: Desafios para a modernidade, de 29-30 Março de , 2010 (Conferência).
Nome do evento: 7º Congresso Ibérico de Estudos Africanos ; Nome da Instituição: CEA ISCTE/IUL e CEAUP; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Edifício II do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL).
109. Seminário, 09 de Março de , 2010 (Seminário).
Nome do evento: A Pirataria no Século XXI; Nome da Instituição: Instituto da Defesa Nacional e Prof. Doutor Armando Marques Guedes; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Calçada das Necessidades, nº 5 - 1399-017 .
110. Ciclo de Seminários de Investigação, de 15 de Abril a 20 de Maio de, 2010 (Seminário).
Nome do evento: As crises da Guerra Fria na Ásia e na Europa; Nome da Instituição: Instituto Português de Relações Internacionais, Universidade Nova de Lisboa (IPRI-UNL)/Fundação Oriente; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Museu do Oriente.
111. Para uma estratégia de Segurança Nacional, 28 de Abril, 2010 (Seminário).
Nome do evento: Promoção do I.º Congresso Nacional de Segurança e Defesa; Nome da Instituição: Comissão Organizadora do I Congresso Nacional de Segurança e Defesa ; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Pólo Universitário do Alto da Ajuda - Rua Almerindo Lessa, 1300-663 - Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade Técnica de Lisboa (ISCSP/UTL).
112. Siminário sobre a Diplomacia Asiática, 03 de Maio de, 2010 (Seminário).
Nome do evento: As políticas externas do Japão e da China e a evolução da Ásia Oriental ; Nome da Instituição: Fundação Oriente, o Instituto Português de Relações Internacionais, da Universidade Nova de Lisboa e a Embaixada do Japão; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Museu do Oriente.
113. Conferência Internacional, 15 de Abril de, 2010 (Conferência).
Nome do evento: A Política Externa de Angola no novo contexto internacional; Nome da Instituição: Universidade Lusíada de Lisboa com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) ; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Auditório 1 da Universidade Lusíada de Lisboa .
114. Política de Defesa de Angola, 27 de Abril de, 2010 (Conferência).
Nome do evento: Ciclo “Visões Globais para a Defesa - Conferência sobre “Política de Defesa de Angola” ; Nome da Instituição: Instituto da Defesa Nacional (IDN) com o apoio da Embaixada de Angola; Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Calçada das Necessidades, nº 5 - 1399-017 .
115. O Futuro da Comunidade Transatlântica, 10 de Setembro de, 2010 (Conferência).
Nome do evento: Conferência internacional subordinado ao tema “O Futuro da Comunidade Transatlântica”.; Nome da Instituição: Instituto da Defesa Nacional (IDN) e Instituto Português de Relações Internacionais (IPRI-UNL); Cidade do evento: Lisboa, Portugal / Calçada das Necessidades, nº 5 - 1399-017 .








Indicadores de produção (Production indicators)

Total
Produção científica
Scientific production
38

Livros e capítulos
Books and book chapters
5
Livros publicados ou organizados
Published or organized books
5
Artigos científicos em revistas
Papers in periodics
8
Com arbitragem científica
With scientific refereeing
8
Textos em jornais ou revistas
Texts in journals or magazines
13
Jornais de notícias
Newspapers
11
Revistas
Magazines
2
Outros tipos de produção científica
Other scientific production
12

Total
Produção técnica
Technical production
63

Outros tipos de produção técnica
Other technical production
63

Total
Dados complementares
(Additional data)
257

Orientações
Orientations
42
Participação no Júri de Graus Académicos
Academic Degrees jury participation
81
Participação em Outros Júris
Other jury participation
1
Participação em Eventos
Event participation
133


Visualizações do curriculum [ 14754 ]
 
Página gerada pela Plataforma de Curricula DeGóis promovida pela FCT e pelo Gávea/DSI/UM em 21-10-2018 às 11:46:25
Plataforma de Curricula DeGóis: http://www.degois.pt | Icons by Axialis Team